3565 Publicações -

5 filmes para motivar quem estuda para concurso

há 6 meses     -     
5 Filmes para motivar o Concurseiro


A aprovação em Concurso Público é uma missão dada. E será cumprida!

Esse tempo de estudos, no entanto, é uma fase de dedicação intensa. E revela a necessidade de abdicação. Não dá para conciliar a rotina de concurso com uma vida social mega agitada ou com a atenção à projetos pessoais que fujam ao objetivo da preparação para as seleções. Estudar diariamente precisa ser uma prioridade inegociável.

Mas, mesmo com tanto esforço e disciplina, cabe inserir em seu cronograma uma atividade de cunho mais lúdico, porque, afinal, ninguém é de ferro. Você não precisa se tornar um obssessivo por assimilar assuntos de forma robotizada. Parte do sucesso que queremos tanto alcançar, na prática, pressupõe também o desenvolvimento de um senso crítico para refletirmos sobre o que nos dizem ser correto ou incorreto e identificarmos os momentos em que mudanças são necessárias e representam um avanço.

Uma ótima maneira de desenvolver essa criticidade, enquanto se aprende, é assistindo a filmes com abordagens que nos tragam questionamentos. O cinema pode ajudar na compreensão do mundo, na medida que promove identificações. Além do mais, essas pausas úteis mantêm nossa saúde mental em dia e ainda proporcionam uma leveza à trajetória.  

E, então, que tal um cineminha cheio de grandes aprendizados? Aproveite para transformar essa "colher de chá" (dada a si mesma(o) ) em uma injeção de ânimo, motivação e inspiração para focar nos seus sonhos e não desistir.

Já pesquisamos e economizamos seu tempo criando uma lista MA-RA de 5 filmes que toda(o) concurseira(o) deveria assistir. Confira:

 
1 - Histórias Cruzadas



O filme trata da história de otimismo ambientada no Mississippi, em 1962, durante a gestação do movimento dos direitos civis nos EUA. A protagonista é uma jovem que acabou de se graduar e deseja se tornar escritora, mas encontra a resistência da mãe, que quer vê-la casada. Aconselhada a escrever sobre o que a incomoda, Skeeter encontra inspiração em duas mulheres negras: Aibileen, empregada que já ajudou a criar 17 crianças brancas, mas chora a perda do próprio filho, e Minny, cozinheira de mão cheia que não arruma emprego porque não leva desaforo dos patrões para casa. 


2 - Para Sempre Alice



A Dra. Alice Howland (Julianne Moore) é uma renomada professora de linguística. Em um dado momento as indicações de esquecimentos esporádicos em seu cotidiano conduzem a um diagnóstico de Alzheimer, doença degenerativa que causa demência. A doença coloca à prova a união de sua família. Enquanto a relação de Alice com o marido, John (Alec Baldwinse), se fragiliza, ela e a filha caçula, Lydia (Kristen Stewart), se aproximam. Moore entrega a esse longa uma excelente atuação que lhe rendeu o Oscar de melhor atriz. O filme incita a reflexão sobre a importância de se aproveitar ao máximo cada momento presente.


3 - O Equilibrista


Em 1974, quando as Torres Gêmeas em Nova York haviam sido recém-inauguradas, um homem cometeu ali um crime. Para muitos, "o maior crime artístico do século". O nome do criminoso era Philippe Petit, que de forma ousada, arriscada e perigosa subiu ao topo de um dos edifícios mais altos de Manhattan para atravessar de um prédio ao outro equilibrando-se num cabo de aço.  O documentário mostra cenas reais da época, misturando atores reencenando todo o plano arquitetado por Philippe Petit. Apesar da ousadia do ato, a execução foi precedida por um planejamento cuidadoso para que o feito fosse bem-sucedido. Philippe "olhou para o futuro e se dedicou por um bom tempo para que o projeto de passar de um lado para o outro desse certo". O Equilibrista foi ganhador do oscar de melhor documentário.


4 - A Vida dos Outros



Georg Dreyman (Sebastian Koch) é o maior dramaturgo da Alemanha Oriental, sendo por muitos considerado o modelo perfeito de cidadão para o país, já que não contesta o governo nem seu regime político. Apesar disto o ministro Bruno Hempf (Thomas Thieme) acha por bem acompanhar seus passos, para descobrir se Dreyman tem algo a esconder. Ele passa esta tarefa para Anton Grubitz (Ulrich Tukur), que, a princípio, não vê nada de errado com Dreyman, mas é alertado por Gerd Wiesler (Ulrich Mühe), seu subordinado, de que ele deveria ser vigiado. Grubitz passa a tarefa a Wiesler, que monta uma estrutura em que Dreyman e sua namorada, a atriz Christa-Maria Sieland (Martina Gedeck), são vigiados 24 horas. Simultaneamente o ministro Hempf se interessa por Christa-Maria, passando a chantageá-la em troca de favores sexuais. O filme nos atenta para um essencial fundamento da vida: colocar-se no lugar do outro.


5 - O Substituto



Henry Barthes é um professor brilhante com um verdadeiro talento para se conectar com seus alunos. Ele exerce a função de um professor substituto que nunca assume vaga fixa. Em outro mundo, ele seria um herói para sua comunidade. Mas, assombrado por um passado conturbado, ele escolhe ser professor substituto - nunca permanecendo tempo suficiente para formar qualquer relação com os alunos ou colegas. Uma profissão perfeita para alguém que busca se esconder ao ar livre. Quando uma nova missão o coloca numa decante escola pública, o isolado mundo de Henry é exposto por três mulheres que mudam a sua visão sobre a vida: uma estudante, uma professora e uma adolescente fugitiva.


E aí? Zerou a checklist de inspirações? Então agora já pode voltar ao modo tradicional de estudo e se preparar com qualidade:

Enfermagem | Farmácia | Fisioterapia | Medicina | Medicina Veterinária | Nutrição | Odontologia | Psicologia

 
3565 Publicações - 0 Seguidores

  • 3565 Publicações