A descoberta

há 1 ano     -     
A descoberta

Nesse canal, você vai conferir os relatos de Fred John, um paciente que compartilha como é sua vida com diabetes. A ideia é desenvolver nos profissionais um olhar diferenciado, encarando o processo pelo lado do paciente!

 

Com 21 anos de idade, em janeiro de 2010, eu descobri que tinha diabetes tipo 1. Na época, eu trabalhava muito, me alimentava mal e vivia estressado. Certamente meu estilo de vida teve um impacto no desenvolvimento do diabetes.

Foram alguns dias internado na UTI, com cetoacidose acima de 600. Apesar da gravidade do fato, a recuperação foi rápida. Em pouco mais de uma semana estava em casa e, logo em seguida, voltado ao trabalho. Só que uma transformação começava a acontecer.

No início aquele impacto da descoberta. Tudo muito novo. Aplicações de insulina, medição de glicemia, glucagon na porta da geladeira. Minha sorte foi ter pessoas maravilhosas ao meu redor e eu ter um controle emocional forte. Foram meses de reflexão até eu chegar à conclusão de que, já que eu tive uma nova chance de viver - por assim dizer - eu iria tentar viver a vida na plenitude do seu potencial. Foi aí que eu decidi estudar os aspectos que hoje considero os mais importantes da minha vida: saúde física, domínio emocional e dar um grande sentido à minha existência.

A busca por conhecimento foi intensa. Revistas internacionais, livros, pesquisas, cursos com especialistas em diabetes, nutrição e bem-estar. Quando tomei a decisão de “mudar de vida”, veio junto uma disposição e energia inesgotáveis, um prazer de acordar e de viver que eu não acreditava serem possíveis, e um desejo de compartilhar todas essas experiências e conhecimentos.

De lá para cá muita coisa mudou. Principalmente eu. E toda essa mudança para melhor que via em mim, sentia falta de compartilhar. Foram 5 anos até conhecer o primeiro diabético tipo 1. As redes sociais ajudaram muito! E foi assim que eu comecei a encontrar pessoas, a lhes contar e ensinar sobre o que tinha acontecido comigo, e elas começaram a mudar de vida também, ou ao menos pensar em mudar... Foi daí que surgiu a ideia de fazer algo que pudesse impactar milhões de pessoas. Por que não?

Hoje faz exatos 7 anos que descobri ter diabetes. E ontem fez exatos 1 ano que surgiu o Vidadediabetico, essa rede de relacionamentos entre diabéticos que cresce mais e mais a cada dia, e que tanto me motiva e traz realização e felicidade. Há um antigo ditado árabe que diz que “As pessoas são como tapetes, às vezes precisam ser sacodidas”. E descobrir ter diabetes foi uma grande sacodida, para melhor, em minha vida. 

  • 1 Publicações