Artigo sobre Formação e rompimento dos vínculos afetivos

há 1 ano     -     
Artigo sobre Formação e rompimento dos vínculos afetivos

Caros, este artigo traz conceitos importantes das teorias de Winicott, Bowlby e Dolto, que caem constantemente nos concursos. Vale dar uma lida.

Resumo: Esse  trabalho  tem  por  objetivo  expor  as  consequências  das  formações  dos vínculos   afetivos   para  a  vida  de  uma  criança  em  desenvolvimento.  Baseando-se  em pesquisas    bibliográficas,   autores   como   Dolto,   Dowlby,   Campos   e,   principalmente, Winnicott  foram  explora dos.  Segundo  Winnicott,  os  vínculos  afetivos  que  são  formados desde   o   nascimento   do   bebê   são   de   extrema   importância   para   o   desenvolvimento emocional  sadio  de  uma  criança  e,  consequentemente,  para  que  ela  se  torne  um  adulto completo  e  sem  problemas.  O  papel que  a  mãe  desempenha  primeiramente  com  o  bebê de  maneira  insubstituível,  o  papel  da  família  com  um  todo,  da  escola  e,  por  conseguinte, da   interação   da   criança   com   a   sociedade   é   de   fundamental   importância   para   seu crescimento  saudável.  Entre  esses  papéis, o  de  maior  grandeza  dar-se  á  com  a  família estruturada  e  sem  desajustes  conflitantes  para  a  criança.    De  acordo  com  Dolto,  a separação  do  casal  na  família  constitui  o  maior  eixo  de  desajuste  ao  qual  a  criança reagirá  de  maneira  problemática,  acarretando  consequências  sérias  em  sua  vida  futura. Até  mesmo  o  luto  teria  um  papel  menor  do  que  o  problemático  resultado  de  uma separação;   principalmente,   se   esta   não   for   pacífica.   Campos,   na   sequência,   vem colaborar  na  teoria  de  análise  do  desenho  onde  é  possível  investigar  e  reconhecer  os retratos  da  família  na  expressão  que  a  criança  cria  com  a  folha  em  branco,  expressão esta   reveladora   e   conclusiva   em   muitos   casos   de   investigação   de   transtornos   de aprendizagem  e  personalidade.  Nesse  sentido,  com  esse  estudo  será  possível  não  só observar  melhor  as  condutas  dentro  de  uma  família, desde  o  nascimento  da  criança,  e conduzir  de  modo  mais  assertivo  o  seu  desenvolvimento  emocional  produzindo, desta forma,  adultos  mais  saudáveis  em  suas  emoções,  como  também  solucionar  problemas quando    os    vínculos    afetivos    sofreram    deficiências    ou    mesmo    rupturas    em    seu desenvolvimento.
PALAVRAS-CHAVE:  vínculo    afetivo;    mãe;    família;    desenvolvimento    emocional; separação;  desenho.

http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/ea000905.pdf

VEJA TAMBÉM

Doenças Oportunistas Causadas pelo HIV

Ressonância Magnética de Gêmeos Conjugados

Abordagem fisioterapêutica e medicamentosa para pneumonia comunitária

2 Publicações - 0 Seguidores

  • 2 Publicações