3449 Publicações -

Canadá quer mais profissionais de saúde do Brasil

há 1 ano     -     
Canadá quer mais profissionais de saúde do Brasil


O governo canadense discutiu recentemente sobre a necessidade de contratar mais enfermeiros para atuarem no país. Agora, o Canadá busca preencher a demanda de profissionais de outros campos da saúde através de programas de imigração para atrair experts da área.

A alta procura é devido a grande variedade de programas de imigração voltados para esta área de atuação.

Assim, os candidatos selecionados podem escolher qual programa mais adequeado de acordo com seus conhecimentos na área.

Os programas abaixo são favoráveis àqueles que trabalham no campo da saúde e desejam imigrar:

Federal Skilled Worker (FSW):

Fisioterapeutas
Terapeutas ocupacionais
Fisioterapeutas cardiopulmonar
Médicos ultrassonografistas

Quebec Skilled Worker (QSW) – Aberto a todos os trabalhadores qualificados. Para serem elegíveis, os candidatos precisam ter uma pontuação mínima. Entenda melhor o programa.

Provincial Nominee Programs (PNP) – A maioria das províncias canadenses tem seus próprios PNPs, que permite nomear candidatos ao governo federal para a residência permanente com foco na qualificação profissional. Saiba mais sobre o programa. Alguns programas PNP dedicam fluxos específicos para trazer profissionais de saúde.

British Columbia Provincial Nominee Programa (BC PNP):

Médicos
Enfermeiros
Enfermeiros psiquiátricos
Farmacêuticos clínicos, 
Fisioterapeutas,
Nutricionistas,
Psicólogos.

Os candidatos a este programa deve ter uma oferta de trabalho de um empregador.

Saskatchewan Immigrant Nominee Program (SINP) – O SINP criou uma categoria semelhante para médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde. Os candidatos já devem estar trabalhando em tempo integral na província há pelo menos seis meses, a fim de serem elegíveis.

Como aplicar a um programa

Além de demonstrar experiência de trabalho, os profissionais devem atender a outros requisitos. Dependendo do programa, pode ser necessário escolaridade mínima, nível de inglês ou francês, e ainda:

Licença/Certificação: a grande maioria das ocupações na área da saúde são regulamentadas no Canadá. Isso significa que, antes de exercerem a profissão, é preciso tirar a licença ou autorização. Certos programas exigem que os candidatos já tenham ou estejam no processo de tirar a licença antes de aplicarem.


Verificação Educacional: diversos programas de imigração exigem que os candidatos certifiquem-se que a educação na área é suficiente para praticar sua profissão no Canadá.

Organizações: várias ocupações no campo da saúde são regidas por organizações ou sindicados no Canadá. É dever do candidato pesquisar e aprender como se tornar um membro desses postos, se necessário.
 
Chegando ao Canadá

Quando selecionados, os candidatos podem viver e trabalhar em qualquer lugar do país, embora precisem declarar previamente qual província desejam se estabelecer. Ou seja, é possível escolher a região que mais agradar, pois, segundo o advogado David Cohen, estas ocupações estão muito em alta no país: “Isso reflete em altos salários e mobilidade no local de trabalho, motivo pelo qual o Canadá continua sendo um dos principais destinos para os profissionais da saúde no mundo todo”, explicou.

Dependendo da ocupação e província escolhida, os salários podem chegar a CAD$ 40-50 por hora. As remunerações podem subir nos próximos anos, com os atuais trabalhadores se aposentando e devido a competição para atrair jovens profissionais ao mercado de trabalho.
3449 Publicações - 0 Seguidores

  • 3449 Publicações