3459 Publicações -

Carreira na Nutrição - Mestrado

há 3 anos     -     
Carreira na Nutrição - Mestrado
Olá Gente! É com muito prazer que lançamos hoje a primeira edição da nossa série “Carreira na Nutrição”! Conversaremos hoje com a nutricionista Camila Duarte sobre a temática “Mestrado”.

 

Camila Duarte é graduada e mestranda em Ciência de Alimentos pela Universidade Federal da Bahia. Além disso, foi aprovada em primeiro lugar para o cargo de nutricionista no concurso da Universidade Federal do Sul da Bahia – UFSB e é autora do livro Super Revisão Nutricionista – EBSERH – 288 Questões Comentadas.

 

1. Camila, o que diferencia o mestrado das demais especializações?

 

O mestrado, assim como o doutorado, é um tipo de pós-graduação denominada de stricto sensu, enquanto que as especializações e os MBAs (Master Business Administration) são cursos lato sensu. Existem inúmeras diferenças entre essas pós-graduações. Mas, resumidamente, os cursos de especialização são mais práticos e objetivos, e visam um aprimoramento profissional. Já o mestrado e o doutorado são cursos de longa duração e costumam ser escolhidos por quem busca formação acadêmica na área da pesquisa científica ou quer seguir carreira como docente.

 

2. O mercado de trabalho valoriza nutricionistas que possuem mestrado? De que maneira?

 

A meu ver, o mercado valoriza qualquer profissional que busca a qualificação, independente de ser mestrado ou não. Em linhas gerais, um Nutricionista que realiza mestrado vislumbra o ensino e/ou a pesquisa e/ou a extensão (graduação e pós-graduação) e coordenação de cursos.

 

3. Há algum benefício salarial em ter o título de mestre para aqueles que pretendem fazer concurso público?

 

Para aqueles que pretendem fazer concurso público em algum órgão que seja regido pela Lei n°8112/90, o mestrado proporciona um aumento no vencimento básico em 52% e 75% para quem possui doutorado. Mas é importante ler o edital do concurso com bastante atenção, pois algumas instituições não são regidas por essa Lei, mas proporcionam uma gratificação ao candidato quando este possui o título de mestre ou de doutor.

 

4. É possível trabalhar e fazer mestrado simultaneamente?

 

A elaboração de uma dissertação de mestrado requer, sem dúvidas, muita dedicação e, frequentemente, conciliar um trabalho e um mestrado torna-se bastante complicado. No entanto, tudo é uma questão de organização e, obviamente, necessidade! Se o indivíduo quer trabalhar até para adquirir uma experiência profissional maior, especialmente na docência, ele pode organizar seus horários para tal, já que os horários do mestrado, principalmente quando o aluno já não precisa mais assistir aulas, são bastante flexíveis. Eu, por exemplo, sempre me dediquei exclusivamente às atividades do mestrado. Mas, felizmente, depois de 1 ano e 2 meses, fui aprovada em um concurso público na esfera federal e hoje concilio o mestrado e o trabalho. Como já estou na reta final para defender, meus dias têm sido bem corridos, mas a vontade em concluir essa etapa é maior! Rs

 

5. Há bolsas no mestrado? Qual é o valor da bolsa?

 

Sim. Essas bolsas são disponibilizadas por instituições como o CNPq, CAPES, FAPESB, entre outros. O valor é de R$1.500,00.

 

6. Qual é o prazo de duração do mestrado? A dedicação durante este período precisa ser integral?

 

O Mestrado dura em média entre 2 anos e 2 anos e meio. O ideal é que seja dedicação exclusiva, mas isso não é uma regra.

 

7. Como é o processo de seleção no mestrado?

 

O processo seletivo do mestrado normalmente envolve uma prova escrita, uma prova de língua estrangeira, avaliação curricular, apresentação do projeto de pesquisa e entrevista individual. Mas ele pode variar entre os programas de pós-graduação.

 

8. Quais recomendações você sugere às nutricionistas que pensam em fazer mestrado?

 

Primeira recomendação é: Só faça um mestrado se você realmente gosta da área de ensino, pesquisa e extensão, pois ele requer muita dedicação e se você não tem afinidade por nenhuma dessas linhas, o período do mestrado pode se tornar um martírio na sua vida! Digo isso porque mesmo amando fazer mestrado, muitas vezes me dá vontade de jogar tudo pra cima. Fico imaginando aquelas pessoas que fazem por fazer...

 

Camila, muito obrigado pelas respostas! Sem dúvidas, foram de muita valia para nós!

 

Acompanhe as nossas próximas entrevistas da série e qualquer dúvida adicional sobre a temática “mestrado” pode ser enviada para atendimento@editorasanar.com.br

 

Série Carreira na Nutrição

 

  • 09/01 – Residência Multiprofissional
  • 16/01 – Concurso - EBSERH
  • 23/01 – Concurso – Secretarias de Saúde
  • 30/01 – Mercado Privado de Trabalho
3459 Publicações - 0 Seguidores

  • 3459 Publicações