Caso Clínico de Semiologia e Medicina Interna - Sinal de Filatov

há 2 anos     -     
Caso Clínico de Semiologia e Medicina Interna - Sinal de Filatov
Caso Clínico
 
 
Sinal de Filatov é caracterizado pela presença de palidez em região perioral e está presente nos quadros de Escarlatina. A Escarlatina é uma doença infecciosa causada pelo agente Streptococcus Pyogenes e surge mais comumente após complicação do quadro de Faringite Estreptocócica. O período de incubação é de 2-5 dias e o início do quadro costuma ser abrupto apresentando sintomas como febre alta e cefaléia. Nos dois dias após a instalação desse quadro, surge o exantema micropapular dando aspecto áspero a pele, sendo esta chamada de “pele em lixa”, desaparece 6-9 dias depois deixando uma descamação lamelar nas regiões plantares e palmares. Outros sinais encontrados nessa infecção são o Sinal de Pastia, que consiste em uma exacerbação do exantema em regiões de dobras como a axilar, inguinal e pregas cubitais, e a língua em framboesa, onde as papilas encontram-se aumentadas sobre a língua. A transmissão ocorre através do contato com saliva ou secreção nasal da pessoa infectada e acomete crianças entre 3 e 15 anos de idade. Para confirmação do diagnóstico, realiza-se teste de cultura, testes sorológicos e leucograma. O tratamento é feito com a administração de Penicilinas."
 
 
Bibliografia:
1) KASPER, D. L; FAUCI, A. S. Doenças Infecciosas de Harisson. 2ed. Editora AMGH, 2015, pag. 358.
2) CENTRO DE VIGILANCIA EPIDEMIOLOGICA "PROF. ALEXANDRE VRANJAC". Divisão de Doenças de Transmissão Respiratória e SECRETARIA DE ESTADO DA SAUDE DE SAO PAULO. Coordenadoria de Controle de Doenças. Escarlatina: orientações para surtos. BEPA, Bol. epidemiol. paul. (Online) [online]. 2007, vol.4, n.46, pp. 14-24. ISSN 1806-4272. Disponível em: http://periodicos.ses.sp.bvs.br/scielo.php...
 
Liga Acadêmica de Semiologia e Medicina Interna

  • 2 Publicações