Caso Clínico Medicina de Família e Comunidade - Doença de Pele

há 1 ano     -     
Caso Clínico Medicina de Família e Comunidade - Doença de Pele
História Clínica
Senhora M.P.S. de 61 anos, procurou a Unidade Básica de Saúde por apresentar lesões cutâneas vesículo-bolhosas exuberantes no membro inferior esquerdo, com seis dias de evolução. Estava medicada com flucloxacilina oral, e não apresentava febre ou dor. Ainda relata que sentiu muita dor e queimação no local durante os três primeiros dias.
Apresentava lesões cutâneas vesículo bolhosas, confluentes, com líquido citrino no seu interior, sobre uma base eritematosa, em toda a extensão da região anterior do membro inferior esquerdo correspondente aos dermátomos L3 e L4.
Eram palpáveis adenopatias inguinais homolaterais com cerca 1,5cm de maior diâmetro. O restante exame não apresentava alterações.
Era uma senhora que posssui Diabettes Tipo 2 e Hipertensão Arterial Sistêmica. Com antecedentes clínicos de varicela na infância.
 
Hipóteses Diagnósticas:
Herpes Zoster
Impetigo Bolhoso
Herpes Simples
Impetigo não Bolhoso
 
Diagnóstico Clínico: Herpes Zóster
 
Conduta Terapêutica:  Aciclovir 800mg, 5 vezes ao dia por 7 dias.
 
VEJA TAMBÉM

  • 1 Publicações