CIRURGIA PLÁSTICA: NECESSIDADE OU MODISMO?

há 1 ano     -     
CIRURGIA PLÁSTICA: NECESSIDADE OU MODISMO?

                      CIRURGIA PLÁSTICA: NECESSIDADE OU MODISMO? 

Gabriela Eiras Ortoni* e Edicássia Rodrigues Morais Cardoso

 

* Acadêmica de enfermagem da FESGO e integrante da LASM

** Docente de enfermagem e coordenadora da LASM

 

O culto pelo padrão de beleza perfeita, leva à popularização das cirurgias plásticas pelo público feminino. Um padrão de beleza que é imposto desde a infância das meninas, por brinquedos como; a boneca Barbie: loira de cabelo liso, branca, alta, magérrima, cintura fina; e depois que a criança cresce ainda continua sendo bombardeada a todo o momento pelos meios de comunicação, que traz uma beleza padronizada e de por modelos anoréxicas, altas, brancas, cabelos lisos, rosto e corpos perfeitos. 

A população brasileira tem origem através de uma miscigenação de povos; os indígenas, africanos e europeus.Com essa miscigenação é difícil estabelecer somente um padrão de beleza. Muitas vezes as mulheres recorrem a cirurgia plástica por acharem que o seu busto é muito pequeno, ou o contrário, e isso é somente uma questão da genética a qual determinou o seu biótipo. 

 Mas a mulher não aceita esse biótipo, e acaba recorrendo a inúmeras cirurgias plásticas, que oferecem riscos a sua vida, sem contar a insatisfação, a baixo auto- estima, que vem do seu interior, elas se veem assim feias, fora dos padrões, quando na realidade, não temos esse padrão.  Essa tem sido uma das causas, das inúmeras cirurgias plásticas, que colocam a vida dessa mulher em risco, e nem sem melhoram esse baixo autoestima.  

O que é mais preocupante seria a taxa de a adolescentes querendo e sonhando por uma cirurgia plástica, algumas estão trocando a festa de debutante e viagens para a Disney, para ganharem de presente de aniversário a colocação de silicone nos seios. 

De acordo com relatório emitido pela International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS), o Brasil lidera o ranking dos procedimentos cirúrgicos para estética no mundo, seguido dos países os Estados Unidos, o México, a Alemanha e a Espanha. As cirurgias mais realizadas são: a colocação de próteses de silicones (aumento da mama), lipoaspiraçãolipoesculturarinoplastiablefaroplastia, abdominoplastia, lifting de mama e o procedimento estético mais utilizado é a aplicação da toxina botulínica. 

Com a popularidade dos procedimentos cirúrgicos surgiram vários profissionais e com preços acessíveis ou qualidade de pagamento facilitada, mas que na realidade alguns não possuem a formação na carreira médica e não possui especialização na área de plástica, o que pode ser considerado barato pelo valor menor, e dividido em várias parcelas, não significa qualidade. Além disto com a era digital teve a criação de grupos de Whattapp e de Facebook, onde ocorrem a indicação de profissionais 

Antes de tomar a decisão de fechar o contrato com algum profissional, procure informações no site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) para saber se médico escolhido para realizar o seu procedimento,  possui cadastro (comprovando a formação complementar), verifique se o profissional não possui processo com a justiça por erro em procedimentos, reúna a quantidade maior de informação que conseguir, porque o corpo é seu, você possui direito,  o risco cirúrgico existe, principalmente nas mãos de um profissional despreparado. 

As cirurgias corrigem algo que desagrada no corpo, mas para que alcance re

  • 18 Publicações