3348 Publicações -

Concurso STJ 2017/2018 pagará até R$ 12 mil de salário inicial para nível superior

há 7 meses     -     
Concurso STJ 2017/2018 pagará até R$ 12 mil de salário inicial para nível superior


Maravilhosa oportunidade para concurseiros que desejam ingressar em uma das mais altas cortes do judiciário brasileiro. O Superior Tribunal de Justiça (Concurso STJ) publicou no Diário Oficial da União extrato de dispensa de licitação para contratação do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) para prestação de serviços técnicos especializados na organização e realização de concurso público para provimento de cargos efetivos do seu  quadro de pessoal.
As oportunidades ainda não foram confirmadas, porém é esperado que o concurso STJ 2017/2018 traga oportunidades para os cargos de Analista Judiciário – Área: Judiciária (o último concurso foi realizado em 2012), além de chances para Analista Judiciário – Área: Administrativa e  Técnico Judiciário – Área Administrativa, que contam com certame em validade (improrrogável) até 21 dezembro deste ano e exigência de níveis superior e médio, respectivamente.

Remunerações do concurso STJ 2017/2018

Os iniciais das carreiras podem alcançar a casa do R$ 12 mil para analistas. O valor mencionado está de acordo com a Lei 13.317, onde são reajustados tanto o salário-base quanto GAJ.
No topo das carreiras chegará, em 2019, a R$ 11.398 e R$ 18.701. 

Confira como se preparar para o Concurso STJ 2017/2018
MEDICINA | FISIOTERAPIA | ODONTOLOGIA

Sobre os últimos concursos do STJ: 2015/2012

Analista Judiciário – Área: Administrativa
Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
Atribuições: realizar atividades de nível superior desenvolvendo as funções de planejamento, execução e controle relacionadas à administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, ao desenvolvimento organizacional, licitações, contratos, auditoria, dentre outras.

Sobre as etapas do último concurso STJ

Realizado em 2015 e organizado pelo Cebraspe, o último concurso STJ foi composto por provas objetivas, prova discursiva (somente para os cargos de Analista Judiciário), além de teste de aptidão física, somente para o cargo de Analista Judiciário – Área: Administrativa – Especialidade: Segurança.
A prova objetiva foi composta por 120 itens para julgamento de certo ou errado. 
Para ser aprovado os candidatos precisaram obter nota igual ou superior a 10,00 pontos na prova objetiva de Conhecimentos Básicos P1; nota igual ou superior a 21,00 pontos na prova objetiva de Conhecimentos Específicos P2; e nota igual ou superior a 36,00 pontos no conjunto das provas objetivas.
Foram registrados mais de 71 mil inscritos, sendo a maioria para técnico.

Sobre o STJ

A corte de justiça brasileira deverá anunciar em breve uma nova seleção, uma vez que o último certame, aberto em 2012, encerrou validade no dia 20 de julho deste ano. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) é um dos órgãos máximos do Poder Judiciário do Brasil. Descreve como sua missão zelar pela uniformidade de interpretações da legislação federal brasileira.
O STJ também é chamado de “Tribunal da Cidadania”, por sua origem na “Constituição Cidadã”. É de responsabilidade do STJ julgar, em última instância, todas as matérias infraconstitucionais não especializadas, que escapem à Justiça do Trabalho, Eleitoral e Militar, e não tratadas na Constituição Federal, como o julgamento de questões que se referem à aplicação de lei federal ou de divergência de interpretação jurisprudencial. Na primeira hipótese, o Tribunal analisa o recurso caso um Tribunal inferior tenha negado aplicação de artigo de lei federal. Na segunda hipótese, o Superior Tribunal de Justiça atua na uniformização da interpretação das decisões dos Tribunais inferiores; ou seja, constatando-se que a interpretação da lei federal de um Tribunal inferior é divergente de outro Tribunal (incluso o próprio Superior Tribunal de Justiça), o STJ pode analisar da questão e unificar a interpretação.
 


3348 Publicações - 0 Seguidores

  • 3348 Publicações