3343 Publicações -

Concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (SC) acontecerá em 2017

há 1 ano     -     
Concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (SC) acontecerá em 2017


Com a banca já escolhida, o TRT SC não deve tardar em lançar novo concurso. O último edital TRT SC foi em 2013 e o concurso já está vencido desde 2015. Ademais, já existe, no TRT 12ª Região, uma comissão formada para analisar os trabalhos relativos ao certame.
 
Apesar de ter parado os trabalhos do concurso TRT SC devido a problemas financeiros por um período, a contratação da organizadora e um PL traz esperança para que o edital saia o mais rapidamente possível, caso seja aprovado.
 
Embora ainda não confirme a oferta de vagas e os cargos que estarão disponíveis, é certo que o Concurso TRT SC trará oportunidades para os postos de Analista e Técnico Judiciário, na área de Nutrição, Psicologia, Farmácia e Odontologia. 
 
O ato, já de contrato, define a Fundação Getúlio Vargas (FGV) como entidade organizadora do certame, confirmado para ser divulgado já nos próximos dias. O órgão conta com uma estimativa de que até 35.000 inscritos participem do concurso TRT SC.


Nutricionista: Saiba como se preparar para o concurso do TRT 12 2017

Psicólogo: Saiba como se preparar para o concurso do TRT 12 2017

Farmacêutico: Saiba como se preparar para o concurso do TRT 12 2017

Dentista: Saiba como se preparar para o concurso do TRT 12 2017


Último Concurso do TRT 12


Realizado em 2013 e válido por um ano, o certame registrou 49.792 inscritos. Para o nível médio houve chances no cargo de técnico judiciário nas áreas administrativa e de apoio especializado em Tecnologia da Informação, com remuneração inicial de R$ 4.635,03. Aos graduados foram oferecidas 53 vagas, sendo 36 para os bacharéis em Direito, para analista judiciário, na área judiciária com especialidade oficial de justiça avaliador federal, com remuneração inicial de R$ 7.566,22, e analista judiciário, na área judiciária, com ganhos de R$ 9.228,70.

Também há vagas no nível superior para a área administrativa, para graduados em qualquer área, e administrativa com especialidade em Contabilidade, além das áreas de apoio especializado para formados em Tecnologia da Informação (ou outro curso com pós-graduação na área), Estatística, Psicologia e Engenharia Civil, cuja remuneração é de R$ 7.566,42, para todos.

A avaliação teve 60 questões que abordaram Conhecimentos Gerais de Língua Portuguesa e Conhecimentos Específicos, para todos os cargos, e Matemática e Raciocínio Lógico, apenas para o cargo de técnico judiciário. Para o cargo de técnico foram aprovados os que alcançaarm 150 pontos ou mais. Já para o de analista, os que obtiverem 200 pontos ou mais. A seleção oferece 75 oportunidades, sendo quatro para pessoas com deficiência, para os cargos de técnico e analista judiciários.
3343 Publicações - 0 Seguidores

  • 3343 Publicações