3448 Publicações -

Conheça a revolucionária tríade da aprovação em concursos

há 4 meses     -     
Conheça a revolucionária tríade do concurseiro aprovado


Tenha em mente 3 elementos básicos que guiarão a sua aprovação em um Concurso Público. São princípios que podem ser utilizados em qualquer circunstância da vida, fazendo com que você viva melhor. Esses elementos, se postos em prática, lhe conduzirão a realização de seus sonhos com maior facilidade e consistência.

Lembre-se que sua mentalidade pode e deve ser treinada para alcançar o seu objetivo de vida: ser aprovado em um concurso público. Esse é o caminho que vamos descobrir neste artigo.


   1. CORAGEM


Para escolher é preciso ter a coragem de deixar para trás algumas coisas: não é diferente quando você escolhe prestar um concurso público.

Você deve aprender a dizer “não”, pois as distrações e as diversões surgirão constantemente. Não que sua preparação precise ser entediante, mas ter foco e disciplina é fundamental.

Considero que o ato de se dizer "não" às propostas que fogem ao nosso foco, reverbera, de forma reflexa, como um "sim". Como assim?! Explico: esse "não", no fim das contas, nada mais é do que aquele "sim" que precisamos dizer diariamente àquilo que sonhamos conquistar. Toda vez que cedemos a esses desvios de foco, estamos adiando - mesmo que não nos demos conta - as nossas principais vontades e nos colocando em segundo plano. Por essa razão, sustentar as prioridades que elegemos requer coragem. Ouso dizer que essa é a parte mais difícil da vida de quem estuda para concurso.

É preciso ter em mente que estudar para um concurso público é uma iniciativa que mudará completamente sua vida, e, por isso, exige esforço proporcional à grandeza da conquista trazida por essa escolha.


    2. PACIÊNCIA


Paciência é um princípio basilar de toda (o) concurseira (o) de sucesso. Não adianta tentar engolir conteúdo de maneira voraz, buscar acumular o máximo de conhecimento possível. É preciso administrar a ansiedade, planejando com cuidado sua rotina de estudo de maneira racional e moderada.

Dando cada passo de uma vez, com firmeza e lucidez, sua aprovação chegará!

Não esqueça: manter a calma é um trunfo à quem vive imerso em um mundo de urgentes demandas e cobranças. Desenvolva essa serenidade. Se preciso, procure ajuda profissional para tanto. Terapias tradicionais e alternativas podem auxiliar a não permitimos que o caos, comum à realidade do tempo que vivenciamos, atue como um obstáculo.


   3. PERSEVERANÇA


É a insistência na aquisição de cada pequeno conhecimento que resultará em sua aprovação. Regularidade, disciplina e permanência nos estudos é indispensável. Cada linha aprendida de conteúdo é um diferencial alcançado. Quanto mais diferenciais, maior a chance de superar a concorrência.

Aqui, vale pontuar que pensar somente no benefício de cada conhecimento adquirido, durante essa trajetória, não é o bastante. A nossa perseverança precisa agir também no encalço e aprimoramento de um autoconhecimento.

O autoconhecimento tem em nossas vidas uma função instrumental. Quer dizer, ele atua como um instrumento necessário para atingirmos outras finalidades. E, nesse caso, essas finalidades podem ser a regularidade, disciplina e permanência nos estudos, citadas ali em cima.

Conhecer quem somos e como funcionamos significa compreender:

a) de que modo aprendemos melhor;
b) quais as limitações em nosso processo de aprendizagem;
c) qual o horário em que obtemos maior absorção de conhecimento (produtividade);
d) como nos sentimos diante dos estudos e o que podemos fazer para não permitir que essas emoções nos atrapalhem;
e) o que nos inspira e nos ajuda a seguir firmes em nossa rotina de concursos.


E para não perder o costume, entregamos o gabarito comentado para essa questão, típico de nossos materiais: todas as alternativas acima são verdadeiras com base nos estudos da psicologia e neurociência sobre o comportamento humano.

Dito isso, assim como um artesão que monta um colar e coloca conta por conta no fio, você deve ter consciência do papel de cada pequena iniciativa que resulta no todo, praticando integrativamente uma observação externa e interna.

E, para fechar, coroamos esse tópico com as seguintes operações:

PACIÊNCIA [elemento 2] + PERSEVERANÇA [elemento 3] = RESILIÊNCIA

CORAGEM [elemento 1] + RESILIÊNCIA ( PACIÊNCIA + PERSEVERANÇA) = APROVAÇÃO

A interpretação desses raciocínios nos leva a entender que nenhum sucesso dispensa uma postura resiliente. A conquista da aprovação, ou de qualquer que seja o nosso objetivo, depende substancialmente da capacidade de cada um se recobrar facilmente e renovar a confiança diante das derrotas experimentadas durante os caminhos. Todos que alcançaram o sucesso aprenderam, antes disso, a lidar com seus fracassos e seguir em frente do modo mais equilibrado possível.



3448 Publicações - 0 Seguidores

  • 3448 Publicações