3348 Publicações -

Conselho de Nutrição diz que Mayra Cardi não pode exercer a profissão

há 1 ano     -     
Conselho de Nutrição diz que Mayra Cardi não pode exercer a profissão


Após as denúncias recebidas sobre o programa de emagrecimento “Mayra Cardi Seca Você”, o Conselho Regional de Nutricionistas da 3ª Região, sediado em São Paulo, informa que a ex-BBB não é nutricionista e não pode exercer a profissão no Brasil. “Comunicamos que a Sra. Maira Cardi não é nutricionista inscrita no Sistema CFN/CRN e não está habilitada para exercer as atividades privativas do nutricionista, previstas na lei”, explica a doutora Dolly Meth Simas, coordenadora da Comissão de Fiscalização da entidade.


Ainda de acordo com o Conselho, Mayra Cardi não foi acionada por falta de provas documentais: “Informamos que o CRN-3 apurou diversas denúncias encaminhadas contra a Sra. Maira e devido à ausência de provas documentais, não foi possível encaminhar o caso para providências do Ministério Público”.

Veja o que diz a lei.
Lei Federal nº 8234/1991, Regulamenta a profissão de Nutricionista e determina outras providências e determina:
 

“Art. 1º A designação e o exercício da profissão de Nutricionista, profissional de saúde, em qualquer de suas áreas, são privativos dos portadores de diploma expedido por escolas de graduação em nutrição, oficiais ou reconhecidas, devidamente registrado no órgão competente do Ministério da Educação e regularmente inscrito no Conselho Regional de Nutricionistas da respectiva área de atuação profissional.

Parágrafo único. Os diplomas cursos de equivalentes, expedidos por escolas estrangeiras iguais ou assemelhadas, serão revalidados na forma da lei.”.

A formação de Mayra Cardi

 

Mayra fez cursos técnicos de nutrição e nutrição esportiva nos Estados Unidos e hoje é coach e criadora do “Mayra seca você”, com mais de 152 mil seguidores. Em parceria com o marido, Egil Greto, a cunhada e o irmão, ela mantém o programa para o mundo inteiro. “O certificado que eu possuo me permite atuar no mundo inteiro de onde eu estiver, inclusive no Brasil”, explica ela, que desconhece as histórias de ex-clientes descontentes: “Nunca chegou até nós do programa qualquer reclamação ou e-mail relatando isso. Falar é muito fácil. Vai chegar um determinado momento que terão que provar o que dizem. Estou muito tranquila, porque sei exatamente o que estou fazendo”.

Mayra se defende das acusações e diz que uma das clientes, mostrada numa matéria num programa jornalistico, será processada por ela após dizer que se machucou durante um treino passado pelo preparador físico que estava na equipe na época. “Tenho todos os registros dela me agradecendo, dizendo como o programa foi bom para sua vida”, garante.

 

Entenda o caso
 

Em 2015, Mayra Cardi bombou nas redes sociais ao anunciar o programa de emagrecimento “Mayra Cardi seca você”. A experiência foi feita com uma amiga pessoal da ex-BBB até chegar aos internautas interessados em perder uns quilinhos e, de quebra, ostentar um abdômen sarado como o dela. O problema é que muita gente viu o objetivo se tornar um drama.

Michele de Simone, de 31 anos, brasileira que mora nos EUA, começou o programa em maio do ano passado após ver os resultados mostrados por Mayra na internet. O antes e depois dos adeptos é mesmo impressionante, “Eu era crua, não conhecia muita coisa e decidi adquirir o plano. No primeiro mês, emagreci cinco quilos”, conta ela, que tinha 121kg no início do processo e perdeu 25 em cinco meses: “Paguei cerca de R$ 900 na época e estava contente. Porque ela criava grupos no Whatsapp com umas 20 pessoas e dava assistência a todas”.

 

O problema é que Michele e demais clientes de Mayra passaram a se comunicar e perceberam que os cardápios eram iguais. “Ela passava a mesma dieta para quem tinha 70kg e para quem tinha mais de 100kg. Achamos aquilo estranho e questionamos. Muita gente pediu o dinheiro de volta”, conta a advogada tributarista Daniela Alves, que mora hoje em Portugal.
 

Michele diz que quis processar Mayra: “Ela me causou muitos danos. Até hoje preciso de tratamento psicológico. Eu já tinha emagrecido 25 quilos quando voltei ao Brasil depois de cinco anos. Na casa da minha mãe, comi o que não comia há muito tempo. Ao me ver postando a foto de uma coxinha, a Mayra foi para o Snapchat e disse: ‘Para de comer, sua vaca’. Achei absurdo”.


Fonte: EXTRA

3348 Publicações - 0 Seguidores

  • 3348 Publicações