5 Coisas sobre Enfermagem do Trabalho

há 1 ano     -     
5 Coisas sobre Enfermagem do Trabalho


Você sabe o que faz um Enfermeiro do Trabalho? Do que se trata essa especialização? Como está o mercado trabalho? 

A área de Enfermagem do Trabalho vem apresentando um crescimento expressivo à medida que a necessidade e a preocupação das empresas de ter um enfermeiro responsável para cuidar da sua equipe de funcionários aumenta.
Neste texto vamos falar sobre 5 coisas fundamentais que todo enfermeiro precisa saber sobre a área de Enfermagem do Trabalho!

1- O que é a enfermagem do trabalho?

Apesar de ser razoavelmente nova, a área de Enfermagem do Trabalho vem sendo ampliada nos últimos anos e, junto a ela, o desempenho dos profissionais também está se ampliando, principalmente após a sua regulamentação (Norma Regulamentadora [NR] 4).
No início a área era encarada como um micro parâmetro, o qual o enfermeiro realizava apenas o atendimento emergencial dentro do local de trabalho das organizações. 
Atualmente o profissional da área atua dentro das empresas, integrando a equipe do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT).

2- O que faz um Enfermeiro do Trabalho? 

O profissional dessa área é responsável por serviços relacionados à saúde em empresas e trabalhará em conjunto com técnicos e auxiliares, assim como com profissionais de outras áreas. Suas atividades giram em torno do planejamento de ações e diretrizes na área de enfermagem, como:

- Elaborar projetos que visam minimizar os riscos de acidentes e doenças do trabalho;
-Primeiros socorros aos colaboradores em urgências dentro da empresa;
- Estimular ações com o intuito de preservar a integridade física e mental do trabalhador;
- Estudar e observar as condições de higiene, insalubridade e periculosidade no ambiente de trabalho;
- Identificar riscos e coletar dados de doenças ocupacionais;
-Atender às necessidades do trabalhador, dentre outras atividades como palestras e cursos
- Treinar os integrantes da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) no que se refere à prevenção de doenças dos colaboradores;
- Instruir o trabalhador quanto à importância dos equipamentos individuais de segurança para a saúde, visando educá-los quanto à prevenção de acidentes; 

3- Qual é a diferença entre o enfermeiro do trabalho e o tradicional?

A diferença está relacionada às suas competências e ao ambiente de trabalho. O enfermeiro de Trabalho cuida de colaboradores de uma organização, já o enfermeiro tradicional, atua chefiando e supervisionando o trabalho da enfermagem diretamente com os pacientes, além de prestar cuidados de enfermagem de maior complexidade e poder prescrever alguns medicamentos. 

4- Mercado de Trabalho

Ok, até aqui está tudo positivo, mas e o mercado de trabalho? Como vai? 

Cada vez mais as empresas estão se conscientizam mais sobre a importância da prevenção de doenças ocupacionais e dos acidentes de trabalho como forma de melhorar as condições e a saúde de seus trabalhadores. Esse fato tem pontencializado a perspectiva de sucesso nessa área da enfermagem, além de aumentar de forma considerável as vagas e oportunidades para quem quer seguir essa carreira.
A média salarial de um enfermeiro do trabalho é de R$ 3.000,00 por mês com jornada de trabalho de 36 horas semanais. Os salários variam entre 2 mil a 5 mil reais, de acordo com a empresa contratante. 

O Enfermeiro do Trabalho pode atuar dentro de qualquer empresa, sejam elas: hospitais, escolas, postos de saúde, fábricas, indústrias, sindicatos, entre outras. Também é comum serem contratados com jornada parcial de 3 horas diárias, o que permite que muitos pofissionais acumulem duas ou mais fontes de renda, aumentando as possibilidades de faturamento. Em geral são empresas que se preocupam com a saúde dos seus funcionários. 

5- O que é preciso para ser um profissional dessa área?  

Além de ser graduado em enfermagem e ser membro ativo do COREN (Conselho Regional de Enfermagem), é necessário ter a especialização em Enfermagem do Trabalho que, em geral, tem duração de dois semestres dependendo da instituição de ensino. Habilidades como comprometimento, proatividade, trabalho de equipe, empatia também são muito úteis para área. Saber se expressar bem, também será necessário pois o Enfermeiro do Trabalho lida diretamente com o público dando palestras e passando informações. 
O curso possui grade curricular com disciplinas específicas como:
-Legislação em saúde do trabalhado;
-Saúde Mental no Trabalho;
-Atenção à saúde do trabalhador;
-Doenças ocupacionais;
-Biossegurança;
-Ergonomia;
-Vigilância em saúde do trabalhador.

Agora que você já conhece e entende os pontos mais importantes da área de Enfermagem do Trabalho, fique ligado nos concursos abertos para atuar como enfermeiro de trabalho! 

Clique aqui e aproveite para começar a se preparar! 



76 Publicações - 1 Seguidores

  • 76 Publicações