O profissional de Farmácia no Brasil

há 5 meses     -     
O profissional de Farmácia no Brasil


O farmacêutico é um profissional de grau superior que atua na área da saúde, podendo pesquisar, desenvolver, produzir, manipular e selecionar medicamentos, assumir a responsabilidade técnica em farmácias, drogarias, distribuidoras, hospitais e laboratórios.

Além disso, atua ainda na pesquisa e controle da qualidade de derivados do sangue, análise técnica e emissão de laudos na indústria alimentícia, podendo ainda atuar como professor ou pesquisador em universidades.

Perfil do farmacêutico

Segundo informações divulgadas pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF), em relatório desenvolvido no ano de 2015, a maioria dos profissionais é constituída de mulheres (67,5%).

A faixa etária prevalente, de acordo com a pesquisa, está entre 29 e 38 anos (41,8%).

E ao atentarmos para as regiões, aproximadamente 6% dos farmacêuticos nasceram no Norte; 16% no Nordeste; 10% no Centro-Oeste; 40% no Sudeste e 28% na Sul.

Já em relação à formação acadêmica, o quadro é o seguinte: 67,9% foi graduado em instituições particulares, enquanto 32,1% são remanescentes de instituições públicas.

Áreas de atuação

São mais de 70 atividades farmacêuticas que esse profissional está autorizado a exercer: hospitais, laboratórios, farmácias, indústria de medicamentos, cosméticos e alimentos, agricultura, prevenção de pragas, distribuição de fármacos, órgãos públicos e de fiscalização são algumas das opções de áreas onde o farmacêutico pode trabalhar.

A pesquisa do CFF revelou que os profissionais estão divididos em:
 
Área de atuação Percentual de farmacêuticos
Farmácia/ Drogaria de rede 27%
Farmácia/ Drogaria independente 25,2%
Farmácia magistral 6%
Farmácia hospitalar 12%
Farmácia pública 10,9%
Distribuidora de medicamentos 3,5%
Laboratório de análises clínicas 8,8%
Indústria farmacêutica 3,2%
Docência em nível médio 1,4%
Docência em nível superior 5%
Vigilância sanitária 1,9%
Gestão pública 5,6%
Gestão privada 1,3%
Mestrado/ doutorado 3,1%
Outras 10,8%
 

Salário do farmacêutico

Os farmacêuticos não possuem um salário mínimo profissional único em todo o Brasil. O piso salarial do farmacêutico é definido em cada Estado pelas convenções e acordos coletivos firmados nos sindicados e pode variar de acordo com a dedicação (número de horas semanais), a função exercida e o setor em que o profissional trabalha.

De acordo com o CFF, o maior percentual de farmacêuticos (39,9%) concentra-se na faixa salarial de R$ 2.001,00 a R$ 3.000,00.

A média salarial nacional para os farmacêuticos, segundo o levantamento do site de empregos Catho, fica em torno de R$ 2.700. Confira, a seguir, exemplos de salários para alguns cargos exercidos por esses profissionais:

Farmacêutico Bioquímico: R$ 2.931,00

Farmacêutico: R$ 2.711,00

Supervisor de Farmácia: R$ 2.788,00

Farmacêutico Hospitalar: R$ 2.926,00

Coordenador de Laboratório: R$ 3.138,00

Gerente de Farmácia: R$ 3.573,00

Farmacêutico Industrial: R$ 2.601,00

Entretanto, quando se trata da carreira em órgãos públicos, essa média salarial tente a ser mais elevada.

Saiba como se preparar para as provas!

Carreira pública

Concursado, o profissional pode trabalhar em órgãos municipais, estaduais e federais.

Confira abaixo os salários iniciais para Farmacêuticos em diversos órgãos brasileiros:

- Senado Federal: R$ 21.347,32

- ANS: R$ 12.432,49

- Anvisa: R$ 13.593,69

- IcmBio: R$ 9.389,34

- Ministério da Saúde: R$ 6.202,88

- Forças Armadas: 8.245,00

- Universidades: entre R$ 4.000,00 a R$ 7.800,00



 
 



61 Publicações - 1 Seguidores

Sou o Farmacêutico Concurseiro da Sanar! No meu blog você vai encontrar tudo sobre concursos, residências e sobre a carreira do farmacêutico no Brasil! Estamos melhorando aos poucos a sua experiência por aqui!

  • 61 Publicações