Residência USP 2019: O que cai na prova de Farmácia

há 8 meses     -     
Residência USP 2019: O que cai na prova de Farmácia


Você já sabe que a Universidade de São Paulo (USP), por meio da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária e da Comissão de Residência Multiprofissional e em Área Profissional da Saúde (COREMU), tornou público processo seletivo para o preenchimento das vagas dos Programas de Residência em Área Profissional da Saúde nas modalidades uniprofissional e multiprofissional para ingresso no ano letivo de 2019. Entre as oportunidades, são 29 vagas para Farmácia divididas em:

Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF): 

- Programa de Residência em Área Profissional da Saúde: Farmácia Clínica e Atenção Farmacêutica / Hospital Universitário (Butantã) - 08 vagas;
Faculdade de Medicina (FM):
- Programa de Residência em Área Profissional da Saúde: Assistência Farmacêutica Hospitalar e Clínica / Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina (Pinheiros) - 16 vagas;
- Programa de Residência Multiprofissional: Saúde Coletiva e Atenção Primária / Centro de Saúde Escola Samuel Barnsley Pessoa e UBS's - 01 vaga;
- Programa de Residência Multiprofissional: Prevenção e Terapêutica Cardiovascular / InCor - 01 vaga;

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP):

- Programa de Residência Multiprofissional: Atenção Integral à Saúde / Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - 03 vagas.

Saiba como ser aprovado!

A seleção será realizada em duas fases. A primeira composta por Prova Objetiva e a segunda por Prova Dissertativa e Análise de Currículo. A primeira fase será realizada no dia 02 de setembro, às 14 horas.

Os assuntos cobrados serão:

1) 10 (dez) questões de conhecimentos gerais:

- Sistema Único de Saúde;
- Política Nacional de Humanização;
- Política Nacional de Atenção Básica;
- Redes de Atenção à Saúde;
- Trabalho Interprofissional;
- Bioética;
- Segurança do Paciente.

2) 10 (dez) questões de interpretação de textos relacionados à área da saúde de uma forma geral;

3) 30 (trinta) questões de conhecimentos específicos de cada área profissional;

- Ética Profissional;
- Redes de Atenção à Saúde e o trabalho nos diversos componentes da Rede;
- Trabalho em Equipe e Interdisciplinaridade;
- Acolhimento;
- Apoio Matricial em Saúde Mental na Atenção Primária à Saúde;
- Farmácia Hospitalar e Administrativa: políticas de medicamentos e Sistema Único de Saúde; Gerenciamento de Recursos Humanos; Seleção de Medicamentos e Produtos Hospitalares; Comissões Hospitalares (Comissão de Farmácia e Terapêutica, Comissão de Controle de Infecções relacionadas à Assistência à Saúde; Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional; Núcleo de Segurança do Paciente; Gestão de Suprimento e Custos Hospitalares; Armazenamento de Medicamentos, Produtos Químicos e Hospitalares; Informatização e Automação aplicada à Farmácia Hospitalar; Gestão da Qualidade e Indicadores na Farmácia Hospitalar; Legislação Geral, Sanitária e Profissional (leis, decretos, RDCs, portarias, resoluções, códigos relacionados ao desenvolvimento da Farmácia); Sistemas de Distribuição de Medicamentos para Paciente Internado; Centro de Informações sobre Medicamentos; Central de Misturas Intravenosas; Farmacotécnica Hospitalar: Formas Farmacêuticas Estéreis e não Estéreis; Cálculo Farmacêutico; Biossegurança e Gestão Ambiental de Resíduos nos Serviços de Saúde.
- Farmácia Clínica e Atenção Farmacêutica; interpretação de exames clínicos laboratoriais Farmacoepidemiologia; Farmacovigilância e Estudo de Utilização de Medicamentos; Farmacoeconomia; Uso Racional de Medicamentos; Pesquisa Clínica; Farmacoterapia Baseada em Evidências; Farmacocinética Clínica; Farmacologia Clínica para Pacientes Adultos e Pediátricos; Educação Sanitária; Seguimento Farmacoterapêutico de Paciente Internado e Ambulatorial; Assistência Domiciliar.

Confira edital completo!
 


44 Publicações - 1 Seguidores

  • 44 Publicações