Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) | Tudo que você precisa saber

há 8 meses     -     
Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) | Tudo que você precisa saber


O Infarto Agudo do Miocárdio, o IAM, consiste na morte (necrose) dos cardiomióciotos, ou seja, de uma parte do tecido muscular do coração, devido a uma deficiência da oferta de nutrientes e oxigênio ao tecido, secundário a trombose, ou vasoespasmo sobre uma placa aterosclerótica.
 
FISIOPATOLOGIA
Primeiro acontece a ruptura ou erosão de uma placa aterosclerótica, que reduz a luz do vaso e compromete significativamente o fluxo sanguíneo na artéria coronária por espasmo ou formação de trombo, ocasionando assim a isquemia cardíaca que leva a necrose dos cardiomiócitos.



QUADRO CLÍNICO
 
  • Angina;
  • Mal-estar generalizado;
  • Náuseas;
  • Vômito;
  • Lipotimia;
  • Palpitações;
  • Dor epigástrica.




CLASSIFICAÇÃO
  




 
ETIOLOGIA
 
Atualmente, o IAM é uma das doenças coronarianas mais comuns nos seres humanos. Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, no Brasil são recorrentes aproximadamente 350 mil novos casos por ano, dentre estes casos. A aterosclerose é a causa mais comum (43% dos casos), seguida da trombose coronária (21%), aneurismas (4%, dissecção coronária (16%) e por fim até mesmo coronárias normais (29%).



 
REABILITAÇÃO CARDÍACA
 
Segundo a V Diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia sobre Tratamento do Infarto Agudo do Miocárdio com Supradesnível do Segmento ST, a Reabilitação Cardíaca na fase aguda do infarto objetiva reduzir os efeitos deletérios do repouso prolongado no leito, controlar as alterações psicológicas e reduzir a permanência hospitalar.

Além disso, existem muitos benefícios associados a prática de atividade física, e a partir disso, muitos dos fatores de risco podem ser superados. Outro aspecto importante é realização prolongada e permanente de exercícios já se mostram eficazes da melhora do desempenho cardiopulmonar.

Diante desse cenário, faz-se necessário ressaltar a importância da abordagem multidisciplinar desse padrão de paciente, visto que os diferentes profissionais poderão dentro de suas especialidades ofertar ao paciente um tratamento completo, possibilitando o seu regresso a suas atividades de vida diária AVD’s.
 


  
REFERÊNCIAS
 
NICOLAU, José Carlos. Infarto agudo do miocárdio – Síndrome coronariana aguda com supradesnivelamento do segmento ST. Revista da Associação Médica Brasileira, 2004.

Bertalami & Nicolau, COMO TRATAR, Sociedade Brasileira de Cardiologia 2ª edição 2008.

Piegas LS et. Al, III Diretriz sobre tratamento do Infarto Agudo do Miocárdio - Sociedade Brasileira de Cardiologia, 2004.

DIRETRIZ SUL-AMERICANA DE PREVENÇÃO E REABILITAÇÃO CARDIOVASCULAR – Sociedade Brasileira de Cardiologia, 2014.

 
54 Publicações - 3 Seguidores

Sou a Fisioterapeuta Concurseira da Sanar! No meu blog você vai encontrar tudo sobre concursos, residências e sobre a carreira do fisioterapeuta no Brasil! Estamos melhorando aos poucos a sua experiência por aqui!

  • 54 Publicações