Fisioterapeuta, você conhece a importância de resolver questões de prova?

há 9 meses     -     
Fisioterapeuta, você conhece a importância de resolver questões de prova?


Vamos tratar de assunto MUITO IMPORTANTE nesse texto, fisioterapeuta!

A importância de resolver questões de prova para o seu aprendizado.

Muitos benefícios estão associados a essa prática desenvolvida pelos estudantes, como fixação de conteúdos e conhecimento sobre a banca examinadora. Vamos falar mais detalhadamente sobre eles mais abaixo!

De acordo com um artigo científico da pesquisadora Evely Boruchovitch, perceber visualmente palavras num texto seria o start do fluxo de informação. É assim que ela entra no Sistema de Memória Sensorial, em que é guardada brevemente até que entre no Sistema de Memória de Curta Duração.

Então, a informação transformada através de um processo de codificação e, assim, integrada na memória. O que pode afetar a facilidade com que ela seja recuperada posteriormente.

Leia mais sobre o assunto aqui!

Entre as vantagens que estão relacionadas à resolução de questões de prova estão:

- Entender como os assuntos são cobrados nas provas;

- Revisar os temas mais estudados;

- Fixar os conteúdos;

- Classificar quais assuntos foram ou não foram entendidos;

- Entender o que realmente sabe daquilo que foi estudado;

- Melhora de desempenho. Quanto mais questões você resolver, maior e melhor será sua velocidade, técnica e interpretação;

- Melhor compreensão da linguagem técnica de cada questão e das bancas organizadoras;

- Conhecer as dificuldades durante a resolução de cada assunto.

Conhecendo a prova, identificando o estilo das questões e uma vez atento ao conteúdo que costuma ser cobrado, você não perde tanto tempo montando uma estratégia para responder a prova.

Você já vai saber por onde começar, como dividir o tempo disponível para cada questão e qual método é mais eficiente para aquela avaliação. Por exemplo: se for uma banca dada a pegadinhas, você se concentra em identificar se existe alguma naquele enunciado, para então dar atenção às alternativas.

RESOLVA QUESTÕES DE PROVA!!!

(PREFEITURA DE PORTO VELHO/RO – CONSULPLAN/2012) É um exemplo típico de gonfose:

A. Metáfise dos ossos longos
B. Fixação dos dentes nos alvéolos dentários da maxila e mandíbula
C. Entre os corpos do rádio e ulna/tíbia e fíbula
D. Entre os arcos costais e entre os processos das vértebras
E. Entre os corpos das vértebras
 
Gabarito

Alternativa A: INCORRETA. A metáfise dos ossos longos é uma sincondrose (articulação cartilaginosa efêmera, pois ossifica em um determinado momento da vida).

Alternativa B: CORRETA. Essa é a que exemplifica a articulação do tipo gonfose.

Alternativa C: INCORRETA. Entre os corpos do rádio e ulna/tíbia e fíbula existe uma
sindesmose (um tipo de articulação fibrosa).

Alternativa D: INCORRETA. Entre os tubérculos das costelas (extremidade dos arcos costais) e os processos transversos das vértebras torácicas existem articulações sinoviais do tipo planas.

Alternativa E: INCORRETA. Entre os corpos das vértebras existem sínfises (articulações cartilaginosas que, via de regra, não se ossificam por completo durante a vida).


(INSS – FUNRIO – 2014) São elementos fundamentais observados na artrocinemática:

A. Raio de movimento, variação angular e deslizamento
B. Raio de movimento, variação angular e rolagem
C. Rolagem, deslizamento e movimentos giratórios
D. Raio de movimento, deslizamento e rolagem
E. Variação angular, rolagem e movimentos giratórios
 
Gabarito

Alternativa A: INCORRETA. Raio de movimento e variação articular não fazem parte dos fundamentos da artrocinemática. Raio de movimento consiste numa propriedade física escalar referente à distância percorrida por um corpo numa trajetória. Variação angular consiste numa propriedade física angular referente à variação em graus percorrida por um corpo numa trajetória circular.
Alternativa B: INCORRETA. Apenas rolagem está correta.
Alternativa C: CORRETA. São três dos cinco tipos de movimentos que ocorrem dentro da cápsula articular. Três movimentos fundamentais entre as faces articulares: rolamento, deslizamento e rotação (giro). Esses movimentos ocorrem quando uma face convexa se move sobre outra face côncava e vice-versa.
Alternativa D: INCORRETA. Raio de movimento não faz parte dos fundamentos.
Alternativa E: INCORRETA. Variação angular não faz parte das bases artrocinemáticas.


(EBSERH/MCO/UFBA – IADES - 2014) Acerca da positividade do teste da compressão ativa de O’Brien, é correto afirmar que ela sugere acometimento do (a):

A. músculo supraespinhal
B. complexo bíceps-labral
C. músculo subescapular
D. articulação acrômio-clavicular
E. desfiladeiro torácico

Gabarito

Alternativa A: INCORRETA. Para avaliar o músculo supraespinhal pode ser realizado o teste de Jobe.
Alternativa B: CORRETA. Teste de O’Brien destina-se a detectar a lesão tipo slap do lábio superior ou lesões labiais superiores.
Alternativa C: INCORRETA. Para avaliar o músculo subescapular, pode ser realizado o teste de Gerber.
Alternativa D: INCORRETA. Para avaliar a articulação acromioclavicular, podem ser
realizados testes Neer, Yocum, etc.
Alternativa E: INCORRETA. Para avaliar a síndrome do desfiladeiro torácico, pode-se usar o teste de Roos.


(UFS - INSTITUTO AOCP – 2014) São indicações para o tratamento com hidroterapia, EXCETO:

A. Espondilite anquilosante
B. Capsulite
C. Cirurgia ortopédica
D. Artrite reumatoide
E. Embolia pulmonar recente
 
Gabarito

Alternativas A, B, C e D estão INCORRETAS. Com o tratamento hidroterápico, pode-se reduzir nível de dor e espasmo muscular, relaxamento muscular, minimizar rigidez e encurtamento de tecidos moles, melhorar a mobilidade, trabalhar consciência corporal, melhorar a força e resistência muscular.

Alternativa E: CORRETA. Há algumas contraindicações absolutas, como feridas infectadas, infecções de pele e gastrointestinais, sintomas agudos de trombose venosa profunda, doença sistêmica e tratamento radioterápico em andamento. Alguns processos micóticos e fúngicos graves também requerem afastamento do paciente de ambientes úmidos. Dentre essas contraindicações absolutas temos a embolia pulmonar recente. Pode levar a um novo quadro devido ao aumento circulatório levado pela pressão hidrostática e provocar um novo quadro de embolia.


(PREFEITURA DE UBIRATÃ/PR – FAFIPA – 2014) Assinale a alternativa INCORRETA sobre a atuação fisioterápica nas principais causas de incapacidade do idoso:

A. Durante a fase inicial de internação do AVC, quando o paciente se encontra comatoso, as primeiras medidas devem ser dirigidas para prevenção de complicações
B. O tratamento para pacientes portadores de doenças pulmonares consiste de cinesioterapia respiratória e higiene brônquica
C. Os recursos utilizados em pacientes parkinsonianos são: exercícios passivos e técnicas de relaxamento, exercícios ativos e de coordenação
D. São medidas preventivas no paciente idoso acamado: evitar mudanças de decúbito no leito e evitar exercícios ativos para não causar exaustão
 
Gabarito

Alternativa A: CORRETA. As orientações sobre posicionamento no leito são importantes principalmente para evitar as úlceras por pressão.
Alternativa B: CORRETA. A cinesioterapia respiratória auxilia na melhora da força dos músculos respiratórios e a higiene brônquica auxilia na retirada de secreções.
Alternativa C: CORRETA. Os exercícios passivos e técnicas de relaxamento auxiliam na manutenção ou ganho de amplitude de movimento; os exercícios ativos são para promover melhora da força muscular e coordenação.
Alternativa D: INCORRETA






 
64 Publicações - 3 Seguidores

Sou a Fisioterapeuta Concurseira da Sanar! No meu blog você vai encontrar tudo sobre concursos, residências e sobre a carreira do fisioterapeuta no Brasil! Estamos melhorando aos poucos a sua experiência por aqui!

  • 64 Publicações