3348 Publicações -

Maratona de Estudos no Carnaval: como fugir da folia?

há 1 ano     -     
Maratona de Estudos no Carnaval: como fugir da folia?


Em muitos lugares do país, os brasileiros já estão em ritmo de Carnaval. Mesmo quem ainda não curtiu os blocos, trios elétricos e outras atividades típicas, a essa altura já está contando as horas para se jogar na folia.

Nos estados em que o Carnaval é um evento de grandes proporções, como Rio de Janeiro, Bahia e São Paulo, por exemplo, as atenções já começam a se voltar para a festa muito antes do feriado oficial. Oficialmente, a maratona da folia termina na terça, ou no máximo, no dia 10, quarta-feira de cinzas. Mas, como tudo é motivo pra festejar, em muitas cidades, a quinta, a sexta, o sábado e o domingo também serão dias de confete, serpentina, fantasia, azaração e muita irreverência.

Ou seja, curtir o Carnaval é ficar cerca de uma semana fora do ar, sem pensar em trabalho, problemas, compromissos, e outras preocupações do dia a dia. Mas, e no caso de quem está se preparando para concursos? Vale a pena mergulhar de cabeça na folia? Dá pra conciliar diversão com estudos? Para mim, o mais recomendável é aproveitar os dias para estudar, principalmente porque os concorrentes, em grande parte, provavelmente não vão fazer isso.

Nutrição | Enfermagem | Farmácia | Psicologia | Fisioterapia | Odontologia Medicina Veterinária Medicina

Naturalmente, quanto mais tempo o candidato tem para a prova, mais ele pode ponderar entre estudar ou ceder à tentação dos blocos e trios. Os inscritos que farão prova nas Residências por exemplo não vão ter muito tempo pra recuperar o tempo perdido com a folia, já que a maioria das provas é no início de março. E como a concorrência é grande (são mais de 20 mil inscritos), abdicar dos estudos nessa reta final pode comprometer todo o esforço feito até agora.

Em preparação para concursos, ficar três ou mais dias parado pode ser fatal. A pessoa sai do ritmo, perde a sequência, fica fora do ar e depois demora a engrenar de novo. Eu recomendo não parar. 

Manter o pique, seria o melhor dos mundos. Mas, pra quem não consegue ver a banda passar sem tirar o pé do chão, o ideal é que, pelo menos, dedique parte do tempo para estudar. É importante não perder o contato com a matéria. Se o candidato já vinha estudando oito horas por dia, que dedique pelo menos umas três horas nesses dias de Carnaval.

Outra dica é priorizar atividades de estudo que sejam menos complexas e exijam menor concentração. Aprender matérias novas ou dedicar-se ao estudo dos tópicos mais difíceis ou que demandem muito tempo de leitura leitura pode ser muito entediante, principalmente pra quem está doido pra cair na folia. Por isso, uma alternativa é dedicar esses dias de Carnaval a fazer resumos, ler provas resolvidas para fixar conceitos e resolver questões dos últimos concursos. 

Nutrição | Enfermagem | Farmácia | Psicologia | Fisioterapia | Odontologia Medicina Veterinária Medicina

Situação mais favorável é a daqueles que não suportam Carnaval. Nesse caso, aproveitar o período para estudar é unir o útil ao agradável. Para eles, a dica é, literalmente, ficar bem longe do agito. Imagine alguém que more em Santa Teresa ou em algum bairro da zona sul do Rio de Janeiro ou na Barra no caso de Salvador? É praticamente impossível se concentrar com tantos blocos, a melhor opção é tentar ir para a casa de um amigo ou parente, bem longe da confusão.

Vale muito a pena o esforço de deixar de lado a folia em nome da preparação. Eu estudei não só no Carnaval, mas também no Ano Novo e no Natal. Chegava a ficar até as 22h nesses dias. E a aprovação veio!

Nutrição | Enfermagem | Farmácia | Psicologia | Fisioterapia | Odontologia Medicina Veterinária Medicina
3348 Publicações - 0 Seguidores

  • 3348 Publicações