71 Publicações -

Marketing Médico: Você faz e nem sabia!

há 2 meses     -     
Marketing Médico: Você faz e nem sabia!

Marketing Médico: Você faz e nem sabia! ?
Os tabus e os mitos sobre o marketing médico 


Olá doutor, tudo bem? 

Eu costumo falar nas minhas palestras e nos cursos de marketing médico que ministro que: Existem algumas coisas em comum que todo médico quer alcançar, entre elas o conhecimento, o reconhecimento e a prosperidade.

Porém, existe uma coisa que todos eles querem evitar: ficar mal falado perante aos colegas especialistas.

Por conta desse medo, a maioria dos médicos evitam estudar ou discutir o marketing médico. Mas isso tem um motivo!

Eu sei que você não ouve muito sobre o Marketing e o pouco que ouve é confuso. Estou certo?  Isso porque o marketing nunca era debatido nas faculdades de medicina, e quando isso acontecia, era para falar pontos negativos sobre ele.

E, provavelmente você ouviu sobre o marketing por outros médicos, mas você já ouviu de um especialista?  Ao longo desses nove anos de carreira em Marketing Médico eu descobri aquilo que os médicos querem e temem. 

Eu sei que existe um medo com ficar mal falado entre os colegas e até mesmo perder o CFM por utilizar estratégias de marketing.  A boa notícia é que fazer o marketing de um consultório médico não precisa ser algo antiético.

Um dos primeiros cases de marketing médico que conheço foi o do sujeito que resolveu colocar uma cadeira confortável na sua sala de espera do consultório em 1927. Todos os colegas o criticaram, pois aquilo seria um gasto desnecessário.

Na época, todos os consultórios tinham bancos desconfortáveis ou o paciente teria que ficar de pé durante horas. Porém, ao melhorar a experiência do paciente, aquilo se tornou uma obrigação de qualquer consultório anos depois.

Com este exemplo, podemos ver que as possibilidades de se fazer marketing vão desde ações tangíveis, como uma cadeira à ações planejadas.

Nosso objetivo aqui é quebrar o tabu e dizer o que é mito e o que é verdade na hora de fazer o marketing do seu consultório. 


O QUE É MARKETING MÉDICO? 
O marketing médico nada mais é que uma série de estratégias para dar visibilidade e aumentar a percepção de valor dos serviços que você oferece. 
Mas por que é um assunto pouco discutido e tão polêmico? 

Existe um código da CFM que impõe limites éticos na publicidade e marketing médico.Esse código é chamado de Manual de Publicidade Médica. Mas ele não proíbe, eu garanto! Inclusive, pode conferir baixando o PDF do Manual de Publicidade Médica

O marketing médico, desde que respeite os limites éticos é permitido e altamente recomendado, vou te dizer o porquê desmistificando os mais famosos mitos: 


MITOS E LENDAS SOBRE O MARKETING MÉDICO
 
Marketing é proibido?
Não! O marketing na medicina não é proibido desde que seja feito com ética. Ninguém vai proibir o especialista de ter um canal nas mídias sociais, ou um site etc.

Tudo é uma questão de linguagem. Se o médico utilizar uma linguagem menos comercial e mais informativa, certamente ele poderá divulgar os seus serviços. Portanto, não hesite em consultar as diretrizes da CFM sempre que tiver dúvida.


Marketing é vendas?
Vendas (ou no caso do médico, a conquista de novos pacientes) é o resultado de um planejamento de marketing mas não é sua essência. Sabemos que nenhum médico se considera um vendedor!

Porém, quantos diagnósticos, protocolos e até mesmo orçamentos, dependendo da especialidade, o médico não faz durante o dia? A essência do marketing médico é fazer com o médico venda uma indicação sem precisar apelar e ser antiético.


Marketing é propaganda? 
Eu sei que provavelmente a primeira associação que você faz ao marketing é a propaganda. A Propaganda é uma das vertentes do marketing, assim como o design, a relações públicas, as vendas, o preço, entre outros.

Mas o marketing não é baseado apenas na propaganda, esta é uma vertente que você pode optar por utilizar ou não de acordo com seus objetivos.


Marketing é enganação?
O marketing do seu consultório só dará certo se cumprir a promessa feita: entregar os melhores resultados (experiência) e gerar satisfação aos pacientes. Lembre-se: não existe marketing bom de produto ruim, portanto, não há mais espaço para charlatões no mercado.

Se prometeu, tem que cumprir! Os pacientes 3.0 têm voz, e eles estão dispostos a falar bem e mal do médico nas mídias sociais e em sites como o Reclame Aqui.


Entenda a essência
A essência do marketing é a excelência no atendimento, desde o momento do atendimento telefônico e a marcação da consulta até o pós-consulta. Então, fazer marketing não é somente fazer propaganda para atrair pacientes, mas sim, se pensar em estratégias para superar suas expectativas e assim, fidelizá-los. 

Atualmente, o desafio de qualquer profissional que faça marketing para um consultório médico é: proporcionar a melhor EXPERIÊNCIA para o paciente.

O maior marketing do seu consultório está no melhor atendimento que você pode oferecer aos seus pacientes aliado a boas ferramentas e veículos de comunicação para divulgar os seus serviços com ética. (Organizei em outro artigo, 5 estratégias de marrketing médico proibídas pelo CFM).

Deixe o medo de lado! 

Estude as regras do CFM e procure conhecer sobre o assunto.

Há dezenas de especialistas em marketing médico que podem lhe ajudar por meio de cursos, palestras, livros ou consultoria.

Abraço Doutor e sucesso na sua carreira.
71 Publicações - 0 Seguidores

  • 71 Publicações