Ministério do Planejamento analisa liberação de Concurso do IBAMA

há 11 meses     -     
Ministério do Planejamento analisa liberação de Concurso do IBAMA
 

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) permanece analisando o pedido de concurso do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para o provimento de 1.529 vagas.
 
Segundo a assessoria de imprensa, foram demandadas 1.529 vagas, sendo 680 para vagas imediatas e 849 que ficarão à disposição das necessidades do órgão ao longo dos três anos seguintes. Mais especificamente, essa últimas, são vagas que poderão completar lacunas pelas aposentadorias futuras e evitar a defasagem no quadro de pessoal. 
 
As 680 oportunidades se dividem entre cargos de analista ambiental (500) e analista administrativo (180). Já as 849 vagas restantes não estão destinadas a cargos específicos, podendo contemplar qualquer tipo de carreira.

Veja aqui como se preparar para o Concurso IBAMA 2018:

 MEDICINA VETERINÁRIA


As carreiras de analista ambiental e analista administrativo do Ibama demandam nível superior. E a remuneração inicial equivale a R$ 7.760,45 para analistas. Nesse valor se inclui o auxílio-alimentação de R$ 458.
Há uma grande perspectiva para que o Ministério do Planejamento libere o concurso do Ibama, diante da ausência de seleções e da demanda de pessoal do Instituto, que só tende a se agravar.
 
Sobre os últimos concursos do Ibama para analista
 
O concurso mais recente para analista ambiental do Ibama teve sua abertura em 2012, anunciando uma quantidade de 108 vagas, sendo 45 para a área de licenciamento ambiental no Distrito Federal, 15 para licenciamento ambiental no Rio de Janeiro, 27 para monitoramento, regulação, controle, fiscalização e auditoria ambiental no Distrito Federal e 21 para gestão, proteção e controle da qualidade ambiental no Distrito Federal. Ao todo, 16.290 candidatos se inscreveram para a seleção.
 
Por sua vez, para analista administrativo, o último concurso ocorreu em 2013, ofertando 61 oportunidades, dispostas da seguinte maneira: Acre (2 vagas), Amapá (2), Amazonas (3), Bahia (1), Distrito Federal (27), Espírito Santo (1), Maranhão (1), Mato Grosso (3), Mato Grosso do Sul (2), Minas Gerais (2), Pará (2), Paraná (2), Piauí (1), Rio Grande do Sul (1), Rondônia (2), Roraima (2), Santa Catarina (2), São Paulo (1), Sergipe (2) e Tocantins (2). O certame contou com um total de 43.533 candidatos.
 
Os dois processos seletivos tiveram a Cespe/UnB como organizadora.
 


30 Publicações - 1 Seguidores

  • 30 Publicações