3348 Publicações -

Ministério do Planejamento aprova mais de mil vagas em concursos públicos federais

há 1 ano     -     
Ministério do Planejamento aprova mais de mil vagas em concursos públicos federais
 

A terceira semana de julho de 2017 pegou de surpresa milhares de brasileiros que estudam para concursos. Apesar das várias especulações sobre a não realização de concursos federais, o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) liberou mais de 1000 (mil) vagas para o quadro de servidores de três órgãos do estado.

As instituições contempladas são a Advocacia-Geral da União (AGU), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e a Agência Brasileira de Inteligência (Abin). O aval para a Abin e MAPA já foram publicados, o da AGU será publicado até a sexta-feira (22) no Diário Oficial da União.

Todos os editais deverão ser publicados, no máximo, até janeiro de 2018, mas como os órgãos enfrentam grande defasagem de pessoal, é grande a probabilidade de que os certames saiam bem antes do prazo total estipulado por lei. Os salários iniciais ficarão entre R$ 4.100 e R$ 15.461.

Concurso AGU
A assessoria de imprensa da AGU confirmou que o Planejamento liberou a abertura de 100 oportunidades, mais cadastro reserva, para postos de níveis médio e superior. O órgão não revelou os cargos, mas divulgou que corre para iniciar os preparativos para a escolha da banca organizadora. Foram solicitadas nove vagas para Médicos no órgão.
 
Concurso MAPA
O sindicato da categoria vinha pressionando o MPDG a autorizar certame para auditor fiscal federal agropecuário. A associação chegou a decretar "greve" na fiscalização no início desta semana e ameaçou que faria nova paralisação na próxima semana. Ao todo, o ministro Dyogo Henrique Oliveira permitiu a contratação de 600 profissionais de Medicina Veterinária, sendo 300 efetivos e 300 em caráter temporário. Confira AQUI maiores informações sobre esse concurso!
 
Concurso Abin
A autorização para a Abin foi de 300 ofertas distribuídas entre as carreiras de agente de inteligência, oficial de inteligência e para oficial técnico de inteligência. A primeira posição exige ensino médio, enquanto as demais necessitam de formação superior com abertura de vagas para graduados em Psicologia. Confira AQUI maiores informações sobre esse concurso.


3348 Publicações - 0 Seguidores

  • 3348 Publicações