Nova escala de Glasgow: 3 pontos cruciais para entender a nova mudança!

há 5 meses     -     
Nova escala de Glasgow: 3 pontos cruciais para entender a nova mudança!
 
Nova escala de Glasgow: 3 pontos cruciais para entender a nova mudança!
 A Escala de Coma de Glasgow é amplamente utilizada por diversos profissionais da saúde, especialmente por aqueles que trabalham no âmbito hospitalar, com o intuito de definir o estado neurológico de pacientes a partir da análise de seu nível de consciência. É uma ferramenta bastante útil para traçarmos prognósticos da vítima e prevenirmos eventuais sequelas.
Em 2018, essa escala sofreu algumas modificações importantes na sua aplicação, com o intuito de que fossem obtidas informações mais precisas sobre o prognóstico do paciente.

Confira, agora, as mudanças que foram realizadas na nova Escala de Coma de Glasgow:



Fonte: https://www.significados.com.br/escala-de-glasgow/ 
 

1. Inclusão da reatividade pupilar nos critérios de avaliação

Na antiga versão da escala, os únicos critérios avaliados eram: abertura ocular, resposta verbal e resposta motora.
Agora, na nova versão, foi incluída a Reatividade Pupilar, ou seja, a reatividade da pupila à luz. Ao contrário dos  outros critérios, este é pontuado de forma decrescente: o pior resultado apresenta a maior pontuação. Assim, teremos a seguinte atribuição:

2 pontos – Nenhuma reatividade em ambas as pupilas
1 ponto – Sem reação em apenas uma das pupilas
0 pontos – Caso as duas pupilas estejam funcionando normalmente

CONFIRA OS PRINCIPAIS CONCURSOS ABERTOS PARA FISIOTERAPEUTAS!


2. Mudança no score total: 1 a 15 pontos

 Na antiga versão da Escala de Coma de Glasgow, a pontuação variava de 3 a 15 pontos.
Agora, na nova versão, a escala varia de 1 a 15 pontos.
Isso acontece porque, na nova aplicação, pontuaremos normalmente todos os outros critérios e, após a nota final, o score da reatividade pupilar será subtraído!
Como assim?
O cálculo do score será feito da seguinte forma:
Escore final = Abertura ocular [1 a 4] + Resposta verbal [1 a 5] + Resposta motora [1 a 6] – Reatividade Pupilar [0 a 2]
Caso todos os critérios estejam normais, teremos um escore de 15 (afinal, as pupilas normais significam 0 pontos a menos!). Entretanto, caso o paciente apresente a menor pontuação em todos os critérios, teremos o escore final de 1!
 

3. Inclusão de “critério não-testável”

 Sabemos que nem todos os pacientes são susceptíveis a serem avaliados da forma como a antiga Escala de Glasgow propõe. Por exemplo: pacientes amputados não necessariamente terão uma avaliação fidedigna da resposta motora; pacientes que apresentam surdez não serão responsivos a comandos verbais; pacientes com algum quadro de afasia não necessariamente conseguirão emitir respostas verbais adequadas.
Considerando essas necessidades tão individuais, além das pontuações nos critérios previamente estabelecidos, podemos agora marcá-los como “NÃO TESTÁVEL” (NT).
 
Abaixo, a Nova Escala de Coma de Glasgow:
 
ESCALA DE COMA DE GLASGOW COM AVALIAÇÃO PUPILAR
(ATUALIZADA EM 2018)
PARÂMETRO RESPOSTA PONTOS
ABERTURA OCULAR Espontâneo
Ao comando verbal
Pressão de abertura dos olhos
Nenhuma
NT
4
3
2
1
NT
RESPOSTA VERBAL Orientado e conversando
Desorientado
Palavras
Sons
Nenhuma
NT
5
4
3
2
1
NT
RESPOSTA MOTORA Ao comando
Localiza dor
Flexão Normal
Flexão Anormal
Extensão
Nenhuma
NT
6
5
4
3
2
1
NT
APÓS REALIZAR ECG DEVE ANALISAR A REAÇÃO PUPILAR
AVALIAÇÃO PUPILAR (P)
INEXISTENTE                    NENHUMA PUPILA REAGE AO ESTÍMULO DE LUZ                                 2
PARCIAL                      APENAS UMA PUPILA REAGE AO ESTÍMULO DE LUZ                                 1
COMPLETA                    AS DUAS PUPILAS REAGEM AO ESTÍMULO DE LUZ                                 0
CALCULAR ECG-P: VALOR DA ECG – (SUBTRAIR) O VALOR AVALIAÇÃO P
PUPILAR = VALOR DA ESCALA À PARTIR DA ATUALIZAÇÃO DE 2018
PONTUAÇÃO MÍNIMA:01                                                                              PONTUAÇÃO MÁXIMA:15
  





































GARANTA SUA APROVAÇÃO COM A SANAR!
Principais concursos abertos em Fisioterapia!


60 Publicações - 3 Seguidores

Sou a Fisioterapeuta Concurseira da Sanar! No meu blog você vai encontrar tudo sobre concursos, residências e sobre a carreira do fisioterapeuta no Brasil! Estamos melhorando aos poucos a sua experiência por aqui!

  • 60 Publicações