3454 Publicações -

O que considerar na hora de escolher uma residência

há 1 ano     -     
O que considerar na hora de escolher uma residência


O QUE LEVAR EM CONSIDERAÇÃO:

1. A Especialização
2. O Local
3. O tipo de processo seletivo
4. A data de início
5. A Taxa de Inscrição

Fim de ano chega e com ele chegam também as diversas oportunidades e vagas abertas para residências multiprofissionais em todo o país. São muitas ofertas e a tendência é que sejam cada vez mais, até pelo fato do Ministério da Saúde ter financiado novas mil vagas para programas desse tipo.

Com tantas oportunidades assim, vale a pena identificar qual o tipo de residência que melhor se encaixa aos seus objetivos e as metas que você busca. É claro que você não precisa, e nem deve, se limitar a escolher apenas uma residência, até porque quanto mais provas você fizer mais preparado vai ficar. Porém, saber a residência ideal para você pode te ajudar a estar preparado para quando o edital sair.

Então confere algumas sugestões do que você deve considerar para escolher o seu programa de residência:
  1. A Especialização:
Esse é o fator mais importante, afinal, é a residência que vai te proporcionar o título de especialização e, como o programa dura 2 anos, é importante estar decidido sobre sua área para que não se perca tempo. Esse processo, normalmente, é iniciado na faculdade, a partir de suas identificações ou áreas de interesse. Conversar com professores, profissionais da área e pessoas que já passaram pela mesma residência são formas eficientes de decidir sua especialização.
 
  1. O Local:
Muitas pessoas preferem optar pelas residências na cidade em que já vivem, mas, muitas vezes, se deslocar para um novo local te permite emergir em uma nova realidade e passar a perceber quais as carências apresentadas na área de saúde no Brasil. Além disso, muitas vezes tentar novos locais te apresenta à novos profissionais e te ajuda a expandir sua rede de contatos.

Médico: Saiba a melhor forma de se preparar para a residência!
Enfermeiro: Saiba a melhor forma de se preparar para a residência!
Dentista: Saiba a melhor forma de se preparar para a residência!
Nutricionista: Saiba a melhor forma de se preparar para a residência!

 
  1. O tipo de processo seletivo:
As residências podem variar muito no método de seleção, elas podem ser:
provas objetivas, discursivas, análise curricular ou entrevista.

Nesse caso, o melhor a se fazer é identificar sua melhor habilidade e em que processo você se sente mais confiante.
Dessa forma, o nervosismo não vai te prejudicar durante o processo.
 
  1. A data de início:
A data do início do programa costuma variar muito pouco, sendo normalmente no começo de março. Porém, esse é um detalhe muito importante para aqueles que dependem da entrega do diploma, pois, apesar de poder fazer a prova, é obrigatório que você esteja formado ao realizar a inscrição. Por tanto, confira todas as datas antes de fazer sua inscrição.

Psicólogo: Saiba a melhor forma de se preparar para a residência!

Farmacêutico: Saiba a melhor forma de se preparar para a residência!

Veterinário: Saiba a melhor forma de se preparar para a residência!

?Fisioterapêuta: Saiba a melhor forma de se preparar para a residência!

 
  1. A Taxa de Inscrição:
Esse é outro fator que pode variar bastante. As taxas podem ir de R$50,00 à R$400,00. E como ninguém tem dinheiro para jogar fora, antes de fazer sua inscrição e investir esses valores, confira se a oportunidade realmente se enquadra nas suas necessidades e objetivos.
 
Ou seja galera, com carreira não se brinca, escolher a residência correta vai fazer todo o diferencial no seu futuro profissional. Analise os editais, colha o máximo de informações e questione todos que puder que de alguma forma estão envolvidos na área! 


3454 Publicações - 0 Seguidores

  • 3454 Publicações