3449 Publicações -

O que faz cada profissional de saúde das Forças Armadas?

há 8 meses     -     
O que faz cada profissional de saúde das Forças Armadas?


Em meio às variadas possibilidades de excelentes empregos públicos, está a chance de integrar um dos Comandos das Forças Armadas - Marinha, Exército ou Aeronáutica. Esses concursos, por inúmeras razões, são bastante almejados pelos profissionais de saúde. Assim, aprofundaremos as atribuições de cada área no Corpo de Saúde dessas carreiras.

1. Carreira do Profissional de Saúde nas Forças Armadas

Em geral, os oficiais do Corpo de Saúde das Forças Armadas desempenham funções de âmbito militar e da sua respectiva especialidade. Médicos, Enfermeiros, Fisioterapeutas, Farmacêuticos, Médicos Veterinários, Dentistas e Psicólogos do Exército, Marinha e Aeronáutica garantem a assistência médico-sanitária nas operações em território nacional e em missões internacionais.

Além disso, os integrantes do Corpo de Saúde também prestam assistência e socorro em caso de acidente ou emergência nas unidades de cada força militar. 

Também cabe aos concursados do Corpo de Saúde das forças militares orientar e coordenar as ações de promoção de saúde e prevenção das doenças junto aos militares e avaliar a aptidão física e psíquica dos integrantes, desde o processo de seleção e em todo período de atividades no Exército, na Marinha e na Aeronáutica.

Os oficiais profissionais de saúde, ao longo da sua carreira exercem também funções de comando, chefia ou de direção de órgãos ou serviços. Numa fase mais avançada, podem ainda desempenhar tarefas administrativas, de docência e de gestão.

1.1. Carreira do Médico

A assistência médico-hospitalar é mantida por diversos recursos e as Organizações de Saúde Militares além de proporcionar perícias médicas para os militares que prestarão o serviço militar obrigatório também proporciona ao ex-combatente assistência médica e hospitalar gratuita, extensiva aos dependentes.

Áreas de Atuação:

-Hospitais
-Policlínicas
-Ambulatórios

Durante a carreira, o oficial médico é continuamente preparado para exercer suas funções operativas (atividade-fim), técnicas e administrativas.

Quanto às atividades técnicas, além do aprendizado do dia a dia, a beira do leito do paciente, os médicos participam de reuniões clínicas, simpósios e dezenas de congressos. Além disso, são oferecidos aos oficiais médicos cursos de aperfeiçoamento, residência médica, especialização, mestrado e doutorado, além da possibilidade da realização de estágios no país ou no exterior.

Nos últimos anos, mesmo com as restrições orçamentárias, as Forças Armadas têm apoiado continuamente as atividades de saúde, seja na aquisição de equipamentos de última geração bem como na qualificação de seus oficiais médicos.

Confira como se preparar para ser Médico das Forças Armadas!

1.2. Carreira do Médico Veterinário

O Médico Veterinário militar irá atuar nas vertentes de proteção à água e aos alimentos (controle de qualidade e inspeção de alimentos), saúde pública e biossegurança dos quartéis e das operações militares e saúde animal (clínica e cirurgia de caninos e equinos).

A área de atuação depende de vários fatores como a organização militar em que se trabalha (principal fator), a aptidão do militar, as prioridades do comandante, etc.

Há ainda quartéis em que os trabalhos do médico veterinário podem envolver animais silvestres (zoológicos), pesquisa e inovação, controle e planejamento de atividades, entre outras.
 
Fazem parte das atribuições do Médico Veterinário das Forças Armadas garantir a proteção da água e alimentos nos seguintes casos:

-Programa de Auditoria em Segurança Alimentar
-Laboratórios de Inspeção
-Proteção em operações militares (missões externas de controle)
-Inspeções de recebimento e armazenamento de suprimentos
-Tratamento e Armazenamento da água
-Controle da Qualidade da água
-Adequação dos ambientes
-Saúde dos manipuladores/cozinheiros
-Controle de zoonoses (doenças transmitidas por carrapatos, insetos, animais sinantrópicos e animais domésticos).
-Missões de paz (Exemplo Angola)
-Saúde Animal (cães militares de trabalho; cães de guerra) = bem-estar do animal, reprodução e clínica.
-Defesa Biológica (sistema de defesa química, biológica e nuclear).
-Proteção Ambiental (manejo de resíduos)
-Reprodução e Melhoramento genético de equinos
-Ações Sociais

Confira como se preparar para ser Médico Veterinário das Forças Armadas!

1.3. Carreira do Dentista 

A assistência dada pela Odontologia Militar é abrangente aos militares da ativa e da reserva, estendendo-se aos seus familiares dependentes. 

As Forças Armadas do Brasil têm qualificação de pessoal e material suficiente para executar todas as áreas de atuação odontológica, seja nas Odontoclínicas (em casos de acompanhamento), nos Hospitais (casos mais graves e específicos) e até mesmo nas unidades operacionais.

Ao contrário do que muitos profissionais de saúde bucal pensam, os tratamentos odontológicos dispensados aos militares são os mesmos adotados com os civis. Não existe qualquer diferenciação de cuidados. O que muda é a orientação e promoção de saúde, prevenção das principais doenças bucais, ações curativas.

O cirurgião-dentista que é militar deve cumprir com suas missões de tal cunho, defendendo o seu país e promovendo saúde por onde quer que esteja exercendo suas funções.

Vale sempre lembrar que o atendimento odontológico eficaz pode influenciar no desempenho físico dos soldados. Os cuidados ideais buscam, por exemplo, evitar manifestações sistêmicas, como febre, infecções e inflamações de outras regiões do corpo devido aos focos infecciosos em algum órgão dentário.

Confira como se preparar para ser Dentista das Forças Armadas!

1.4. Carreira do Enfermeiro

O Enfermeiro nas Forças Armadas exerce exatamente as mesmas atribuições assistenciais e burocráticas de um enfermeiro civil em qualquer hospital, além das atividades militares previstas (formaturas, atividades burocráticas militares, dentre outras).

Deste modo, os Enfermeiros Militares são auxiliares dos encarregados das enfermarias e serviços clinicos, a que estão directamente subordinados, cabendo-lhes a observância ininterrupta das ordens relativas ao tratamento dos doentes, sua higiene e disciplina da enfermaria.

Confira como se preparar para ser Enfermeiro das Forças Armadas!

1.5. Carreira do Fisioterapeuta

Este oficial realiza consultas, avaliações e reavaliações do paciente militar coletando dados, solicitando, executando e interpretando exames propedêuticos e complementares, visando elaborar o diagnóstico cinético-funcional para eleger e quantificar as intervenções e condutas fisioterapêuticas, objetivando tratar as disfunções no campo da Fisioterapia em toda a sua extensão e complexidade, estabelecendo prognóstico, reavaliando condutas e decidindo pela alta fisioterapêutica.

Dentre as áreas de atuação do Fisioterapeuta Militar, pode-se destacar:

-Saúde Preventiva (relaxamento muscular, exercícios respiratórios e alongamento).

-Fisioterapia Desportiva (avaliações funcionais periódicas para verificar o condicionamento físico dos soldados)

-Ortopedia e Traumatologia (Reabilitação de militares que foram submetidos a traumas e cirurgias)

Confira como se preparar para ser Fisioterapeuta das Forças Armadas!

1.6. Carreira do Psicólogo

A função de um psicólogo depende de sua especialidade. Psicólogos militares podem ser oficiais comissionados, trabalhando como psicólogos no exército ou psicólogos civis que prestam serviços de saúde mental para o sistema hospitalar militar.

Os Psicólogos das Forças Armadas podem trabalhar em clínicas de Psicologia, campos de pesquisas e Operações Psicológicas.

Psicólogos clínicos que servem na ativa ou na reserva e nas unidades da Guarda Nacional possuem as mesmas funções que psicólogos clínicos em carreiras civis: fornecer serviços imparciais de saúde mental para pacientes em uma tentativa de melhorar a vida e o funcionamento do paciente.

Dentre as atividades dos Psicólogos Militares, podemos destacar o aconselhamento geral, o desenvolvimento de Terapia Comportamental e gestão ou regulação emocional (controle da raiva ou estresse).

É importante destacar que as bases militares grandes possuem clínicas de saúde mental separadas para o pessoal militar e seus dependentes civis.

No exterior, o psicólogo militar deve monitorar soldados para controlar problemas de saúde mental no esforço de manter todas as unidades seguras. Problemas de saúde mental podem ser tão simples quanto depressão, ansiedade ou estresse, ou complexos como desordem de estresse pós-traumático. 

As funções preventivas, Psicólogos militares, assim como outros envolvidos no planejamento e manutenção da saúde e estabilidade de um militar tomam algumas medidas para evitar que questões psicológicas se tornem problemas.

As Operações Psicológicas ocorre através de uma parceria com a inteligência militar para determinar o modo mais efetivo de manipular situações, como através do uso de operações psicológicas. Por exemplo, usando fraudes com inimigos ou cidadãos estrangeiros, ou com o uso eficaz de propagandas. 

Confira como se preparar para ser Psicólogo das Forças Armadas!

1.7. Carreira do Farmacêutico

Os Farmacêuticos Militares atuam na Farmácia Hospitalar ou na Indústria Farmacêutica Militar.

Dentre as suas atribuições, podemos destacar 

- Dispensação ambulatorial (distribuição e manipulação de medicamentos para os soldados)
-Desinfestação ambiental
-Material de intendência
-Operações militares (acompanhamento das tropas)
-Ações de defesa civil e saúde pública (assistência em calamidades públicas)
-Laudos técnicos (análise de medicamentos)
-Análise da água consumida
-Ação Hospitalar (nutrição parental e farmácia clínica)

Confira como se preparar para ser Farmacêutico das Forças Armadas!

1.8. Carreira do Nutricionista

O oficial Nutricionista é o profissional de saúde que desenvolve competências e responsabilidades voltadas à promoção da sadia qualidade de vida, valorizando as medidas necessárias para uma alimentação adequada e saudável para os soldados.

Nas Forças Armadas, os Nutricionistas desenvolvem práticas voltadas à:

-Nutrição Clínica (acompanhamento da deita individual dos oficias e seus dependentes)
-Saúde Coletiva (planejamento do cardápio diário das unidades militares, garantindo a segurança alimentar).
-Nutrição Hospitalar (planejamento da dieta alimentar de cada paciente oficial e seu panorama geral de fornecimento)

Confira como se preparar para ser Nutricionista das Forças Armadas!

+ Veja o edital publicado de um dos certames mais recentes: CONCURSO DA MARINHA 2017

Quer saber mais sobre as Forças Armadas? Acesse os outros conteúdos dessa série:
Artigo 1: 10 motivos para estar nas Forças Armadas e como se preparar.
Artigo 2: O que faz cada profissional de saúde das Forças Armadas?

Artigo 3: Plano salarial das Forças Armadas e próximos concursos.
3449 Publicações - 0 Seguidores

  • 3449 Publicações