O que faz o Fisioterapeuta na Marinha?

há 3 meses     -     
O que faz o Fisioterapeuta na Marinha?


Se você é concurseiro já deve ter pensado em se tornar um Fisioterapeuta da Marinha do Brasil, não é mesmo? As vagas para prestar Serviço Militar Voluntário (SMV) temporário como Oficial de 2ª Classe da Marinha (RM2) são sempre concorridas. Entre outros motivos, a remuneração inicial de R$ 6.993,00 para os voluntários selecionados que ingressarão no Corpo Ativo da Marinha como Guardas Navais (RM2) chama a atenção.

Entretanto, apesar do grande interesse, ainda existem muitas dúvidas sobre o papel do Fisioterapeuta na Marinha do Brasil. Pensando nisso, seguem algumas informações que vão esclarecer você na hora de tomar a decisão sobre o concurso dos seus sonhos.

O oficial realiza consultas, avaliações e reavaliações do paciente militar coletando dados, solicitando, executando e interpretando exames propedêuticos e complementares, visando elaborar o diagnóstico cinético-funcional para eleger e quantificar as intervenções e condutas fisioterapêuticas, objetivando tratar as disfunções no campo da Fisioterapia em toda a sua extensão e complexidade, estabelecendo prognóstico, reavaliando condutas e decidindo pela alta fisioterapêutica.

Dentre as áreas de atuação do Fisioterapeuta Militar, pode-se destacar:

  • Saúde Preventiva (relaxamento muscular, exercícios respiratórios e alongamento);
  • Fisioterapia Desportiva (avaliações funcionais periódicas para verificar o condicionamento físico dos soldados);
  • Ortopedia e Traumatologia (Reabilitação de militares que foram submetidos a traumas e cirurgias).

ETAPAS DO CONCURSO DA MARINHA

O último edital divulgado contou com seis etapas de processo seletivo para as vagas. São elas:

1ª Etapa: Prova Objetiva (PO): Com duração máxima de 03 (três) horas, e de caráter eliminatório e classificatório. O exame foi comporto por 50 questões de múltipla escolha divididas de acordo com a área de atuação. A prova é composta de 25 questões de Língua Portuguesa e 25 de Formação Militar/Naval;

2ª Etapa: Verificação de Dados Biográficos (VDB) e Verificação Documental (VD) – caráter eliminatório;

3ª Etapa: Inspeção de Saúde (IS) – eliminatória;

4ª Etapa: Prova de Títulos (PT) - classificatória;

5ª Etapa: Designação à incorporação; e

6ª Etapa: Incorporação.



 
51 Publicações - 2 Seguidores

Sou a Fisioterapeuta Concurseira da Sanar! No meu blog você vai encontrar tudo sobre concursos, residências e sobre a carreira do fisioterapeuta no Brasil! Estamos melhorando aos poucos a sua experiência por aqui!

  • 51 Publicações