3561 Publicações -

Porque atletas precisam de um Nutricionista

há 2 anos     -     
Porque atletas precisam de um Nutricionista


O nutricionista é o profissional responsável pelo estudo dos alimentos e sua interação com os processos metabólicos em nível individual e coletivo, levando em consideração as diferentes necessidades corporais de cada pessoa.

No caso de um(a) atleta que busca alto rendimento, a assistência de nutricionista é extremante importante, pois o seu dia-a-dia envolve treinos intensivos, deslocamentos constantes, além de outros afazeres desgastantes. Isso tudo, muitas vezes, sem o tempo ideal para repouso.

Diante disso, o cuidado com a alimentação torna-se mais que importante: é, na prática, absolutamente fundamental para o sucesso nas competições.

“O dia-a-dia de um atleta de alto rendimento, não é fácil: volume e intensidade de treino, descanso muitas vezes limitado, viagens, distância da família, sem falar nas restrições alimentares, por exemplo nas categorias de peso e ginastas”, afirma Graziela Beduschi, nutricionista e conselheira do Conselho Regional de Nutricionistas da Oitava Região (CRN-8).

Segunda ela, o atleta tem grande necessidade de receber energia adequada, tanto de macro como de micronutrientes, e aí está a importância do nutricionista. “É um profissional que tem competência para prescrever planos alimentares capazes de conciliar energia para treino, recuperação e evolução nas diferentes modalidades esportivas, periodização dos treinos, período de competições e viagens”, explica.

Graziela compreende que o nutricionista, profissional competente e respeitoso com seu código de ética, é presença essencial na equipe multidisciplinar que acompanha os atletas, principalmente os olímpicos, pois é responsável pelo planejamento da nutrição esportiva.

Ele identifica o perfil do atleta, monitora sua composição corporal e estabelece uma rotina que acompanhe as necessidades pessoais. “O nutricionista cuida do cardápio diário para treinos e competições, das refeições prévias às competições, plano de hidratação, aporte proteico específico, reposição de eletrólitos e carboidratos. Sabe como repor carboidratos, água e eletrólitos, em jogos exaustivos como vôlei, tênis, basquete, futebol, triatlo, pentatlo, entre outros. E esta é uma ótima oportunidade para promovermos nossa profissão e mostrarmos nosso valor”, diz e salienta que em competições como as Olimpíadas, a orientação do nutricionista é fundamental, pois o atleta deve estar focado, concentrado, sem tempo pra pensar nas escolhas alimentares.

Ganhando em performance:

A alimentação está intimamente relacionada à geração de energia e também à recuperação, juntamente com os treinos e o descanso. E na preparação para as Olimpíadas do Rio, foram necessários muitos cuidados para os atletas que irão competir em casa.

Henrique Rodrigues, vencedor de duas medalhas de ouro no Pan de Toronto e atleta da Seleção Brasileira de Natação, faz acompanhamento nutricional desde os 15 anos, com uma dieta voltada para manter sua forma física. “O trabalho de nutrição me trouxe vários benefícios, como ganho de performance e total controle sobre meu corpo”, conta.

A nutricionista que acompanha Henrique, Yana Glaser, afirma que é essencial acompanhar todas as etapas da preparação, de forma a que a alimentação e a suplementação estejam adequadas ao atleta. “Para cada fase do treinamento mudamos a dieta; acompanhamos a evolução com a bioimpedância e dobras cutâneas. Tudo pensando na prova alvo”, explica.

Yana ainda ressalta que um bom desempenho não vem apenas de treinos, mas também de cuidados com a nutrição. ”Vai ajudar na recuperação, na disposição, na imunidade. Não adianta só o atleta treinar, se ele não cuidar do seu ‘instrumento de trabalho’. Esse cuidado evita riscos de lesão, queda no sistema imunológico e redução de massa muscular”.

Fazendo a diferença:

A jovem Morgana Gmach, que também ganhou dois ouros no Pan de Toronto, e é atleta pela Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica, conta que ter sua rotina acompanhada por uma nutricionista faz toda a diferença, pois conta com alimentos saudáveis e adequados ao seu metabolismo. “Os treinamentos são muito intensos, então, para ter um ótimo rendimento, eu tenho que ter uma ótima alimentação, a nutricionista da seleção nos acompanha direto. Ajuda a estarmos com os músculos, articulações, ossos, preparados pra carga pesada de treino”, conta.
3561 Publicações - 0 Seguidores

  • 3561 Publicações