3442 Publicações -

Questão UFG 2013 - Resolução Comentada

há 1 ano     -     
Questão UFG 2013 - Resolução Comentada

QUESTÃO

(UFG 2013 – Acesso Direto) Paciente dá entrada em unidade de emergência com história de trauma abdominal há cerca de duas horas. Ao exame físico, apresenta torpor e reage com dor à palpação abdominal profunda difusamente. Apresenta pressão arterial em 100/60-mmHg e frequência cardíaca em 110 bpm. Qual exame complementar é mais adequado para esse paciente?
(A) Ressonância nuclear magnética de abdômen.
(B) Tomografia computadorizada de abdômen.
(C) Ultrassonografia portátil de abdômen.
(D) Cintilografia com pesquisa de hemácias marcadas de abdômen.
RESOLUÇÃO COMENTADA

Durante o atendimento inicial do paciente vítima de trauma, deve-se priorizar avaliar e tratar aquilo que mata primeiro. No caso, temos um paciente que está taquicardico e hipotenso após ter sofrido um traumatismo abdominal. Temos então que identificar de forma rápida se há uma hemorragia abdominal causando choque hemorrágico. De acordo com o ATLS, qualquer doente que tenha sofrido traumatismo fechado no tronco, seja por impacto direto, seja por desaceleração brusca, ou que tenha sido vítima de ferimentos penetrantes no tronco, deve
ser considerado portador de lesão vascular, de víscera abdominal ou pélvica até prova em contrário. Em doentes
com alterações hemodinâmicas, uma rápida avaliação complementar é necessária; isso pode ser feito com LPD (Lavagem Peritoneal Diagnóstica) ou FAST (Avaliação Ultrassonográfica Direcionada para Trauma). O FAST é um dos dois exames diagnósticos mais rápidos utilizados para identificar hemorragia. O ultrassom fornece um meio
rápido, não invasivo, preciso e barato para diagnosticar o hemoperitônio. 

Resposta: Letra C

Quer aprender mais sobre Urgências e Emergências? Porquê não dá uma olhada no nosso Minicurso GRATUITO?

Referências
1. Felice, Cinthia Duarte, et al. "Choque: diagnóstico e tratamento na emergência." Revista da AMRIGS 55.2 (2011): 179-196.
2. ATLS, Subcommittee, and International ATLS working group. "Advanced trauma life support (ATLS®): the ninth edition." 
The journal of trauma and acute care surgery 74.5 (2013): 1363.
 


3442 Publicações - 0 Seguidores

  • 3442 Publicações