3448 Publicações -

[QUESTÕES DE ENFERMAGEM] Uso de drogas vasoativas no choque

há 2 anos     -     
[QUESTÕES DE ENFERMAGEM] Uso de drogas vasoativas no choque


[Essa é mais uma série semanal oferecida pela Enfermeira Concurseira,, sobre Casos clínicos em Enfermagem. Toda semana postaremos um novo caso para estudo!]

O Concurso de Oficiais do Quadro Complementar (CFO/QC) para Enfermeiro do exército, trouxe, em 2015, entre uma de suas questões, uma pergunta a respeito do uso das drogas vasoativas no choque. Vamos discutir um pouquinho sobre isso?

O choque é uma síndrome caracterizada pela incapacidade do sistema circulatório de fornecer oxigênio aos tecidos, levando à disfunção orgânica. Durante o seu tratamento, são utilizados medicamentos que têm a função de reverter os achados clínicos característicos dessa patologia, sobretudo o da hipotensão arterial sistêmica.

Para a assistência de enfermagem inicial ao paciente com choque, considerar o mnemônico MOV!

Monitorização – instalação do monitor multiparamétrico, com a colocada dos 5 eletrodos no tórax do paciente para a avaliação do ritmo cardíaco, além da oximetria de pulso e da pressão arterial através do manguito da Pressão Arterial Não-Invasiva (PNI).

Oxigênio – instalação de dispositivo de oxigenoterapia segundo a necessidade do paciente (cateter tipo óculos/ máscara com reservatório à 100%/ máscara de Venturi/ intubação orotraqueal.

Veia- punção de dois acessos venosos calibrosos para a administração intravenosa de soluções e medicamentos.

Entre as drogas vasoativas (melhoram a pressão arterial, a força de contração e a frequência cardíaca, basicamente) mais utilizadas no quadro de choque estão:

- Noradrenalina (norepinefrina): Dose: 0,05- 2,0 µg/kg/min. Diluição: 1 ampola = 4 mg/4 ml; 4 ampolas + 250 ml (SG 5%). Concentração: 60 µg/ml.
- Dopamina: Dose: 5- 20µg/kg/min. Diluição: 1 ampola = 50 mg/ml; 5 ampolas + 200 ml (SG 5%). Concentração: 1.000 µg/ml
- Dobutamina: Dose: 2-30 µg/kg/min. Diluição: 1 ampola = 250 mg/20 ml; 4 ampolas + 170 ml (SG 5%). Concentração: 4.000 µg/ml.
- Vasopressina: Dose: 0,01-0,03 U/min (0,6 a 1,8 U/hora). Diluição: 1 ampola de 20 unidades, SG 5%: 200 ml. Concentração: 0,1 U/ml.

Referência utilizada: MARTINS, H.S. et. al. Emergências Clínicas: abordagem prática. Editora Manole Ltda, 8ª ed., 2013.

Até a próxima semana com mais dicas da Enfermeira Concurseira!
3448 Publicações - 0 Seguidores

  • 3448 Publicações