3345 Publicações -

Redes Sociais X Concentração nos estudos

há 1 ano     -     
Redes Sociais X Concentração nos estudos


Os concurseiros, e praticamente todas as outras pessoas com acesso constante à internet e são usuários de redes sociais, passam por um problema: o baixo rendimento nos estudos devido a esses aparelhos móveis. Esse é um problema real de nossos tempos. 

E aí que entram as redes sociais. As redes sociais são poderosos sites que conectam pessoas e suas ideias, experiências de vida, problemas e soluções. Como não se perder no mar de informações e conteúdo interessante das redes, não é mesmo?

A verdade é que o problema real não está na rede social e no seu smartphone ou na internet, mas na sua incapacidade de lidar com eles de maneira saudável. Se você está deixando essas ferramentas entrarem no caminho do seu progresso nos estudos, chegou a hora de rever seus hábitos em relação a essas mídias.

Para fazer você refletir sobre esses hábitos digitais, vamos começar uma lista de passos bem objetivos.
 
  • A fase do conhecimento: O que estudar significa para mim?

Você precisa saber a razão da sua dedicação aos estudos. Anote em um papel porque você quer estudar e o que você vai colher de frutos desse esforço.

Busque motivos realmente significativos e reais. Evite palavras vazias como “dinheiro”. Vá mais fundo nesse seu sonho. O que vai acontecer se você passar? Como você vai se sentir?

Esse simples exercício fará você enxergar os estudos não como uma tortura que você tem que passar, mas como um passo em direção aos seus motivos.
 
  • A fase da aceitação: Não tem como fazer tudo ao mesmo tempo

Quando entramos no computador, queremos ler nossos e-mails, ver notificações nas redes sociais, responder nossos amigos, estudar e pesquisar sobre algo que nos incomoda… Tudo ao mesmo tempo. O resultado disso são várias abas abertas no seu navegador e quase nada feito no fim do dia.

Mas não é assim que estudar para concursos funciona. Estudar exige concentração. E concentração é sua capacidade de se desligar de todo o resto que está acontecendo a sua volta e focar apenas naquilo que você precisa aprender.

Então, não tem jeito! Você precisa aplicar formas mais eficazes de estudar, que não envolva abrir milhares de abas no computador. É por isso que ter estratégias de estudo faz muita diferença para qualquer concurseiro. Faça um esforço para não estudar de qualquer jeito.
 
  • A fase da conquista: Supere aquele medo que está perdendo algo

A ideia de que você precisa saber e fazer parte do que está acontecendo nas suas redes o quanto antes gera ansiedade e você se sente tentado a “dar uma olhadinha” no Instagram, por exemplo.

E aí a solução é entender que as notificações não vão sumir. As fotos vão continuar lá, tal como os comentários e tudo o mais. Além disso, pode ser eficaz criar tanto a intenção de não entrar quando bater essa ansiedade quanto dificultar que você entre nas redes.

É por isso que colocar seu celular no modo avião, deletar alguns aplicativos por um tempo do seu celular ou diminuir as notificações deles, pode fazer diferença. Cada pessoa tem uma necessidade, mas se você se vê checando demais para ver a luz do seu celular vai piscar, talvez seja uma boa ideia deletar mesmo os aplicativos, pelo menos por um tempo.
 
  • A fase da ação: Explore seu estado de flow

O estado de flow, ou de fluidez, é o estado mais avançado de concentração e foco

Você provavelmente já experimentou este estado. Lembra quando você fez algo e depois pensou: uau, nem vi o tempo passar! É porque você estava realmente focado em cumprir a tarefa. Flow é basicamente um estado meditativo, de alta consciência. 

Entrar nesse estado durante os estudos seria ótimo, não é mesmo? Você estuda com mais satisfação, consegue cumprir mais rapidamente o que deveria e não se distrai.


Para isso, siga esses mandamentos:
 
  1. Estude em local confortável, com uma boa cadeira e em uma temperatura agradável. Lembre-se que desconforto é pode ser uma distração.
  2. Respire profundamente por 3 vezes antes de começar para que sua mente preste atenção em cada inspiração e expiração.
  3. Esqueça as redes sociais nesse momento e aumente sua consciência sobre o seu agora.
  4. Comece devagar, em apenas uma coisa que você quer estudar naquele momento.
  5. Fique alerta, consciente da sua vontade de se distrair. Sempre que perceber que está desatento, respire e volte para a ação de estudar.
  6. Aprecie o que você está estudando. Encontre o aspecto interessante do assunto. Em geral, são conhecimentos que realmente valem a pena você conhecer enquanto cidadão, além de concurseiro, não é mesmo?
  7. Estude de maneira ativa. Faça mapas, comentários, vocalize, desenha, crie resumos, explique.
  8. Termine o que você começou. Evite parar no meio para fazer outra coisa. Vá até o fim do seu objetivo de estudo para aquele momento.


CONCLUINDO:

As redes sociais e seu smartphone podem ser grandes aliados na sua busca por mais autoconhecimento, serviços e produtos que vão ajudar você a estudar melhor.
O grande problema acontece quando permitimos que as mídias e ferramentas tecnológicas governem nossas ações e atrapalhem nossos objetivos.


Veja também:  

Para quem tem problema de concentração
3345 Publicações - 0 Seguidores

  • 3345 Publicações