Saiba tudo sobre a seleção de Residência Médica do SES-DF

há 9 meses     -     
Saiba tudo sobre a seleção de Residência Médica do SES-DF


Chegamos à metade do ano de 2018, o que significa que estamos mais próximos da tão temida prova de residência… Mas, calma, ainda há tempo!
Vamos aproveitar então para conhecer um pouco melhor o processo seletivo de uma das instituições mais concorridas: A Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES-DF). 

Para escrever esse conteúdo, vamos nos basear no edital lançado em 2017. 

Começando pelo cronograma:

  • DIVULGAÇÃO DO EDITAL: 09 de outubro de 2017
  • PERÍODO DE INSCRIÇÕES: 22 de outubro até 10 de novembro de 2017
  • PRIMEIRA FASE - PROVA OBJETIVA: 03 de dezembro de 2018
  • RESULTADO: 05 de janeiro de 2018


Agora, vamos aos detalhes do edital SES-DF 2018, enquanto o documento de 2019 não é divulgado
 

1. Programa e número de vagas:

O objetivo do Programa de Residência Médica promovido pela SES-DF é formar profissionais que, futuramente, atuarão no SUS. 
Se o Sistema Único não faz parte do seu plano de carreira, tudo bem. O seu objetivo, afinal, é estar apto a atuar e construir soluções em qualquer cenário.

A Escola Superior de Ciências de Saúde (ESCS) é responspavel por tocar o processo seletivo.
Porém, é a SES-DF que se responsabiliza pelo projeto pedagógico, justamente por ser gestora do SUS no Distrito Federal. 

Vamos à lista das Instituições que podem ser cenários dos seus estudos:
O SES-DF oferece 22 especialidades médicas de acesso direto.
Em sua maioria, as especializações duram 02 ou 03 anos. Exceto por Neurocirurgia, que demanda 05 anos. 

Ao que parece, os jovens médicos não se intimidam com a formação mais demorada e Neurocirurgia foi a área mais concorrida.
Na sequência, tivemos Otorrinolaringologia com 38 candidatos disputando cada uma das 02 vagas ofertadas.

Clínica Médica, no entanto, foi a especialidade mais procurada: 378 candidatos disputavam suas 68 vagas. 

Vamos dar uma olhada no número de vagas e candidatos inscritos em cada uma das especialidade ofertadas em 2017:
 

ESPECIALIDADE - ACESSO DIRETO

DURAÇÃO

VAGAS

CANDIDATOS INSCRITOS

CANDIDATO / VAGA DE 
AMPLA CONCORRÊNCIA 
Acumpuntura 02 anos 02 vagas 08 4

Anestesiologia

03 anos

20 vagas + 02 vagas bloqueadas para Serviço Militar

274

13,7

Cirurgia Geral

02 anos 35 vagas + 06 vagas bloqueadas para Serviço Militar

344

9,82

Clínica Médica

02 anos

68 vagas + 02 vagas bloqueadas para Serviço Militar

379

5,57

Dermatologia

03 anos

04 vagas

105

26,25

Genética Médica

03 anos

02 vagas

08

4

Infectologia

03 anos

02 vagas

12

6

Medicina de Família e Comunidade

02 anos

22 vagas + 02 vagas bloqueadas para Serviço Militar

33

1,5

Medicina do Trabalho

02 anos

01 vaga + 01 vaga bloqueada para Serviço Militar

7

7

Neurocirurgia

05 anos

01 vagas + 02 vagas bloqueadas para Serviço Militar

43

43

Neurologia

03 anos

05 vagas + 1 vaga reservada para Serviço Militar

77

15,4

Obstetrícia e Ginecologia

03 anos

30 vagas

217

7,23

Oftalmologia

03 anos

06 vagas

134

22,33

Ortopedia e Traumatologia

03 anos

23 vagas + 03 vagas bloqueadas para Serviço Militar

163

7,08

Otorrinolaringologia

03 anos

02 vagas

76

38

Patologia

03 anos

03 vagas

14

4,66

Pediatria

02 anos

52 vagas + 02 vagas bloqueadas para Serviço Militar

301

5,78

Psiquiatria

03 anos

10 vagas

97

9,7

Radiologia e Diagnóstico por Imagem

03 anos

08 vagas

109

13,625

Medicina de Emergência

03 anos

06 vagas

12

2

Medicina Física e Reabilitação

03 anos

02 vagas

07

3,5


2. Inscrições:

Você não precisa estar formado para se candidatar a uma vaga. No entanto, precisa compravar que, até a data da matrícula no programa, você já terá concluído a graduação.
Pessoas que fizeram faculdade fora do Brasil também podem se inscrever, desde que tenham feito a revalidação do diploma. 

 

A taxa de inscrição no ano passado foi de 246 reais. 

O candidato pode mudar a sua opção de residência até o término das inscrições. Então, mesmo que você faça a inscrição no 1º dia, ainda terá algumas semanas de oportunidade para mudar de escolha - para alegria e tortura dos indecisos...

 
 

3. Processo Seletivo:

A ESCS-DF repassou ao Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES) a obrigação de executar o processo seletivo.
O Instituto resolveu que a seleção aconteceria em duas fases. 

A primeira fase era composta de duas etapas: Prova Objetiva,  eliminatória e classificatória, e Avaliação de Currículo, de caráter classificatório. 

A segunda fase foi definida de acordo com  a especialidade e com a unidade de saúde escolhida pelo candidato. 
 

Em 2017, o candidato pôde requerer a pontuação adicional de 10% na nota final do processo seletivo no caso de ter participado por um ano nas atividades da PROVAB. 
Isso tudo para as especialidade de acesso direito, ok? Em breve, faremos um material dedicado ao pessoal de R3! 


E agora?

Bom, agora que você sabe um pouco mais sobre a seleção, só resta passar, né? :)
Nao é fácil, claro. Mas, com a Editora Sanar #VemQueDá! 

Traremos mais dicas até a prova, então continue nos acompanhando. 

Enquanto os novos artigos não chegam, que tal assistir o minicurso que preparamos para você ser aprovado?
Clica no banner aqui embaixo e aproveite! 

67 Publicações - 0 Seguidores

  • 67 Publicações