4276 Publicações -

Saiba tudo sobre a Residência da SESAB!

há 1 mês     -     
Saiba tudo sobre a Residência da SESAB!


A
Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB) lança todos os anos edital unificado com mais de 200 vagas para os programas de Residência em Saúde nas modalidades Uni e Multiprofissional

 

O processo seletivo é realizado sob a responsabilidade da Comissão Estadual de Residência Multiprofissional em Saúde e em Área Profissional de Saúde (CEREMAPS) em parceria com as Comissões de Residência Multiprofissional (COREMU’s), com os Coordenadores dos Programas de Residência em Área Profissional de Saúde (Uniprofissional e Multiprofissional) e teve, nos últimos anos, a consultoria técnica da Fundação CEFETBAHIA.

 

Reunimos neste artigo todas informações que você precisa saber sobre a Residência SESAB. Aqui você vai encontrar:

 
  1. Por que fazer a Residência da SESAB?
  2. Previsão de vagas da Residência SESAB 2020
  3. Sobre a Residência SESAB 2019
  4. Como estudar para a Residência da SESAB?
  5. Questões Comentadas sobre Conhecimentos Gerais em Saúde
 
1. Por que fazer a Residência da SESAB?
 

Para quem é da área da Saúde e mora na Bahia, ou gostaria de morar no estado, não há oportunidade melhor do que os Programas de Residência da SESAB

 

Os Programas ofertados pela SESAB seguem as diretrizes instituídas pela Lei nº 11.129/2005, a qual define Residência Multiprofissional em Saúde e em Área Profissional de Saúde como ensino de pós-graduação lato sensu, caracterizado por ensino em serviço e destinado às profissões que se integram a área de saúde, excetuada a médica. 

 

As vagas ofertadas pela SESAB se distribuem em em diversos programas, contemplando todas as áreas da saúde, entre elas: Educação Física, Enfermagem, Odontologia, Serviço Social, Nutrição, Fisioterapia, Psicologia, Farmácia, Fonoaudiologia, Medicina Veterinária, Terapia Ocupacional e Bacharelado em Saúde Coletiva. Os eixos temáticos contemplarão atividades práticas e teórico-práticas que serão desenvolvidas de acordo com o Projeto Pedagógico de cada Programa.

 

Nos últimos anos, a SESAB reuniu em seu edital unificado mais de 200 vagas para Programas em Residências nas modalidades Uni e Multiprofissional. São muitas oportunidades para passar e garantir sua qualificação profissional!

 

Os programas oferecem bolsa mensal de R$3.330,43 e são desenvolvidos no período de dois anos (24 meses), com exceção do programa de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial que será desenvolvido no período de três anos (36 meses). Ressalte-se que todos os programas serão desenvolvidos em regime de dedicação exclusiva, com carga horária semanal de 60 (sessenta) horas.

 

Os programas são distribuídas em unidades de ensino e instituições por todo o Estado. Há oportunidades oferecidas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Faculdade Adventista da Bahia/FADBA, Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Universidade Salvador (UNIFACS), Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública/EBMSP, Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), Escola Estadual de Saúde Pública/HGRS/SESAB e mais!

  
2. Previsão para a Residência SESAB 2020
 

Nos últimos anos, foram cerca de 220 a 244 vagas distribuídas em 20 a 22 programas, contemplando 12 profissões da saúde. 

 

Para 2020, esses números devem se repetir, já que no caso dos Programas de Residência, as vagas costumam manter-se constantes, sem variações abruptas.

 

O edital deve sair ainda em Outubro, as inscrições deverão abrir ao final desse mês, estendendo-se até início de dezembro, e as provas deverão ocorrer apenas em janeiro de 2020.

 

3. Sobre a Residência SESAB 2019

 

Ano passado, a banca realizadora do processo seletivo da Residência SESAB 2019 foi a CEFETBAHIA. Foram oferecidas 244 vagas distribuídas entre 22 programas de Residência Multiprofissional e Uniprofissional. 

 

As áreas da saúde contempladas foram: enfermagem (70 vagas), odontologia (15 vagas), nutrição (37 vagas), fisioterapia (37 vagas), psicologia (28 vagas), farmácia (15 vagas), medicina veterinária (1 vaga), educação física, serviço social, fonoaudiologia, terapia ocupacional e bacharelado em Saúde Coletiva. 

 

Dentre os Programas ofertados havia: Saúde do Adulto, Saúde da Criança e do Adolescente, Saúde do Idoso, Saúde Coletiva, Saúde Mental, Saúde da Família, Oncologia, Terapia Intensiva, Urgências e mais!

 

As inscrições foram abertas em 26 de outubro de 2018 e encerraram em 20 de dezembro de 2018. A taxa de inscrição foi de R$109,00.

 

O Processo de Seleção constou de duas etapas: prova objetiva e prova de títulos

 

Na primeira etapa, a prova é constituída por 50 questões de múltipla escolha sobre conhecimentos gerais em saúde, conhecimentos específicos da área de graduação escolhida e conhecimentos na área de aprofundamento do programa. A prova objetiva foi aplicada no dia 06 de janeiro de 2019, no turno matutino, em Salvador (BA). Os candidatos tiveram 04 horas para responder às questões.

 

Já a prova de títulos ocorreu mediante análise do Currículo Lattes. Os documentos foram entregues em envelope lacrado, dentre eles a relação específica dos títulos encaminhados, Currículo Lattes e diploma de graduação.

  
4. Como estudar para a Residência da SESAB?
 

Sabemos que cada seleção estabelece suas próprias particularidades e critérios de avaliação, e, para ajudar nessa missão de conhecê-los bem, enumeramos os principais pontos de atenção para quem deseja estar super preparado para a prova.

 

Se você ainda não iniciou os estudos, saiba que esse é o momento para criar um plano e sistematizar estratégias! Mas precisa ser AGORA. Se for esperar o edital sair para começar a estudar, você vai acabar saindo atrás de muita gente que está estudando há muito tempo! Mas calma, com essas dicas, certamente ficará mais fácil garantir uma aprovação:

 

- Faça um planejamento de estudos criterioso e factível

 

O planejamento dependerá de seus conhecimentos prévios e de quanto tempo você ainda tem antes da prova. O ideal é que você elabore roteiros de estudos, abarcando os conteúdos que deverão ser estudados e a sua fonte bibliográfica. Isso, para ser executado, depende de um conhecimento sobre as regras do edital, que delineiam a prova e a forma como a avaliação se dará. 

 

Como o edital ainda não saiu, você pode se basear pelos editais anteriores! Sendo assim, não dispense essa leitura, por mais truncada que pareça. A segurança e a objetividade que o candidato precisa começa a ser adquirida pelo cumprimento dessa tarefa.

 

– Organize e selecione bem o seu material de estudos

 

A organização do material evitará o tempo desperdiçado em que ficamos procurando um livro, uma apostila, ou qualquer objeto de uso indispensável. Saber onde as coisas estão irá lhe conferir praticidade e aliviará sua mente do estresse e angústia de não encontrar algo importante.

 

Assim, é recomendável, se possível, que tenha um local exclusivo para livros, coloque as canetas e clips numa porta-objetos, ou caneca que não seja mais usada, separe as anotações... E, ao concluir seus estudos para aquele dia, devolva tudo aos seus devidos lugares.

O hábito de organizar seus materiais fará com que acelere seu aprendizado e evitará a procrastinação. Além disso, atente para não perder seu tempo com materiais de má qualidade ou sites da internet que apresentam conteúdos gratuitos, mas desatualizados ou incompletos. Seu tempo é curto e valioso! 

 

Por isso, separe aqueles materiais que possuem um bom reconhecimento no mercado ou que foram indicados por outras pessoas que já passaram em seleções como a que você aspira.

 

Uma boa opção, que tem funcionado bastante, principalmente para quem dispõe de pouco tempo e precisa ter um estudo direcionado de forma objetiva, é o estudo através de livros e videoaulas de questões comentadas sobre o conteúdo programático contido no Edital.

 

Bônus: Indicação de ótimo material de estudo direcionado às áreas oferecidas pela SESAB:

 

Enfermagem | Farmácia | Fisioterapia | Odontologia | Medicina Veterinária | Nutrição | Psicologia

 

– Crie uma Rotina de Estudos

 

Você pode estabelecer uma rotina de estudos criando um cronograma das matérias que vai estudar, além de adaptar um local que se torne apropriado para essa finalidade e um horário que também favoreça a fluidez de suas metas diárias. A organização é um ponto muito importante para que você não se perca.

 

Não existe nada pior do que ter um cronograma de estudos pronto e nunca conseguir completá-lo. Porém, quando você olha para seu planejamento e vê que está avançando de acordo com as metas estabelecidas, sua motivação aumenta e você estuda cada vez mais. 

 

Além de tudo isso, escolher um lugar fixo para executar seu cronograma é uma excelente estratégia para reforçar e incorporar essa rotina, fazendo do estudo diário um hábito. Isso porque, sempre que você sentar neste local de estudos, seu cérebro já vai reconhecer que está na hora de estudar e isso se tornará parte de seu cotidiano.

 

Agora, lembre-se: quando reservar o seu local de estudos, use-o somente para este fim. Evite usá-lo para fazer coisas que não tenham relação com sua preparação. E, durante esse tempo destinado a estudar, afaste-se das coisas que desviam o nosso foco como televisão, aparelho celular, etc.

  
5. Questões Comentadas sobre Conhecimentos Gerais em Saúde
 

Para dar aquela força na preparação, separamos questões sobre Conhecimentos Gerais em Saúde, de acordo com o conteúdo programático do último Edital, através de nosso renomado professor Maurício Brasil, um dos Coordenadores da nossa produção acadêmica na área de saúde.

 

E, então, vamos testar os conhecimentos respondendo às questões? Logo em seguida, estão as respostas comentadas de cada uma. Boa sorte!

 

Questão 01 - As conferências de Saúde têm como objetivo principal a definição de diretrizes gerais para a política de saúde, devendo ser realizadas nacionalmente a cada:

 

A)Dois anos

B)Três anos

C)Quatro anos

D)Seis anos

E) Oito anos.

 

Questão 02 - Dentre os diferentes usos da Epidemiologia, pospostos por Morris, incluem-se:

 

I) diagnosticar a situação da saúde de uma comunidade

II) identificar possíveis associações causais de doenças

III) estimar os riscos individuais e as probabilidades de adoecer

IV) avaliar os serviços de saúde

 

A) todos (I à IV)

B) somente I, III e IV

C) somente I, II e IV

D) somente I e IV

E) somente III e IV

 

 

Gabarito e comentários
 

RESPOSTA 01: (C) “As conferências de Saúde têm como objetivo principal a definição de diretrizes gerais para a política de saúde, devendo ser realizadas nacionalmente a cada quatro anos e contar com ampla participação

da sociedade, com representação de usuários paritárias à dos demais segmentos representantes do Poder Político, dos profissionais de saúde, dos prestadores de serviço.”

Ref.: Noronha et al. In: Giovanella. Políticas e Sistemas de Saúde no Brasil. p. 452.
 

RESPOSTA 02: (B)

4276 Publicações - 2 Seguidores

Dar superpoderes e empoderar o profissional da Saúde, esse é o propósito da Sanar!! Para isso, disponibilizamos bem aqui todas as ferramentas necessárias para você alcançar seus maiores sonhos! Em nosso blog, você encontrará tudo sobre Residências Multiprofissionais e sobre os melhores Concursos voltados para a área da Saúde. Nossa página é atualizada diariamente com notícias, artigos, dicas de estudo e muitos conteúdos incríveis para sua preparação! :)

  • 4276 Publicações