3449 Publicações -

Serie Casos Clínicos - Câncer de Endométrio

há 1 ano     -     
Serie Casos Clínicos - Câncer de Endométrio
Caso Clínico da LAOB UNIFACS

Identificação: J.L.C., 60 anos , parda, casada, (técnica de enfermagem), natural de São Sebastião do Passé, procedente de Salvador, católica, grau de instrução – ensino médio completo.
QP: Sangramento Genital há 3 meses.
HMA: A paciente informa que há aproximadamente 3 meses apresenta sangramento vaginal intermitente em pouca quantidade, associado com desconforto pélvico de moderada intensidade, sem irradiação, sem fator de melhora ou piora.
Menstruais: Menarca 10 anos, ciclos anteriores de 26d/ 4d / ++/4, sem dismenorréia. Menopausa há 5 anos, fez uso de terapia hormonal (não usa há 3 anos), não sabe informar qual.
Ant. Sexuais: coitarca aos 18 anos, 2 parceiros, libido e orgasmo presentes, nega dispareunia e sinusiorragia, nega DST prévia. Contracepção até a menopausa: Enovid (alta dosagem de estrogênio).
Ant. obstétricos: G0P0A0.
Ant. Médicos: Portadora de DM. Nega alergias ou cirurgias.
Ant. Familiares: não sabe informar.
HV: nega tabagismo, refere etilismo social. Vida sedentária.
IMC: 27,8kg/m2 
Mamas: mamas simétricas, médio volume, cônicas, sem abaulamentos ou retrações, ausência de nódulos, DP negativa. Gânglios axilares e claviculares não palpados.
Abdome: plano, flácido, indolor a palpação superficial e profunda, sem VMG, presença de linfonodos não dolorosos, não aderidos a plano profundo, medindo 1cm
Genitália: vulva tricotomizada, coaptada, vestíbulo róseo, meato uretral tópico, hímen rôto, sem prolapsos, colo tamanho normal e aparentemente epitelizado, OE circular, teste de Schiller negativo.
Ao toque: Períneo suficiente, ao toque combinado útero em AVF, com volume normal, móvel e pouco doloroso à mobilização.
 
Perguntas:
  • A principal suspeita do caso acima é CA de endométrio?
Não, as principais causas de sangramento pós menopausa estão citadas abaixo
  • Atrofia (30%)
  • Estrógeno exógeno (30%)
  • Ca de endométrio (15%)
  • É necessário investigação?
    • Toda paciente com pós –menopausa com sangramento  genital deve ser investigada para neoplasias malignas endometriais
  • O melhor exame é o Papanicolau?
    • A colpocitologia não é um bom método para detectar o carcinoma endometrial. A fragilidade do exame se deve ao fato de as células observadas não serem colhidas sobre a lesão.
  • Qual o primeiro exame que seria solicitado nesse caso?
    • O exame US é usado no diagnóstico em mulheres com sangramento irregular. Mulheres que sangraram a pós a menopausa e nas quais o endométrio tinha menos de 8 mm de espessura, nenhuma tinha câncer 
3449 Publicações - 0 Seguidores

  • 3449 Publicações