3498 Publicações -

Vale a pena fazer Residência Multiprofissional?

há 1 ano     -     
Vale a pena fazer Residência Multiprofissional?


Residências são muito comuns no ambiente médico em geral. É muito raro um recém-formado em Medicina não realizar uma residência, pensando não apenas na profissão de forma imediata, mas também em chances futuras. Mas, para além da carreira médica, as residências profissionais oferecem oportunidades para muitos profissionais de saúde que querem ter um intenso aprendizado, com muita prática e ainda ter uma bolsa fixa alta em seu início de atividade profissional.

Criadas a partir da Lei nº 11.129, as residências multiprofissionais em saúde são orientadas pelos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS) a partir das necessidades de cada região. Profissionais das áreas de Enfermagem, Nutrição, Fisioterapia, Medicina Veterinária, Odontologia, Medicina, Farmácia, Psicologia e outras. Geralmente, as seleções são realizadas apenas uma vez por ano e, por conta disso, são muito concorridas e fazem com que os recém formados pensem: “vale a pena?”. Vamos apontar todos os pontos positivos para vocês.

O calendário de residências inclui lançamento de edital em novembro e inscrições em janeiro/fevereiro, com provas até o início de março. Com períodos de realização fixos, é possível aos profissionais de saúde estudarem por um período específico, sabendo exatamente quando o que irá cair em cada certame - tornando sua aprovação apenas uma questão de tempo e dedicação.

Além disso, residências possuem bolsa fixa de R$3.330,43, independente da área, e carga horária de 60h semanais - que costuma se dividir em 80% de estudo prático e 20% de teórico. O maior ponto positivo, e que até muitos residentes não sabem, é que a especialização tem valor de pós-graduação acadêmica e mercadológica. Ou seja, as residências são não só uma forma de intenso aprendizado, mas também um complemento acadêmico no currículo que no futuro pode ser essencial para conquistar uma vaga concorrida.

Se você ainda está na dúvida, entenda que a Comissão Nacional de Residência Multiprofissional em Saúde – CNRMS - é coordenada pelo Ministério da Saúde e Ministério da Educação. O órgão é responsável por gerir as principais ações e atribuições das residências, incluindo avaliar e creditar os programas de Residência Multiprofissional de acordo com as necessidades sócioepidemológicas da população brasileira, credenciar os programas e registrar certificados dos programas. Essas medidas garantem que todas as instituições que oferecem vagas seguirão um mesmo padrão educacional e qualitativo, apesar das diferentes áreas oferecidas em cada tipo de residência.

Acabaram suas dúvidas de que vale a pena fazer uma Residência Multiprofissional, não é?

Não? Conheça nossos cursos e converse com nossos professores para entender 100% do assunto e escolher qual residência tentar!

Nutrição | Fisioterapia | Enfermagem | Psicologia | Odontologia | Farmácia 
 
3498 Publicações - 0 Seguidores

  • 3498 Publicações