Prova - Analista de Gestão Corporativa - Farmacêutico - CESPE - 2008

Detalhes

Profissão: Farmaceutico
Cargo: Analista de Gestão Corporativa - Farmacêutico
Orgão: HEMOBRAS
Banca: CESPE
Ano: 2008
Nivel Superior

Conteúdo de hemobras08_gab_definitivo_012_12.pdf - 1/1

//

EMPRESA BRASILEIRA DE HEMODERIVADOS E BIOTECNOLOGIA ? HEMOBRÁS
CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE EMPREGOS PÚBLICOS
DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO
EDITAL N.º 1 ? HEMOBRÁS, DE 20 DE OUTUBRO DE 2008


APLICAÇÃO: 13/12/2008

EMPREGO 12: ANALISTA DE GESTÃO CORPORATIVA ? FARMACÊUTICO


0

GABARITOS OFICIAIS DEFINITIVOS DAS PROVAS OBJETIVAS
0
Obs.: ( X ) item anulado.

Item 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70
Gabarito C C E E C E C E E C C C E C X E X C C E

Item 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90
Gabarito X E C E C X E C E C E C E E C E C E C E

Item 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110
Gabarito C E C E C E C E C E C E C E C E C E C E

Item 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120
Gabarito C E E C C E C E C E 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0




www.editorasanar.com.br

Conteúdo de hemobras08_gab_definitivo_000_1.pdf - 1/1

//

EMPRESA BRASILEIRA DE HEMODERIVADOS E BIOTECNOLOGIA ? HEMOBRÁS
CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE EMPREGOS PÚBLICOS
DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO
EDITAL N.º 1 ? HEMOBRÁS, DE 20 DE OUTUBRO DE 2008

APLICAÇÃO: 13/12/2008

GABARITOS OFICIAIS DEFINITIVOS
EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR
PARTE I ? CONHECIMENTOS BÁSICOS
0


Obs.: ( X ) item anulado.

Item 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Gabarito E C E C C C E C E E E C E C C C E E C E

Item 21 22 23 24 25 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
Gabarito C C E C E E E E C E C E C C C E E C C E

Item 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50
Gabarito C C E E C C C C E E E E C C C C E C E X


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0


0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0




www.editorasanar.com.br

Conteúdo de hemo_cargo_12.pdf - 1/4

//

De acordo com o comando a que cada um dos itens de 51 a 120 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo
designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com o código E, caso julgue o item ERRADO.
A ausência de marcação ou a marcação de ambos os campos não serão apenadas, ou seja, não receberão pontuação negativa. Para as
devidas marcações, use a folha de respostas, único documento válido para a correção das suas provas.


CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
Com o objetivo de aumentar a segurança transfusional, a Agência A qualidade e o baixo custo para aquisição de serviços e produtos
Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) criou um sistema de são pontos que grande parte das organizações buscam em seus
avaliação dos incidentes relacionados com o uso de fornecedores de insumos, matérias-primas e serviços. Com o
crescimento da terceirização dos serviços, a boa gestão desses
hemocomponentes, baseado em uma rede sentinela, inicialmente
fornecedores tornou-se prioridade para as empresas modernas.
composta por 100 hospitais, cuja proposta é alcançar todos os No que se refere a gestão de fornecedores, julgue os itens
serviços de hemoterapia do país. Acerca do serviço de seguintes.
hemovigilância nacional, julgue os itens a seguir.
\u0017\u001b Ao selecionar fornecedores é preciso reunir um grupo, do
\u0017\u0013 Incidentes transfusionais são agravos ocorridos durante ou menor tamanho possível, que preencha todos os requisitos
básicos e suficientes, dentro das normas e padrões pré-
após a transfusão sanguínea e a ela relacionados. Podem ser
estabelecidos como adequados.
complicações relacionadas a contaminação bacteriana,
\u0018\u0012 Um bom fornecedor possui a tecnologia para fabricar o
reações hemolíticas agudas ? especialmente as ocasionadas
produto na qualidade exigida, tem a capacidade de produzir
por incompatibilidade do sistema ABO. quantidades necessárias e entregar dentro do prazo, além de
\u0017\u0014 As ações de hemovigilânica se justificam uma vez que o possuir preços competitivos.
sangue, pela sua característica de produto biológico, mesmo \u0018\u0013 Confiança mútua é um dos instrumentos mais eficazes no
quando corretamente preparado e indicado, carrega relacionamento do comprador e seus fornecedores.
intrinsecamente vários riscos, sendo impossível reduzir a \u0018\u0014 As principais avaliações do fornecedor feitas pelo
zero a possibilidade de ocorrência de reações adversas após comprador incluem análises técnicas e administrativas.

uma transfusão. O plano de qualidade total é uma filosofia e um conjunto de
princípios orientadores que conduzem à melhoria contínua dos
\u0017\u0015 Reação hemolítica aguda é um incidente transfusional tardio
processos. Acerca desse tema, julgue os itens subseqüentes.
que pode ocorrer por incompatibilidade sanguínea.
\u0018\u0015 O manual de qualidade traz as diretrizes da política de
\u0017\u0016 A transmissão de doenças pela transfusão sanguínea, quando
qualidade e as práticas da qualidade de uma organização.
comprovada, é classificada como incidente transfusional Sua elaboração é feita com a participação de todos os
imediato. funcionários que participam do sistema de qualidade.
\u0018\u0016 O trabalho em equipe exige habilidade e treinamento e faz
A respeito de controle de estoques, julgue os itens que se seguem.
parte do plano de qualidade total.
\u0017\u0017 A previsão é o ponto de partida de todo planejamento de \u0018\u0017 O enfoque nos empregados da empresa visa à satisfação das
estoques. suas necessidades, que irão resultar indiretamente na
melhoria dos processos e reduzir os defeitos e custos.
\u0017\u0018 Entre as formas de modelo de evolução de consumo, o
\u0018\u0018 As mensurações de desempenho objetivam principalmente
modelo sazonal é o que apresenta menos oscilações, pois não
a avaliação dos empregados para melhor aproveitamento de
está sujeito a influências de fatores externos.
suas habilidades individuais e aumento de sua produtividade.
\u0017\u0019 O estoque mínimo destina-se a cobrir eventuais atrasos no \u0018\u0019 A redação dos procedimentos que integrarão o manual de
suprimento de forma a garantir o funcionamento ininterrupto qualidade cabe à organização que detém a maior
e eficiente do processo produtivo, sem o risco de faltas. responsabilidade em relação a este manual.
\u0018\u001a O procedimento, usualmente, especifica o objeto e o campo
\u0017\u001a Os custos de armazenagem são inversamente proporcionais
de aplicação de sua atividade, o que deve ser feito, que
à quantidade e ao tempo que um produto permanece em
materiais, equipamentos e documentação devem ser usados
estoque. e como deve ser controlado e registrado.


UnB/CESPE ? HEMOBRAS
Emprego 12: Analista de Gestão Corporativa ? Farmacêutico ?1?


www.editorasanar.com.br

Conteúdo de hemo_base_ns.pdf - 1/3

//

De acordo com o comando a que cada um dos itens de 1 a 50 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo
designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com o código E, caso julgue o item ERRADO.
A ausência de marcação ou a marcação de ambos os campos não serão apenadas, ou seja, não receberão pontuação negativa. Para as
devidas marcações, use a folha de respostas, único documento válido para a correção das suas provas.

CONHECIMENTOS BÁSICOS
1 Fazer ciência implica descobrir, inventar e produzir 1 No que tange à pesquisa, vem sendo publicamente
coisas novas. Antes de o capitalismo se estabelecer como proposto que uma política de ciências, tecnologia e inovação
sistema socioeconômico dominante, fazer ciência era uma em saúde deva ter como pressupostos essenciais a busca da
4 atividade individual e privada. Hoje, trata-se de um trabalho 4 eqüidade e a observância de rigorosos princípios bioéticos na
público, coletivo, realizado em locais oficialmente pesquisa e na experimentação em geral. Também que essa
reconhecidos como produtores de ciência ? as instituições política se estruture principalmente no compromisso do
7 científicas. 7 ganho social em todas suas vertentes ? saúde, indústria,
A institucionalização da ciência ocorreu com a comércio e cultura científica ?, na extensão do
mudança da atividade científica individual para a coletiva, do conhecimento e na abrangência de todos que se envolvem
10 espaço privado para o público, e, aliado ao fato de depender 10 com a pesquisa em saúde.
de financiamentos de governos, pessoas, instituições A preocupação é pertinente porque em todo o
privadas, esse processo passou a determinar as rotas de mundo graves problemas vêm-se instalando e demandando
13 pesquisa. 13 dos governos novos mecanismos de avaliação para a
Existem dúvidas se é possível, democraticamente, incorporação tecnológica na assistência médico-hospitalar de
um controle social e ético sobre os conhecimentos científicos alta complexidade e de alto custo em geral.
16 e os avanços tecnológicos em geral. Discute-se também se, 16 Por isso, temos de conscientizar-nos de que a
do ponto de vista do direito, as questões éticas devem ser superação de conflitos éticos é dinâmica e envolve uma
ampla interação de necessidades, obrigações e interesses dos
objeto de leis ou de normas, ou de ambas. Assim como
19 vários envolvidos: o governo, por ser o agente protetor,
19 se indaga muito se a sociedade não estaria exercendo um
regulador, financiador e comprador maior; a indústria e os
controle social e ético sobre as tecnociências mediante
fornecedores, que exercem grande pressão inflacionária para
normas (códigos de ética) em detrimento dos poderes
22 a incorporação de seus produtos ou bens; as instituições e os
22 legalmente constituídos nos estados democráticos, profissionais de saúde, que pressionam pela atualização da
menosprezando as leis e superestimando os códigos de ética. sua capacidade instalada, variedade de oferta de serviços e
Fátima Oliveira. Bioética ? uma face da cidadania, p. 116 (com adaptações). 25 atualização tecnocientífica.
Jacob Kligerman. Bioética em saúde pública. In: Revista Brasileira de
Julgue os seguintes itens, a respeito da organização e das idéias Cancerologia, v. 48, n.º 3, jul./ago./set./2002, editorial (com adaptações).
do texto acima.
Com base no texto acima, julgue os itens subseqüentes.
\u0013 A argumentação do texto é favorável a um controle social
sobre as descobertas e invenções porque estas resultam de \u001b Na linha 1, a substituição de ?tange? por diz respeito
institucionalização no sistema capitalista dominante. preservaria a coerência do texto, mas, para que a correção
gramatical também fosse respeitada, seria necessário retirar
\u0014 Na linha 2, segundo as regras da norma culta da língua
o sinal indicativo de crase em ?à?.
portuguesa, a preposição ?de? não sofre contração com o
artigo de ?o capitalismo? por que este termo desempenha a \u0013\u0012 O uso do modo subjuntivo em ?deva? (R.3) respeita as regras
função de sujeito da oração subordinada. gramaticais, porque esse verbo ocorre em uma oração
iniciada pela conjunção ?que? (R.2).
\u0015 A flexão de singular em ?trata-se? (R.4) deve-se à
concordância com ?trabalho público? (R.4-5). \u0013\u0013 Preservam-se a coerência da argumentação e a correção
gramatical, com a vantagem de deixar mais claras as relações
\u0016 O travessão antes de ?as instituições? (R.6) tem a função de semânticas do texto, ao se substituir ?se estruture
destacar o termo final da oração; mas o texto ficaria principalmente no? (R.6) por estruture principalmente o.
igualmente correto se aí fosse usada vírgula.
\u0013\u0014 O desenvolvimento da argumentação do texto permite
\u0017 A expressão ?esse processo? (R.12) retoma, de maneira subentender que a oração iniciada por ?Também? (R.5) dá
resumida, a idéia, desenvolvida na oração anterior, de continuidade à idéia do que ?vem sendo publicamente
?institucionalização da ciência? (R.8). proposto? (R.1-2).
\u0018 A inserção da preposição sobre antes da oração condicional \u0013\u0015 Em ?vêm-se? (R.12), a substituição do hífen por espaço
iniciada por ?se é possível? (R.14) manteria a coerência da provoca erro gramatical, por deixar o pronome átono sem
argumentação do texto, bem como respeitaria as regras apoio sintático.
gramaticais. \u0013\u0016 Na linha 16, a preposição em ?de que? é exigida pelo verbo
\u0019 O emprego de ?Existem dúvidas? (R.14), ?Discute-se? (R.16) ?conscientizar-nos?, por isso sua retirada do texto provocaria
e ?se indaga? (R.19) mostra que predomina, no parágrafo erro gramatical.
final do texto, a incerteza a respeito da idéia da primeira \u0013\u0017 O uso da pontuação preserva a hierarquia entre as idéias do
oração: se fazer ciência, de fato, produziria coisas novas. último parágrafo do texto, depois de ?envolvidos? (R.19),
\u001a Na linha 21, os parênteses destacam uma expressão que deve porque os termos da enumeração são marcados pelo sinal de
ser entendida como explicação para o sentido que o ponto-e-vírgula (R.20-22), enquanto as vírgulas marcam
vocábulo ?normas? apresenta na argumentação do texto. explicações no interior desses termos.


UnB/CESPE ? HEMOBRAS
Prova de Conhecimentos Básicos para todos os empregos de Nível Superior ?1?


www.editorasanar.com.br

Provas relacionadas

Cargo Orgão Ano
Farmacêutico NASF Pref. Itainópolis/PI 2017
Farmacêutico Oncologia Instituto Práxis - Itapipoca/CE 2017
Farmacêutico Clínico ISGH - HRN 2017
Farmacêutico Bioquímico Pref. Formoso do Araguaia/TO 2017
Farmacêutico Bioquímico Pref. Cafeara/PR 2017