Prova - Analista Judiciário - Psicólogo - IESES - 2009

Detalhes

Profissão: Psicologo
Cargo: Analista Judiciário - Psicólogo
Orgão: TJ/MA
Banca: IESES
Ano: 2009
Nivel Superior

Conteúdo de prova_e_criterios_1122_analista_judiciario_psicologo.pdf - 1/2

// Proxima página

Tribunal de Justiça do Maranhão ? TJMA ? Concurso Público ? Edital 001/2009
1122 - Analista Judiciário - Psicólogo CARGO 1122

QUESTÃO 01
O medo é uma emoção universal e necessária, pois ele é um sinal de alarme e facilita nossa
vigilância ante os perigos. Porém, este sinal de alarme tem mostrado estar menos regulado nos últimos
tempos, trazendo-nos a realidade de lidar com mais freqüência com o medo patológico. Hoje nos
deparamos com essa realidade crescente nas diversas práticas de atuação do Psicólogo e precisamos
intervir de forma diferenciada em cada uma delas.
Fale sobre a classificação científica atual dos medos e fobias, definindo as mais importantes em
cada uma das divisões, conceituando-as e explicando sintomas de pelo menos uma de cada grupo.
Critério para correção:
O candidato deve definir e conceituar no mínimo os principais tipos de medos e fobias
específicas, que abrange medos e fobias de animais, de elementos naturais, de situações, do sangue e
de ferimentos, também conhecidas por simples, bem como os principais medos e fobias complexas que
abrange fobias sociais, transtorno do pânico com agorafobia. Também deve escolher uma de cada tipo,
uma fobia específica e uma fobia complexa e citar sintomas específicos de cada.


QUESTÃO 02
Na atuação do Psicólogo organizacional o estudo da sintalidade é fundamental na eficácia da
condução das relações e de seu impacto no clima organizacional. Conceitue sintalidade e, de acordo
com sua prática profissional, avalie a veracidade da afirmação realizada, discorrendo sobre esse tema.
Critério para correção:
O candidato deve conceituar de forma clara e completa o termo sintalidade, que basicamente é a
personalidade do grupo, bem como, citar que é correta a afirmação do enunciado, colocando sua visão
prática como profissional de como atuar na condução da sintalidade para manutenção de um clima
organizacional saudável. Deve abranger ainda colocações que embasem a veracidade desse enunciado
quanto a como direcionar essas diferenças no dia-a-dia do psicólogo organizacional.


QUESTÃO 03
Considerando que o ser humano está em constante desenvolvimento, conceitue maturidade, cite
os principais tipos de maturidade e sua interligação.
Critério para correção:
O candidato deve conceituar maturidade abrangendo no conceito o nível de desenvolvimento em
que cada pessoa se encontra, em comparação com outras pessoas da mesma faixa etária, bem como
citar no mínimo os quatro principais tipos de maturidade, que são intelectual, social, emocional e física,
bem como ao que cada uma se refere, pois basicamente ainda faz parte da conceituação. Espera-se
também que fale sobre a interdependência e integração destas no processo de desenvolvimento do ser
humano.


QUESTÃO 04
Observamos que a competitividade, a sobrevivência e o valor das organizações dependem cada
vez mais de como se gerenciam seus intangíveis, em particular o capital humano. A sociedade do
conhecimento traz mudanças significativas no comportamento humano nas organizações, bem como
das relações interpessoais em qualquer nível de hierarquia.
Quais as mudanças no papel do Psicólogo organizacional nessa nova realidade e que estratégias
o profissional precisa desenvolver para auxiliar na adaptação da geração Y, também conhecida por
geração game over, à organização e vice-versa.
Critério para correção:
O candidato deve se posicionar quanto às mudanças necessárias frente à gestão do
conhecimento e das competências, enfatizando as mudanças referentes ao seu papel como agente
conscientizador da necessidade das organizações mudarem e adotarem esses novos modelos. Deve
fazer referência às mudanças dos perfis profissiográficos, às entrevistas, aos processos seletivos,
dinâmicas, treinamentos, enfim, todas as atividades onde foram revisados os focos e abrangências,
principalmente pensando nesse novo perfil de profissional e seu papel como ponte entre esse novo
perfil de profissional e a adaptação do novo líder exigido para gerir competências.




Planejamento e Execução IESES Página 1 de 2

Conteúdo de gab_1122_analista_judiciario_psicologo.pdf - 1/29

// Proxima página

3\u0012\u0013\u0014\u0015\u0016\u0017\u0018\u0019\u001a\u001b\u0019\u001c\u001512\u0013\u001d\u0017\u0019\u001a\u001e\u0019\u001f12\u0017\u001a\u001e\u0019\u001a\u001e\u0019 \u0017\u0012\u0017\u0016!"\u001e
#\u001f$\u001f$
$\u001b\u0012%\u0013\u001a\u001e\u0012\u0019&\u0019\u001f\u001a\u00132\u0017\u0018\u0019\u0011\u00114\5\u0011\u0011\u0010
4455\u0019&\u00199\u0016\u0017\u0018\u001312\u0017\u0019\u001c\u0015\u001a\u0013(\u0013)\u0012\u0013\u001e\u0019&\u0019*1\u0013(+\u0018\u001e,\u001e
012 34 35 36 37
4 8 9 8

5

\u000b 9
6 8 9 9 8
7


\u000b

Conteúdo de 1122_analista_judiciario_psicologo_tipo_1.pdf - 1/8

// Proxima página

Tribunal de Justiça do Maranhão ? TJMA ? Edital 001/2009 ? Prova Objetiva PROVA TIPO 1
Cargo: 1122 - Analista Judiciário - Psicólogo

O bom de educar cedo
James Heckman, prêmio Nobel de Economia
1 A educação é crucial para o avanço de um país ? e quanto antes chegar às
pessoas, maior será o seu efeito e mais barato ela custará. Basta dizer que tentar
sedimentar num adolescente o tipo de conhecimento que deveria ter sido
apresentado a ele dez anos antes sai algo como 60% mais caro. Pior ainda: nem
5 sempre o aprendizado tardio é tão eficiente. Não me refiro aqui apenas às habilidades
cognitivas convencionais, mas a um conjunto de capacidades que deveriam ser
lapidadas em todas as crianças, desde os 3, 4 anos de vida.
Os estudos confirmam que um programa americano da década de 60, o Perry,
amplamente copiado por outros países, tem ótimo retorno. Ele consiste, basicamente,
10 em colocar crianças pobres na escola, em salas com poucos alunos, e envolver os pais
no processo educativo. O professor visita as famílias para informar o que está sendo
ensinado na aula, de modo que passem a participar mais ativamente. Sem esse
amparo dos pais, dificilmente uma criança vai ter motivação para aprender, o que
tende a se perpetuar no curso da vida escolar e resultar em adultos sem sucesso. Está
15 provado que a família é o fator isolado que mais explica as desigualdades numa
sociedade como a brasileira. Sob esse prisma, uma criança do Nordeste começa a vida
em franca desvantagem em relação a uma do Sudeste. Com programas como esses, a
ideia é tentar atenuar as diferenças no ponto de partida.
Uma criança de 8 anos que recebeu estímulos cognitivos aos 3 conta com um
20 vocabulário de cerca de 12 000 palavras ? o triplo do de um aluno sem a mesma base
precoce. E a tendência é que essa diferença se agrave. Faz sentido. Como esperar que
alguém que domine tão poucas palavras consiga aprender as estruturas mais
complexas de uma língua, necessárias para o aprendizado de qualquer disciplina? Por
isso as lacunas da primeira infância atrapalham tanto.
(Fragm. de entrev. concedida a Monica Weinberg, in Veja. São Paulo: abril, 10 jun.2009, p. 21-24.)

Observação: Cada número indicado entre parênteses refere-se à linha, no texto,
em que se encontra a palavra, expressão ou frase sublinhada.

1. Assinale a alternativa INCORRETA: 4. Um dos empregos dos demonstrativos esse, essa, isso é
a) Em passem a participar mais ativamente (12) a forma indicar fatos já citados; como no texto, em: Sem esse
verbal subentende: do processo educativo dos filhos. amparo (12 - 13), Sob esse prisma (16), Com programas
b) Na expressão em relação a uma do Sudeste (17) como esses (17) e essa diferença (21)
subentende-se em relação a uma criança do Sudeste.
c) A frase Faz sentido (21) refere-se à ideia de que a Empregue um desses demonstrativos nos espaços das
ampliação do vocabulário da criança depende da frases abaixo, substituindo os termos sublinhados. Quando
mesma base precoce. necessário, faça concordância em número e combinação
d) Na expressão o triplo do de um aluno sem a mesma com as preposições de e em.
base (20) subentende-se o triplo do vocabulário de um
aluno sem a mesma base. I. Gosto da cidade de Alcântara, por causa da festa de
São Benedito.
Gosto _______ cidade.
2. Assinale V para as afirmativas verdadeiras e F para as
falsas, em relação a esta frase: II. Fizeram boas referências ao centro historio de São
?A educação é crucial para o avanço de um país ? e Luís.
quanto antes chegar às pessoas, maior será o seu efeito e Fizeram boas referências ______ centro histórico.
mais barato ela custará.?
III. Os maranhenses acreditam na pujança da Floresta dos
( ) Substituindo-se pessoas por gente o acento indicador Guarás.
de crase permanece. Os maranhenses acreditam ________pujança.
( ) Na frase, crucial equivale a muito importante.
( ) Em para o avanço de um país há ideia de finalidade. IV. Vocês assistiram aos folguedos Dança do Coco, do
( ) Em quanto antes há ideia de tempo. Caroço e de São Gonçalo?
( ) O travessão foi empregado para destacar a expressão
Vocês assistiram _______ folguedos?
que lhe é posposta.
( ) Passando chegar para o imperfeito do subjuntivo Assinale a opção com a seqüência correta:
(chegassem), e mantendo a correlação entre os
tempos verbais da oração, as formas verbais será e a) disso ? a esse ? dessa ? a esses
custará ficam seria e custaria. b) dessa ? a isso ? essa ? esse
c) disso ? nesse ? a essa ? esses
Assinale a alternativa que preenche corretamente os d) dessa ? a esse ? nessa ? a esses
espaços.
a) F?V?F?V?F?F
b) V?F?F?F?V?F
c) V?F?V?F?F?V 5. Assinale a alternativa INCORRETA, em relação ao
d) F?V?V?V?V?V vocábulo caro.
a) Porque esse vocábulo já encerra a idéia de preço, é
3. Assinale a alternativa INCORRETA. errado seu uso em expressões como O artesanato em
fibra de guarimã não tem preço caro.
a) Em informar o que (11) a palavra o equivale a um b) Em sai algo como 60% mais caro (4) ? ele é advérbio;
pronome demonstrativo (= aquilo). portanto, invariável.
b) Em que recebeu (19) e qualquer disciplina (23) há c) Estão corretas as frases Ninguém paga caro pelas
pronomes; respectivamente, relativo e indefinido. rendas de bilro maranhenses / Este ano a gasolina
c) No texto, o pronome ela (2) se refere a educação; custa mais caro.
assim, em respeito à concordância nominal, o adjetivo d) A modelo comprou caro e belo sapatos da moda.
barato deveria estar no feminino (educação... barata).
d) A locução verbal deveria ter sido apresentado (3) indica
um fato que teria acontecido no passado, dependendo
de certas condições.



Planejamento e Execuçãowww.editorasanar.com.br
IESES Página 1 de 8

Provas relacionadas

Cargo Orgão Ano
Analista Judiciário - Psicólogo TJ/MA 2009
Analista Judiciário - Psicológo TJ/MA 2005