Prova - Auxiliar de Farmácia - PRÓ-MUNICÍPIO - 2012

Detalhes

Profissão: Farmaceutico
Cargo: Auxiliar de Farmácia
Orgão: Pref. Ibiapina/CE
Banca: PRÓ-MUNICÍPIO
Ano: 2012
Nivel Fundamental

Conteúdo de auxiliar_de_farmacia.pdf - 1/7

// Proxima página

70109 ? AUXILIAR DE FARMÁCIA
PORTUGUÊS QUESTÃO 02
Há no texto um desvio da norma padrão. Assinale a opção que
O texto a seguir servirá de base para as questões de 01 a 04: mostra a passagem em que o autor não utilizou as regras
gramaticais.
Meu avô foi um belo retrato do malandro carioca
A) ?A laranja chupada na feira estava ?esplêndida??;
Este texto é sobre ninguém. Meu avô não foi ninguém. No B) ?sua única viagem foi de trem a Curitiba, de onde trouxe
entanto, que grande homem ele foi para mim. Meu pai era severo mudas de pinheiros.?;
e triste, mal o via, chegava de aviões de guerra e nem me olhava. C) ?No entanto, que grande homem ele foi para mim.?;
Meu avô, não. Me pegava pela mão e me levava para o Jockey, D) ?Foi uma figura masculina carinhosa em minha vida ?;
para ver os cavalinhos. Foi uma figura masculina carinhosa em E) ?Me pegava pela mão e me levava para o Jockey, para ver os
minha vida. [...] cavalinhos.?.
Meu avô adorava a vida e usava sempre o adjetivo ?esplêndido?,
tão lindo e estrelado. A laranja chupada na feira estava QUESTÃO 03
?esplêndida?, a jabuticaba, a manga-carlotinha, tudo era Em: ?No entanto, que grande homem ele foi para mim? O termo
?esplêndido? para ele, pobrezinho, que nunca viu nada; sua única grifado exerce função morfológica de:
viagem foi de trem a Curitiba, de onde trouxe mudas de pinheiros.
?Esplêndidas...? [...] A) Conjunção adversativa;
Meu avô não era ninguém. Mas nunca houve ninguém como ele. B) Preposição;
JABOR, Arnaldo. Amor é prosa, sexo é poesia. Rio de Janeiro: C) Conjunção concessiva;
Objetiva, 2004, p.23 e 24 D) Locução prepositiva;
E) Conjunção explicativa.
QUESTÃO 01
Não podemos afirmar sobre o texto: QUESTÃO 04
Na oração: ?Mas nunca houve ninguém como ele? O sujeito da
A) É um texto narrativo, cujo foco narrativo é de 1ª pessoa; oração é classificado como:
B) No texto, o avô é caracterizado por meio do pronome
ninguém, o que significa dizer que ele foi uma pessoa comum, A) Sujeito simples;
não foi uma pessoa importante; B) Sujeito composto;
C) O avô não é uma referência importante para o autor, uma vez C) Sujeito desinencial;
que não era uma pessoa ilustre; D) Oração sem sujeito;
D) O sentido da palavra pobrezinho, no texto, diz respeito ao fato E) Sujeito indeterminado.
da simplicidade do avô, que se maravilhava com as coisas
comuns;
E) Esplêndido significa no contexto ?muito bom?, ?maravilhoso?.

QUESTÃO 05
Observe a tirinha:




Observe o uso da palavra porque no primeiro quadrinho, analisando-a do ponto de vista gramatical. Assinale a opção em que não há erro
no uso da palavra grifada:

A) O assunto não foi discutido. Por que?
B) Não sei o porque de sua dúvida em relação ao novo emprego;
C) Por que você não atendeu ao meu chamado?
D) O caminho porque andas é muito perigoso;
E) Não atendi o telefone por que não ouvi a chamada.




Página 1 de 7

www.editorasanar.com.br

Conteúdo de gabarito_preliminar_das_provas_escritas.pdf - 1/17

// Proxima página

MUNICÍPIO DE IBIAPINA ? ESTADO DO CEARÁ
CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS VAGOS DO PODER EXECUTIVO
EDITAL Nº 006/2012, DE 27 DE AGOSTO DE 2012
GABARITO PRELIMINAR DAS PROVAS ESCRITAS

O Prefeito Municipal de Ibiapina, Sr. Marcos Antônio da Silva Lima, no uso de suas atribuições legais, em conformidade com os
artigos 9º, inciso V e 66, inciso VI, da Lei Orgânica do Município, e em observância à Lei Municipal nº 507, de 06 de dezembro de
2010, bem como com fundamento no inciso II, do Artigo 37 da Constituição Federal de 1988, TORNA PÚBLICO, a todos quantos
virem o presente Edital ou dele tiverem conhecimento, os GABARITOS PRELIMINARES E OS TEXTOS DAS PROVAS ESCRITAS DO
CONCURSO PÚBLICO para preenchimento de cargos da Prefeitura, observadas as normas contidas no Edital de Concurso Público N°
001/2012, de 22 de março de 2012, alterado pelo Edital 002/2012, de 4 de abril de 2012. Com a divulgação deste gabarito
preliminar, fica aberto o prazo para apresentação de recursos, conforme previsto no Capítulo XI do Edital, abaixo transcrito,
começando nesta Quarta-feira, dia 29 de agosto de 2012 e terminando na Quinta-feira, dia 30 de agosto de 2012. O formulário para
apresentação do recurso, que corresponde ao Anexo IV do Edital, também se encontra disponível no site do Pró-Município
(www.promunicipio.com).

XI ? DOS RECURSOS
11.1 Serão admitidos Recursos contra:
a) O resultado dos requerimentos de isenção, na forma do disposto no Capítulo IV deste Edital;
b) O resultado da inscrição para concorrer às vagas reservadas às pessoas com deficiência, na forma do disposto no Capítulo V deste
Edital;
c) A formulação das questões, a aplicação das provas escritas, a divulgação dos gabaritos, a pontuação de Títulos e a divulgação dos
resultados preliminares do concurso.
11.2 Os recursos obedecerão à forma do Formulário de Recurso, padronizado no Anexo IV deste Edital, e
deverão ser apresentados de forma individualizada.
11.3 Os recursos de que trata a alínea ?c? do item 11.1 poderão ser interpostos, impreterivelmente, no prazo fixado no edital de
divulgação oficial dos eventos constantes do referido item e alínea, sob pena de não apreciação, devendo ser endereçado à
Comissão Coordenadora do Concurso e protocolado na Secretaria de Cultura, Desporto e Turismo, situada na Rua 7 de Setembro,
499, bairro Centro, em Ibiapina, observado o horário de funcionamento do estabelecimento, que é de 8h às 17h.
11.4 No caso de recurso interposto contra a formulação das questões deverá ser indicada a prova e o número da questão ou das
questões protestadas, com os devidos fundamentos e, para todos os outros casos possíveis de recurso, deve conter, o nome do
concurso, o nome do candidato, o número de inscrição, o cargo a que está concorrendo e o seu questionamento, desde que verse
sobre aspectos de legalidade.
11.5 Admitir-se-á um único recurso por candidato, para cada evento referido no item 11.1 deste Capítulo.
11.6 A interposição dos recursos não obsta o regular andamento do cronograma do concurso.
11.7 Não serão aceitos recursos interpostos por fac-símile (FAX), telex, telegrama, internet ou outro meio que não seja o
estabelecido neste Edital.
11.8 O ponto relativo à questão eventualmente anulada será atribuído a todos os candidatos.
11.9 A Comissão Coordenadora do Concurso constitui última instância para recurso, sendo soberana em suas decisões, razão
pela qual não caberão recursos administrativos adicionais.
11.10 As decisões dos recursos previstos neste Edital serão divulgadas pelo PROMUNICÍPIO mediante edital específico a ser
publicado no endereço eletrônico www.promunicipio.com e na Secretaria de Cultura, Desporto e Turismo, situada na Rua 7 de
Setembro, 499, bairro Centro, em Ibiapina, observado o horário de funcionamento do estabelecimento, que é de 8h às 17h.
11.11 Havendo alterações no resultado oficial do concurso, em razão do julgamento de recursos apresentados à Comissão
Coordenadora do Concurso, este deverá ser republicado com as alterações necessárias.
11.12 A republicação do resultado, a que se refere o item anterior, não reabrirá o prazo para interposição de recursos.
11.13 Na ocorrência do disposto nos item 11.8, poderá haver, eventualmente, alteração da classificação inicial obtida para uma
classificação superior ou inferior ou, ainda, poderá ocorrer a desclassificação do candidato que não obtiver a nota mínima exigida
para a prova.




www.editorasanar.com.br

Provas relacionadas

Cargo Orgão Ano
Farmacêutico Bioquímico Pref. Ibiapina/CE 2012
Farmacêutico Pref. Ibiapina/CE 2012
Auxiliar de Farmácia Pref. Ibiapina/CE 2012