Prova - Auxiliar de Veterinária e Zootecnia - CESPE - 2013

Conteúdo de conhec_basic_cargo_25.pdf - 1/4

// Proxima página

www.editorasanar.com.br

Conteúdo de auxiliar_veterinaria_zootecnia.pdf - 1/4

// Proxima página

||FUB13_025_44N179506|| CESPE/UnB ? FUB/2013

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
Em relação ao sistema de classificação dos seres vivos, julgue os A respeito do modo de administração de medicamentos
itens a seguir. veterinários, julgue os próximos itens.
51 Entre outros aspectos tipificadores, uma espécie é um grupo de
indivíduos dotados de certas características próprias, ausentes 62 A vacina B19, contra a brucelose bovina, é composta por
em outras espécies, capazes de se cruzar e produzir microrganismos mortos, ou seja, inativos, razão por que pode
descendentes férteis.
ser aplicada por auxiliar de veterinária, sem a necessidade de
52 Na nomenclatura biológica, o nome científico de todo ser vivo
que um médico veterinário se responsabilize pelo
deve ser composto por duas palavras referentes ao gênero e à
espécie, respectivamente. Nessa nomenclatura, as expressões procedimento.
Canis familiaris, Felis cattus e Equus caballus correspondem
63 No receituário de prescrição de um medicamento, a inscrição
aos nomes científicos do cachorro, do gato e do cavalo,
respectivamente. ?uso local? significa que esse medicamento deve ser utilizado
No que se refere ao cuidado e manejo sanitário em ambiente no estabelecimento veterinário.
veterinário, julgue os itens subsequentes.
64 Medicamentos conhecidos como pour on devem ser aplicados
53 A limpeza, definida como um processo de remoção de sobre a pele do dorso do animal.
sujidades de objetos e superfícies por meio da utilização de
água, sabão e (ou) detergente e ação mecânica, é um 65 Denomina-se unguento a forma farmacêutica para uso tópico
procedimento básico para o controle de doenças e infecções em em que o princípio ativo é misturado com substâncias
ambientes veterinários.
gordurosas.
54 O hábito de lavar as mãos antes e depois da manipulação de
qualquer animal reduz a carga microbiana no ambiente 66 Para a administração de produto veterinário por via oral
veterinário e o risco de disseminação de doenças. mediante o uso de pistola dosadora, é importante, antes da
55 A vacinação é uma atividade importante para a sanidade aplicação, verificar se a pistola está limpa e calibrada; além
animal, pois a vacina estimula o sistema imunológico do
animal a desenvolver resposta de forma similar à que ocorreria disso, se a dosagem for definida por quilograma de peso, o
em caso de infecção natural e, de modo geral, sem causar animal deverá ser pesado para se calcular a dose recomendada.
reações adversas graves no animal.
Julgue os seguintes itens, relativos à coleta, ao armazenamento e ao
56 Durante o manejo dos animais para vacinação, os frascos de
vacina devem ficar expostos à luz do Sol e fora da encaminhamento de material biológico para análises laboratoriais.
refrigeração, pois o calor acelera a ativação dos agentes
imunizantes. 67 Considere a seguinte situação hipotética.
Julgue os itens que se seguem, acerca da transmissão e prevenção Um animal chegou ao hospital veterinário com abscesso no
de zoonoses. tecido subcutâneo, razão por que o médico veterinário
57 As pessoas envolvidas no manuseio de bovinos suspeitos de responsável pelo atendimento coletou amostra do material
tuberculose devem usar equipamentos de proteção individual purulento, com o objetivo de enviá-la ao laboratório para
adequados e manter o animal em completo isolamento, uma
isolamento e identificação do microrganismo causador do
vez que se trata de uma zoonose bacteriana à qual a espécie
humana é sensível. processo infeccioso.
58 A raiva, doença viral de alta letalidade que afeta mamíferos, Nessa situação hipotética, antes do envio da amostra ao
pode ser transmitida ao homem por meio da inoculação do laboratório de microbiologia, recomenda-se que ela seja
vírus presente na saliva do animal doente, principalmente por
acondicionada em frasco com solução de formol a 30%.
mordedura e(ou) lambedura.
59 A leishmaniose visceral canina é uma doença que afeta o 68 Em animais, a coleta de urina pode ser feita durante a emissão
homem e os animais. Os morcegos são, importantes natural da urina ou após a provocação da eliminação do líquido
reservatórios do parasita causador dessa doença e seu mais
urinário por meio de sondas ou cateteres.
importante agente transmissor.
60 Como não existe, no Brasil, uma vacina contra a leptospirose 69 O vírus causador da raiva resiste bem à putrefação. Por essa
para uso humano, a vacinação animal, principalmente de cães, razão, caso seja necessário, a amostra para exame de indivíduo
bovinos e suínos, é obrigatória, devido à sua ação preventiva
e à possibilidade de reduzir o número de animais doentes e, suspeito de contaminação por esse vírus poderá ser coletada
consequentemente, de diminuir a transmissão da doença tanto em cadáver de animal morto há algumas horas.
para animais quanto para seres humanos.
70 Para o diagnóstico da raiva, deve-se utilizar o teste biológico;
61 Embora a brucelose seja uma zoonose que afeta diferentes
espécies animais, como os bovinos, equinos, caprinos e suínos, por isso, a amostra destinada a esse teste deve ser enviada ao
cães e gatos são imunes a essa doença. laboratório in natura, nunca refrigerada ou congelada.

?4?


www.editorasanar.com.br

Conteúdo de gab_def_conhec_basic_todos_cargos.pdf - 1/7

// Proxima página

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE
NÍVEL SUPERIOR, DE NÍVEL INTERMEDIÁRIO E DE NÍVEL FUNDAMENTAL
TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO



Aplicação: 13/10/2013

BASE PARA OS CARGOS NÍVEL SUPERIOR EXCETO 2 E 9

FUB13_CB1_01


0
GABARITOS OFICIAIS DEFINITIVOS
0
Obs.: ( X ) item anulado.
Item 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Gabarito C E C E E C C E E E C C C E C E E E C E

Item 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
Gabarito C E E C C E E E C E E E C E C E C E E E

Item 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Gabarito C C E E C C E C C E 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0




www.editorasanar.com.br

Conteúdo de gab_def_conhec_espec_todos_cargos.pdf - 1/26

// Proxima página

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE
NÍVEL SUPERIOR, DE NÍVEL INTERMEDIÁRIO E DE NÍVEL FUNDAMENTAL
TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO



Aplicação: 13/10/2013

CARGO 1: ADMINISTRADOR

FUB13_001_01


0

GABARITOS OFICIAIS DEFINITIVOS
0

Obs.: ( X ) item anulado.

Item 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70
Gabarito C E E E C E E C E C C C E E C E C C C E

Item 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90
Gabarito C E E C E C E C E E C C C E C C C E C C

Item 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110
Gabarito E E E C E C E C E C C C E E C E C C C C

Item 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Gabarito C E C E C E C X E E 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0




www.editorasanar.com.br

Provas relacionadas

Cargo Orgão Ano
Médico Veterinário FUB 2015
Médico Veterinário FUB 2014
Auxiliar de Veterinária e Zootecnia FUB 2013
Médico Veterinário FUB 2009
Médico Veterinário FUB 2008