Prova - Auxiliar de Veterinária e Zootecnia - CESPE - 2013

Detalhes

Profissão: Veterinario
Cargo: Auxiliar de Veterinária e Zootecnia
Orgão: FUB
Banca: CESPE
Ano: 2013
Nivel Superior

Conteúdo de conhec_basic_cargo_25.pdf - 2/4

Página Anterior // Proxima página

||FUB13_CB6_15N630717|| CESPE/UnB ? FUB/2013

? De acordo com o comando a que cada um dos itens a seguir se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo
designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com o código E, caso julgue o item ERRADO.
A ausência de marcação ou a marcação de ambos os campos não serão apenadas, ou seja, não receberão pontuação negativa. Para as
devidas marcações, use a folha de respostas, único documento válido para a correção das suas provas objetivas.
? Nos itens que avaliam noções de informática, a menos que seja explicitamente informado o contrário, considere que todos os
programas mencionados estão em configuração-padrão, em português, que o mouse está configurado para pessoas destras, que
expressões como clicar, clique simples e clique duplo referem-se a cliques com o botão esquerdo do mouse e que teclar corresponde
à operação de pressionar uma tecla e, rapidamente, liberá-la, acionando-a apenas uma vez. Considere também que não há restrições
de proteção, de funcionamento e de uso em relação aos programas, arquivos, diretórios, recursos e equipamentos mencionados.
CONHECIMENTOS BÁSICOS
Julgue os itens a seguir, referentes à ética no setor público. 1 A proposta de legislação a respeito da Internet a ser
votada traz uma série de mecanismos que protegem o
1 Deixar de utilizar avanços técnicos e científicos disponíveis, internauta de ter sua navegação monitorada e resguardam seus
que contribuam para a realização do seu trabalho, não 4 dados pessoais na rede ? medidas que ganharam relevo após
caracteriza uma violação ao código de ética pelo servidor o escândalo de espionagem norte-americana.
público, desde que este desempenhe as atividades pertinentes Hoje, nada impede que uma empresa colete
ao seu cargo. 7 informações do internauta e as repasse a terceiros. Tampouco
existem regras para o usuário pedir a exclusão de seus dados
2 Por ser um integrante da sociedade, o servidor público deve após deixar de usar certa aplicação (uma rede social, por
executar o seu trabalho visando o bem comum, entendido este 10 exemplo).
como acréscimo ao seu próprio bem-estar. Manter a situação como está interessa apenas às
3 O servidor público deve usar o que seu cargo ou função lhe empresas que fazem uso comercial desses dados.
Folha de S.Paulo, 18/8/2013 (com adaptações).
confere com moderação e sem abusos.
4 Apenas o agente público poderá provocar a atuação da Com base no texto acima, julgue os itens a seguir.
comissão de ética pública para a apuração de infração ética
11 Depreende-se do texto que empresas que fazem uso comercial
imputada a servidor público.
dos dados do internauta são contra uma lei que proíba a coleta
À luz das Leis n.º 8.429/1992 e n.º 8.112/1990, julgue os itens de informações pessoais dos usuários da Internet sem uma
subsequentes. prévia autorização.
12 As formas verbais ?protegem? (R.2) e ?resguardam? (R.3) estão
5 Em caso de diligência externa, é permitida ao servidor a no plural porque concordam com ?mecanismos? (R.2), mas
retirada de documentos da própria repartição sem a poderiam estar no singular para concordar com ?série? (R.2).
necessidade de autorização da autoridade competente.
13 A legislação que protege o internauta de ter seus dados
6 Apenas nos atos de improbidade administrativa que importem divulgados sem a sua autorização já está em vigor.
enriquecimento ilícito caberá à autoridade administrativa 14 O escândalo de espionagem norte-americana intensificou a
responsável pelo inquérito representar ao Ministério Público, importância de uma lei que proteja o internauta.
para que este requeira a indisponibilidade dos bens do 1 Robustecer os orçamentos da educação e da saúde
indiciado. constitui sonho acalentado por brasileiros, independentemente
7 Ao servidor público é proibido recusar fé a documentos de opção partidária ou credo religioso. As duas áreas ? os
públicos e(ou) opor resistência injustificada ao andamento de 4 mais dolorosos problemas que dificultam a marcha do país
processos. rumo ao desenvolvimento sustentável ? clamam por
melhorias urgentes. Não é outra a razão por que milhares de
No que se refere ao Estatuto e Regimento Geral da Universidade de 7 pessoas ocuparam as ruas das mais importantes unidades da
Brasília (UnB), julgue os itens seguintes. Federação exigindo escolas e hospitais padrão FIFA.
Correio Braziliense, 18/8/2013 (com adaptações).
8 Embora o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão tenha
competência para atuar sobre diversos aspectos Julgue os próximos itens, relativos ao texto acima.
administrativos da atividade docente, a atividade de
15 Mantém-se a correção gramatical do período ao se substituir a
regulamentação da progressão na carreira docente compete ao expressão ?por que? (R.6) pela palavra porque.
Conselho de Administração.
16 A correção gramatical e as ideias originais do texto seriam
9 Na estrutura organizacional da UnB, a Fazenda Água preservadas caso a palavra ?Robustecer? (R.1) fosse substituída
Limpa e o Hospital Universitário são considerados órgãos por Fortalecer.
complementares. 17 Prejudica-se a correção gramatical do período ao se substituir
10 O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão pode criar os travessões nas linhas 3 e 5 por vírgulas.
comissões especiais, não deliberativas, para estudos, 18 A substituição da expressão ?credo religioso? (R.3) pela palavra
assessoramento ou coordenação de assuntos específicos. religião mantém a correção gramatical do texto.

?1?


www.editorasanar.com.br

Conteúdo de auxiliar_veterinaria_zootecnia.pdf - 2/4

Página Anterior // Proxima página

||FUB13_025_44N179506|| CESPE/UnB ? FUB/2013

Tendo em vista que a contenção física do animal é importante para 80 Após ser submetido ao processo de esterilização física por
que procedimentos clínicos sejam realizados com segurança, sem meio do vapor quente, o instrumental cirúrgico permanece
causar riscos ao homem e ao animal, julgue os itens a seguir. estéril por tempo indeterminado, desde que não se rompa o seu
invólucro e que ele esteja protegido em armário fechado sem
71 No atendimento veterinário a um cão com dificuldade
exposição à luz solar ou umidade.
respiratória, o uso da mordaça será o método mais indicado
para a contenção física desse animal. 81 No preparo de animal que será submetido a procedimento
72 A contenção e a condução de bovinos podem ser feitas com o cirúrgico, deve-se, sucessivamente, realizar a tricotomia
uso de cabresto. No entanto, ao fazê-lo, o condutor nunca deve (remoção de pelos) do local da cirurgia, limpar esse local e
enrolar o cabo ou guia do cabresto em torno da mão, para aplicar solução antisséptica de iodopovidona com, pelo menos,
evitar que o animal eventualmente saia correndo e o arraste. cinco minutos de antecedência do início do procedimento, para
que possa desempenhar sua ação bactericida.
73 No manejo e contenção de bovino submetido a procedimento
cirúrgico, a cauda do animal deve ser presa junto ao corpo A respeito de vacinas e da vacinação em animais, julgue os itens
dele, pois, além de poder causar lesões ao bater contra o corpo subsequentes.
dos envolvidos no atendimento, ela poderá bater contra o
82 As vacinas veterinárias costumam ser apresentadas nas
campo cirúrgico já preparado e contaminá-lo.
seguintes formulações: líquidas, contendo vírus ou bactérias
74 Por serem os animais domésticos que mais resistem à
mortos (inativadas); em pó (liofilizada) que possuem maior
manipulação no atendimento clínico veterinário, os gatos
estabilidade que as líquidas, e na maioria das vezes, contêm
devem ser mantidos com seus proprietários, dentro das caixas
vírus ou bactérias vivos.
de transporte, até o momento do exame clínico. Para imobilizar
gatos muito agressivos, o atendente deve comprimir fortemente 83 As vacinas devem ser armazenadas em temperaturas abaixo de
suas mãos em volta do pescoço do animal. zero grau, para que seus componentes sejam mais bem
75 Equinos devem ser observados para se ter uma ideia do seu preservados, garantindo, assim, a eficácia do produto no
comportamento e de possíveis reações ao manuseio, organismo dos animais que as receberem.
atentando-se para o posicionamento das orelhas, por exemplo. 84 Para a aplicação de vacinas em animais, é recomendada a
Para manter o animal imobilizado, pode-se, por exemplo, utilização de seringas e agulhas descartáveis. Na vacinação de
adotar a manobra conhecida como ?mão de amigo?, que rebanhos, a cada dez animais, no máximo, a agulha deverá ser
consiste em reduzir a base de apoio do animal, suspendendo-se trocada, devendo-se usar sempre uma pistola ou seringa para
um de seus membros anteriores. cada tipo de vacina.
A respeito dos métodos de esterilização de materiais e superfícies, 85 As vacinas são compostos farmacêuticos com anticorpos
julgue os itens de 76 a 81. pré-formados. Por isso, tanto os animais sadios quanto os que
apresentem algum sinal da doença que se pretende combater
76 O álcool etílico a 70% é uma substância efetiva contra as
devem ser vacinados.
bactérias, mas, em concentrações inferiores, apenas impede o
crescimento da flora bacteriana, sem matá-la. Contra fungos e Com relação aos aspectos éticos associados à prática de eutanásia
vírus, no entanto, essa substância é muito pouco eficaz, razão de animais, julgue os itens seguintes.
por que não é utilizada no processo de esterilização a frio.
86 A eutanásia individualizada é indicada para os casos de
77 Esses métodos podem ser divididos em dois grupos: a
animais: gravemente feridos e com impossibilidade de
esterilização física, que utiliza o calor ou a radiação ionizante
tratamento; portadores de doenças terminais com intenso
para matar os microrganismos; e a esterilização química, que
sofrimento; destinados ao consumo alimentar humano; para
promove a morte dos microrganismos pelo contato direto com
produtos químicos sob forma gasosa ou líquida. fins científicos ou didáticos.
87 A eutanásia de animais destinados ao consumo alimentar
78 Todo material cirúrgico deve ser submetido ao processo de
esterilização antes da limpeza prévia do material com solução humano deve ser realizada por métodos químicos, utilizando-se
de detergente e água, pois o processo de esterilização física ou anestésicos indicados em documento normativo do Ministério
química é suficiente para matar os microrganismos. da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

79 Nos hospitais veterinários, é comum a utilização de técnicas de 88 A eutanásia, que consiste no procedimento humanitário de
esterilização por meio do calor úmido, ou seja, a exposição do sacrificar animais, pode ser feita sem a supervisão de um
material ao vapor d?água sob altas temperaturas em autoclave, médico veterinário, desde que o executor tenha treinamento
equipamento que proporciona praticidade e segurança no básico para essa técnica e garanta que o procedimento seja
processo de esterilização. realizado sem dor ou com mínimo desconforto para o animal.

?5?


www.editorasanar.com.br

Conteúdo de gab_def_conhec_basic_todos_cargos.pdf - 2/7

Página Anterior // Proxima página

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE
NÍVEL SUPERIOR, DE NÍVEL INTERMEDIÁRIO E DE NÍVEL FUNDAMENTAL
TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO



Aplicação: 13/10/2013

BASE PARA OS CARGOS NÍVEL SUPERIOR SOMENTE 2 E 9

FUB13_CB2_04


0
GABARITOS OFICIAIS DEFINITIVOS
0
Obs.: ( X ) item anulado.
Item 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Gabarito C C C E E E C C C E E C E E C C E E E C

Item 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
Gabarito C C C E E E E E C C E E E C E E C E C E

Item 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Gabarito E C C C E E E C C E 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0




www.editorasanar.com.br

Conteúdo de gab_def_conhec_espec_todos_cargos.pdf - 2/26

Página Anterior // Proxima página

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE
NÍVEL SUPERIOR, DE NÍVEL INTERMEDIÁRIO E DE NÍVEL FUNDAMENTAL
TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO



Aplicação: 13/10/2013

CARGO 2: ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

FUB13_002_04


0
GABARITOS OFICIAIS DEFINITIVOS
0
Obs.: ( X ) item anulado.

Item 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70
Gabarito C E C C E E E C E C E C E C C E E C E C

Item 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90
Gabarito C E C C C C C E E E E C C C E C C E E C

Item 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110
Gabarito E E E C E E C E C E C C E C E E C C C X

Item 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Gabarito E E X E C E C E C E 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0




www.editorasanar.com.br

Provas relacionadas

Cargo Orgão Ano
Médico Veterinário FUB 2015
Médico Veterinário FUB 2014
Auxiliar de Veterinária e Zootecnia FUB 2013
Médico Veterinário FUB 2009
Médico Veterinário FUB 2008