Prova - Farmacêutico - Cód. 29 - GSA - 2016

Detalhes

Profissão: Farmaceutico
Cargo: Farmacêutico - Cód. 29
Orgão: Fundação do ABC - COSAM - Mauá/SP
Banca: GSA
Ano: 2016
Nivel Superior

Conteúdo de gab_preliminar.pdf - 1/19

// Proxima página

FUNDAÇÃO DO ABC - CENTRAL DE CONVÊNIOS
REDE DE SAÚDE MUNICÍPIO DE MAUÁ
HOSPITAL DE CLÍNICAS DR. RADAMÉS NARDINI


A Fundação do ABC, por meio do Complexo de Saúde de Mauá - COSAM, torna público os GABARITOS
das provas objetivas realizadas em 12 de junho de 2016.
Os candidatos poderão interpor recursos no dia 14 de junho de 2016, conforme o disposto no edital supracitado,
em seu Capítulo IX ? Dos Recursos.


001 - AUXILIAR OPERACIONAL

01 = (B) - 02 = (A) - 03 = (C) - 04 = (D) - 05 = (A)
06 = (A) - 07 = (B) - 08 = (D) - 09 = (C) - 10 = (C)
11 = (A) - 12 = (B) - 13 = (D) - 14 = (C) - 15 = (A)
16 = (B) - 17 = (D) - 18 = (A) - 19 = (B) - 20 = (C)
21 = (A) - 22 = (D) - 23 = (B) - 24 = (C) - 25 = (D)

002 - AUXILIAR OPERACIONAL

01 = (B) - 02 = (A) - 03 = (C) - 04 = (D) - 05 = (A)
06 = (A) - 07 = (B) - 08 = (D) - 09 = (C) - 10 = (C)
11 = (A) - 12 = (B) - 13 = (D) - 14 = (C) - 15 = (A)
16 = (B) - 17 = (D) - 18 = (A) - 19 = (B) - 20 = (C)
21 = (A) - 22 = (D) - 23 = (B) - 24 = (C) - 25 = (D)

003 - ACOMPANHANTE DE REPÚBLICA TERAPÊUTICA

01 = (B) - 02 = (A) - 03 = (C) - 04 = (B) - 05 = (B)
06 = (A) - 07 = (C) - 08 = (B) - 09 = (A) - 10 = (D)
11 = (C) - 12 = (A) - 13 = (B) - 14 = (C) - 15 = (C)
16 = (D) - 17 = (B) - 18 = (A) - 19 = (C) - 20 = (B)
21 = (D) - 22 = (A) - 23 = (C) - 24 = (D) - 25 = (B)
26 = (A) - 27 = (D) - 28 = (A) - 29 = (C) - 30 = (B)
31 = (D) - 32 = (A) - 33 = (C) - 34 = (D) - 35 = (C)
36 = (D) - 37 = (B) - 38 = (A) - 39 = (C) - 40 = (D)

004 - AGENTE REDUTOR DE DANOS

01 = (D) - 02 = (C) - 03 = (B) - 04 = (A) - 05 = (A)
06 = (D) - 07 = (B) - 08 = (C) - 09 = (B) - 10 = (A)
11 = (D) - 12 = (B) - 13 = (C) - 14 = (D) - 15 = (D)
16 = (A) - 17 = (C) - 18 = (B) - 19 = (D) - 20 = (A)
21 = (C) - 22 = (B) - 23 = (D) - 24 = (A) - 25 = (C)
26 = (B) - 27 = (A) - 28 = (C) - 29 = (D) - 30 = (A)
31 = (B) - 32 = (C) - 33 = (D) - 34 = (B) - 35 = (A)
36 = (A) - 37 = (C) - 38 = (D) - 39 = (B) - 40 = (C)

1
www.editorasanar.com.br

Conteúdo de farmaceutico_cod_29.pdf - 1/12

// Proxima página

www.gsaconcursos.com.br




FUNDAÇÃO DO ABC ? COMPLEXO DE SAÚDE DE MAUÁ
REDE DE SAÚDE E HOSPITAL DE CLÍNICAS DR. RADAMÉS NARDINI

PROCESSO SELETIVO
EDITAL Nº 001/2016



Cód. 29 ? Farmacêutico



Considere o texto abaixo para responder as questões de 01 a 03.

Duas visões: a \pílula do câncer\ deve ser liberada no Brasil?
Nesta quinta-feira, o Supremo Tribunal Federal julga uma ação da Associação Médica Brasileira (AMB) que questiona a lei
que libera o porte, o uso, a distribuição e a fabricação da substância, supostamente eficaz no combate contra tumores.
Sancionada pela presidente afastada Dilma Rousseff a poucos dias da votação do impeachment no Senado, o texto permite
que pacientes diagnosticados com a doença usem a fosfoetanolamina por livre escolha.
A sanção foi criticada pela comunidade científica por liberar um composto que não tem registro na Anvisa nem eficácia
comprovada.
Produzida há mais de 20 anos, a fosfoetanolamina sintética foi estudada pelo professor aposentado Gilberto Orivaldo
Chierice, no Instituto de Química da USP em São Carlos, e distribuída gratuitamente durante décadas para pacientes.
Em abril, o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, autorizou a USP a interromper o fornecimento das pílulas, o que levou
a uma enxurrada de ação judiciais e pôs a "fosfo" nos holofotes.
Para entender os argumentos contrários e favoráveis à liberação da pílula, a BBC Brasil conversou com dois dos nomes
mais importantes nesta disputa: o presidente da AMB, Florentino Cardoso, e um dos principais pesquisadores da área, o
imunologista Durvanei Augusto Maria.
Eficácia e efeitos colaterais
Entre as razões para barrar o acesso, Cardoso cita o desconhecimento sobre a ação e os efeitos colaterais da
fosfoetanolamina em seres humanos. Na ação proposta ao STF, a AMB diz que essas incertezas seriam incompatíveis com
direitos constitucionais fundamentais, como o direito à saúde, à segurança e à vida.
"Está sendo autorizado o uso de uma substância que as comunidades brasileira e internacional não conhecem em relação
ao câncer. O medicamento serve para quê? Em que dose? Deve ser usado como? Qual doente pode usar? Não temos
absolutamente nada disso."
Para Cardoso, os estudos feitos até agora sobre a ação da substância em tumores não comprovam sua eficácia e nem
expõem seus riscos.
No país, não são muitos os trabalhos publicados sobre o assunto. O "pai" da pílula do câncer, Gilberto Chierice, tem em seu
currículo só seis pesquisas publicadas sobre a molécula em revistas internacionais. Elas saíram entre 2011 e 2013 e falam
da ação da substância em células em laboratório e animais. Nenhuma envolvendo pacientes humanos foi publicada ainda.
[...] Estudos do Ministério da Ciência
O presidente da Associação Médica Brasileira menciona também os resultados dos primeiros testes feitos pelo Ministério da
Ciência e Tecnologia neste ano. Relatórios divulgados em março falavam que a "pílula do câncer" produzida na USP de São
Carlos não era tóxica, mas também não combatia os tumores. Novas análises já estão programadas.
Logo depois da divulgação, o professor Gilberto Chierice questionou, em um ofício da Defensoria Pública da União no Rio de
Janeiro, os resultados obtidos pelo ministério. Durvanei também participou da elaboração do documento. Segundo ele, um
dos problemas das análises foi a ordem de grandeza testada, menor que aquela já usada em outros testes.
Apesar de rebater as críticas sobre o que já foi estudado até então, Duvarnei Maria afirma que mais análises são
necessárias. Só que é preciso agilizar o caminho até o registro da Anvisa.
Disponível em: http://www.bbc.com/portuguese/brasil-36328946. Acesso em 19/05/2016. Texto adaptado.




1


www.editorasanar.com.br

Provas relacionadas

Cargo Orgão Ano
Farmacêutico - Cód. 29 Fundação do ABC - COSAM - Mauá/SP 2016
Farmacêutico - Cód. 73 Fundação do ABC - COSAM - Mauá/SP 2016
Técnico de Farmácia Fundação do ABC - COSAM - Mauá/SP 2016
Auxiliar de Farmácia - Urgência e Emergência Fundação do ABC - COSAM - Mauá/SP 2016
Auxiliar de Farmácia - Rede de Saúde Fundação do ABC - COSAM - Mauá/SP 2016