Alteração Na Cavidade Oral

No envelhecimento ocorre a atrofia e perda da elasticidade de todos os tecidos da cavidade oral, diminuição da secreção salivar (xerostomia), e redução na secreção de mucina e ptialina. As perdas dentárias totais ou parciais, a presença de cáries, próteses e doenças periodontais também são bastante comuns nos idosos, prejudicando o processo de mastigação e a consequente digestão inicial dos alimentos, comprometendo tanto o processo enzimático, como o mecânico. Isso faz com que os idosos prefiram alimentos macios, fáceis de mastigar e evitam alguns alimentos de maior densidade nutricional como frutas, legumes e carnes.


Este conteúdo está bloqueado

No envelhecimento ocorre a atrofia e perda da elasticidade de todos os tecidos da cavidade oral, diminuição da secreção salivar (xerostomia), e redução na secreção de mucina e ptialina. As perdas dentárias totais ou parciais, a presença de cáries, próteses e doenças periodontais também são bastante comuns nos idosos, prejudicando o processo de mastigação e a consequente digestão inicial dos alimentos, comprometendo tanto o processo enzimático, como o mecânico. Isso faz com que os idosos prefiram alimentos macios, fáceis de mastigar e evitam alguns alimentos de maior densidade nutricional como frutas, legumes e carnes.


Esse conteúdo faz parte do capítulo Alterações Fisiológicas No Idoso do livro Ciclos da Vida para Concursos e Residências

Esse conteúdo faz parte de nosso livro:
Ciclos da Vida para Concursos e Residências