Avaliação Bioquímica: Proteína De Fase Aguda

As proteínas de fase aguda aumentam em situações de traumas, queimaduras, infartos, infecções e sepse, e lesões de tecidos em geral. São exemplos de proteínas de fase aguda: proteína C-reativa, fibrinogênio, ceruloplasmina e inibidores de protease.


Este conteúdo está bloqueado

As proteínas de fase aguda aumentam em situações de traumas, queimaduras, infartos, infecções e sepse, e lesões de tecidos em geral. São exemplos de proteínas de fase aguda: proteína C-reativa, fibrinogênio, ceruloplasmina e inibidores de protease.


Esse conteúdo faz parte do capítulo Avaliação Nutricional do livro Fundamentos da Nutrição para Concursos e Residências

Esse conteúdo faz parte de nosso livro:
Fundamentos da Nutrição para Concursos e Residências