Doenças Hepáticas: Dietoterapia- Cirrose E Complicações

As doenças hepáticas crônicas estão associadas às alterações metabólicas complexas, induzindo geralmente a um estado de catabolismo. A presença de catabolismo, má-absorção, perda de proteína e desnutrição, comuns nesses pacientes aumentam o risco para complicações como ascite, Diabetes mellitus, encefalopatia, infecções e síndrome hepatorrenal. A terapia nutricional individualizada durante a evolução clínica promove a oferta das necessidades nutricionais adequadas para evitar ou tratar as complicações.


Este conteúdo está bloqueado

As doenças hepáticas crônicas estão associadas às alterações metabólicas complexas, induzindo geralmente a um estado de catabolismo. A presença de catabolismo, má-absorção, perda de proteína e desnutrição, comuns nesses pacientes aumentam o risco para complicações como ascite, Diabetes mellitus, encefalopatia, infecções e síndrome hepatorrenal. A terapia nutricional individualizada durante a evolução clínica promove a oferta das necessidades nutricionais adequadas para evitar ou tratar as complicações.


Esse conteúdo faz parte do capítulo Doenças Hepáticas, Biliares E Pancreáticas do livro Nutrição Clínica para Concursos e Residências

Esse conteúdo faz parte de nosso livro:
Nutrição Clínica para Concursos e Residências