Doenças Hepáticas: Dietoterapia- Encefalopatia Hepática

As doenças hepáticas crônicas podem cursar frequentemente com alterações no metabolismo dos aminoácidos caracterizadas por níveis significativamente mais baixos de Aminoácidos de Cadeia Ramificada (AACR), níveis elevados de Aminoácidos Aromáticos (AACA) e metionina circulantes, além da relação plasmática entre AACR/AACA menor que a apresentada por indivíduos saudáveis


Este conteúdo está bloqueado

As doenças hepáticas crônicas podem cursar frequentemente com alterações no metabolismo dos aminoácidos caracterizadas por níveis significativamente mais baixos de Aminoácidos de Cadeia Ramificada (AACR), níveis elevados de Aminoácidos Aromáticos (AACA) e metionina circulantes, além da relação plasmática entre AACR/AACA menor que a apresentada por indivíduos saudáveis


Esse conteúdo faz parte do capítulo Doenças Hepáticas, Biliares E Pancreáticas do livro Nutrição Clínica para Concursos e Residências

Esse conteúdo faz parte de nosso livro:
Nutrição Clínica para Concursos e Residências