Doenças Hepáticas: Fisiopatologia Da Dhgna

A fisiopatologia da DHGNA não está completamente elucidada. Aspectos relacionados com a ingestão de alimentos e regulação do metabolismo corpóreo por meio de hormônios, fatores de transcrição e vias metabólicas de lipídio são considerados os eixos para o desenvolvimento da DHGNA. A resistência periférica à insulina aumenta a entrada de ácidos graxos livres no fígado, o que causa desequilíbrio entre a oxidação e exportação dos ácidos graxos livres e resulta em acúmulo de gordura no parênquima hepático.


Este conteúdo está bloqueado

A fisiopatologia da DHGNA não está completamente elucidada. Aspectos relacionados com a ingestão de alimentos e regulação do metabolismo corpóreo por meio de hormônios, fatores de transcrição e vias metabólicas de lipídio são considerados os eixos para o desenvolvimento da DHGNA. A resistência periférica à insulina aumenta a entrada de ácidos graxos livres no fígado, o que causa desequilíbrio entre a oxidação e exportação dos ácidos graxos livres e resulta em acúmulo de gordura no parênquima hepático.


Esse conteúdo faz parte do capítulo Doenças Hepáticas, Biliares E Pancreáticas do livro Nutrição Clínica para Concursos e Residências

Esse conteúdo faz parte de nosso livro:
Nutrição Clínica para Concursos e Residências