Paciente Crítico: Sepse, Trauma, Queimaduras E Cirurgia

A resposta metabólica à doença grave, ao traumatismo, à septicemia ou à grande cirurgia é complexa e envolve muitas vias. Esta resposta caracteriza- se por catabolismo acelerado do corpo magro e da massa esquelética, o que, clinicamente, resulta em balanço nitrogenado negativo e desgaste muscular, e envolve ambas as fases de choque e de fl uxo. A fase de choque é associada com hipovolemia, choque e hipóxia. A fase de fl uxo se segue à ressuscitação por aplicação de soros e à restauração do transporte de oxigênio; nela ocorre aumento do débito cardíaco, do consumo de oxigênio, da temperatura corporal, do dispêndio de energia e do catabolismo total das proteínas corporais.


Este conteúdo está bloqueado

A resposta metabólica à doença grave, ao traumatismo, à septicemia ou à grande cirurgia é complexa e envolve muitas vias. Esta resposta caracteriza- se por catabolismo acelerado do corpo magro e da massa esquelética, o que, clinicamente, resulta em balanço nitrogenado negativo e desgaste muscular, e envolve ambas as fases de choque e de fl uxo. A fase de choque é associada com hipovolemia, choque e hipóxia. A fase de fl uxo se segue à ressuscitação por aplicação de soros e à restauração do transporte de oxigênio; nela ocorre aumento do débito cardíaco, do consumo de oxigênio, da temperatura corporal, do dispêndio de energia e do catabolismo total das proteínas corporais.


Esse conteúdo faz parte do capítulo Paciente Crítico: Sepse, Trauma, Queimaduras E Cirurgia do livro Nutrição Clínica para Concursos e Residências

Esse conteúdo faz parte de nosso livro:
Nutrição Clínica para Concursos e Residências