Vitaminas Hidrossoluveis: Colina- Metabolismo E Deficiencia

Uma parte significativa da colina é oxidada para formar betaína no fígado e nos rins. Os grupos metil da betaína podem ser sequestrados e reutilizados no metabolismo de unidades de carbono, participando na metilação da homocisteína para a forma de metionina e, dessa forma, fornecendo metionina para a síntese proteica e para reações de trans- metilação. Baixas concentrações plasmáticas de colina livre têm sido as- sociadas à concentração elevada de aminotransferase hepática e de es- teatose hepática em adultos que necessitam de nutrição parenteral.11,39


Este conteúdo está bloqueado

Uma parte significativa da colina é oxidada para formar betaína no fígado e nos rins. Os grupos metil da betaína podem ser sequestrados e reutilizados no metabolismo de unidades de carbono, participando na metilação da homocisteína para a forma de metionina e, dessa forma, fornecendo metionina para a síntese proteica e para reações de trans- metilação. Baixas concentrações plasmáticas de colina livre têm sido as- sociadas à concentração elevada de aminotransferase hepática e de es- teatose hepática em adultos que necessitam de nutrição parenteral.11,39


Esse conteúdo faz parte do capítulo Micronutrientes: Vitaminas do livro Fundamentos da Nutrição para Concursos e Residências

Esse conteúdo faz parte de nosso livro:
Fundamentos da Nutrição para Concursos e Residências